Patrocinado por:

Ibovespa abre em alta, em meio a dados do exterior e tensões em Brasília

Ibovespa abre em alta, em meio a dados do exterior e tensões em Brasília
Ibovespa. Foto: Pixabay

O Ibovespa abriu em alta na manhã desta sexta-feira (7), e caminha para encerrar a semana em leve alta. O mercado brasileiro continua a reagir aos resultados corporativos do primeiro trimestre, com o término dos balanços dos grandes bancos. Dados econômicos e os bastidores de Brasília também estão no radar.

Por volta das 10h45, o Ibovespa subia 0,71%, para 120.778 pontos. Os investidores também ficam de olho no mercado internacional, com dados econômicos e disparada das commodities. Em abril, os Estados Unidos criaram 266 mil novas vagas de emprego, número bem menor do que o estimado em Wall Street, de 978 mil postos de trabalho. Em março, foram gerados 916 mil empregos.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Com isso, a taxa de desemprego nos Estados Unidos em abril ficou em 6,1%, 0,3 ponto percentual acima do estimado por economistas ouvidos pela Refinitiv, de 5,8%. Antes da chegada da pandemia, os Estados Unidos estavam em pleno emprego, com uma taxa de aproximadamente 3,5%.

Os dados vindos da China, por outro lado, são positivos. O gigante asiático mostra que continua se recuperando e registrou exportações e importações acima do esperado pelo mercado em abril. O segmento de serviços, da mesma forma, cresceu em ritmo mais forte desde dezembro.

A continuidade da tensão geopolítica entre o governo chinês e australiano permanece pressionando os preços do minério de ferro para cima. A cotação da matéria-prima ultrapassa os US$ 210 por tonelada, com um avanço de 6%.

Voltando ao âmbito interno, o cenário em Brasília foi movimentado na última quinta-feira. Com as tensões afloradas em função da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o presidente Jair Bolsonaro chamou de “canalhas” os congressistas da comissão. “Canalha é quem critica a cloroquina e a ivermectina e não apresenta uma alternativa”, comentou.

O mandatário também disse que pode não permitir as eleições presidenciais em 2022 caso não seja implementado o voto impresso. Vale lembrar que Bolsonaro critiou o processo eleitoral nos Estados Unidos em janeiro deste ano, quando Biden foi eleito por votos impressos.

Ele também criticou Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), chamando-o de “homem da verdade absoluta” e “dono do mundo”. “Ninguém aceita mais este voto que está aí, como vai falar que é preciso, é legal, é justo e não é fraudado?”

No universo corporativo, os destaques ficam por conta do Banco do Brasil, que opera em alta nesta manhã. A companhia teve um lucro líquido de R$ 4,9 bilhões no primeiro trimestre, com um forte avanço na rentabilidade do banco.

“O resultado do Banco do Brasil ficou acima do esperado pelo mercado, o que não parece ainda totalmente precificado”, comenta a corretora Guide. “Os números robustos reforçam a estratégia do management em buscar rentabilidade, mantendo resultados consistentes.”

Destaques do Ibovespa

Confira as maiores altas e maiores baixas as empresas que fazem parte do Ibovespa, por volta das 10h50:

Bolsas mundiais

Veja o desempenho dos principais índices acionários no exterior, além do Ibovespa agora:

  • Nova York (S&P 500) futuro: +0,46%
  • Londres (FTSE 100): +0,79%
  • Frankfurt (DAX 30): +0,86%
  • Paris (CAC 40): -0,10%
  • Milão (FTSE/MIB): +0,36%
  • Hong Kong (Hang Seng): -0,09% (fechada)
  • Xangai (SSE Composite): -0,65% (fechada)
  • Tóquio (Nikkei 225): +0,09% (fechada)

Última cotação do Ibovespa

Da mesma forma que o Ibovespa hoje, o índice acionário encerrou as negociações na última quinta com uma alta de 0,30%, a 119.920,61 pontos.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião