Mercado

Ibovespa cede 0,87% e fecha o 5º mês seguido em queda; Banco do Brasil (BBAS3) salta 3,34%

Fechamento do Dia Ibovespa fecha em queda de 0,87%, mas consegue manter patamar dos 101 mil pontos; Locaweb (LWSA3) cai mais de 10% Ibovespa encerra o último pregão de setembro caindo pelo quinto mês consecutivo
Laura Moutinho
por Laura Moutinho

O Ibovespa terminou o pregão desta terça-feira (30) em queda de 0,87%, aos 101.915,45 pontos, renovando os temores com a possível resistência da ômicron, nova variante do coronavírus, às vacinas existentes.

O índice encerra o último pregão de setembro caindo pelo quinto mês consecutivo, algo que não acontecia desde o primeiro semestre de 2013. “Não bastavam os nossos problemas internos, o risco covid voltou ao radar e colocou o mundo em alerta novamente, com forte impacto sobre os ativos”, aponta Nishimura.

Em 2021, o índice acumula perda de 14,37%.

Pela manhã, o Ibovespa chegou operar no positivo, quando tocou a máxima do dia, aos 103.066,44 e alta de 0,25%. No entanto, entrevista do CEO da farmacêutica Moderna, Stéphane Bancel, prevendo que as vacinas existentes serão muito menos eficazes no combate à nova cepa de coronavírus do que as anteriores, começou a azedar o humor ainda na primeira etapa dos negócios.

No início da tarde, as declarações do presidente do Fed selaram o tom do que seria o restante da sessão. Após Powell reconhecer ao Comitê Bancário do Senado que a inflação dos Estados Unidos deve ficar elevada até meados do ano que vem e que “talvez seja adequado” encerrar o tapering, como é conhecido o processo de redução do volume de compra de títulos, alguns meses antes, o Ibovespa perdeu, em 10 minutos, o patamar dos 102 mil pontos e, rapidamente, dos 101 mil. Na mínima do dia, chegou a 100.074,61 (-2,6%). O movimento acompanhou a derrocada das bolsas americanas, com os principais índices em Nova York caindo acima de 1,5%. O Dow Jones fechou o dia em queda de 1,86%.

“Quando o Powell abriu a boca, a bolsa degringolou. Ele sempre teve esse discurso de que inflação é passageira, que é transitória, que não é para se preocupar. E hoje ele virou o lado e confirmou que traz preocupação essa inflação mais persistente e o resultado foi claro”, destacou Helder Wakabayahi, analista de investimentos da Toro, completando: “A gente vê um possível aumento de juros nos EUA, o pessoal vai tentar buscar investimento de menos risco, o que impacta a gente demais, sai capital daqui”.

Incertezas no horizonte

Os ativos chegaram a ter uma leve melhora no meio da tarde – que não se sustentou -, quando o relatório do senador Fernando Bezerra para a PEC dos Precatórios foi aprovado na CCJ. O ânimo voltou a melhorar, com o índice recuperando os 101 mil pontos, quando Bezerra afirmou que o governo teria votos para aprovar a PEC no plenário do Senado ainda hoje. O mercado monitora, contudo, quais serão as mudanças negociadas no texto para que o Palácio do Planalto consiga maioria para aprovar a proposta.

O texto muda a regra do teto de gastos e abre R$ 106,1 milhões no Orçamento, manobra feita sobretudo para comportar o Auxílio Brasil estendido desejado pelo presidente Jair Bolsonaro. Apesar de complicar ainda mais a confiança nas contas públicas, o entendimento é de que qualquer outra solução à essa altura só traria mais incertezas e, possivelmente, ainda mais estragos à confiança do investidor.

O sócio da Finacap Investimentos, Alexandre Brito, pontua que, apesar de as incertezas externas em relação a uma nova onda de covid-19 e à nova variante, ao efeito da inflação e da normalização monetária no crescimento global pesarem nas bolsas ao redor do mundo e, sobretudo, em emergentes, o índice brasileiro tem sofrido com mais intensidade pela ameaça política aos fundamentos fiscais do país. Segundo ele, isso responderia por boa parte da derrocada dos últimos cinco meses.

“O Brasil foi o país que mais sofreu, se pegar os mercados emergentes, a bolsa brasileira em dólar, a nossa moeda se desvalorizou muito em relação às demais, foi realmente a grande questão aguda. A gente sofreu bem mais do que os demais”, disse. Em dólar, o Ibovespa encerrou novembro em 18.084 pontos.

Para dezembro, a expectativa dos analistas não é boa. Com o ciclo de alta de juros para conter a inflação, a migração de investidores da bolsa para a renda fixa deve continuar ocorrendo. “Não estou animado. Se for algo bom, é aprovar essa PEC (dos precatórios), mas não sei se vai dar tempo. Se aprovar pode dar uma segurada de preços”, pontuou Wakabayahi, da Toro. O Ibovespa para dezembro caía 0,82% às 18h22, aos 102.465 pontos.

O dia agitado teve ainda a divulgação dos dados de empregos no Brasil e na filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal.

Além disso, o benchmark também foi pressionado pela calibragem da política monetária dos EUA em meio ao processo inflacionário, destaca Alexsandro Nishimura, economista, head de conteúdo e sócio da BRA.

“O presidente do Fed, Jerome Powell, tenta descobrir o melhor caminho para a política monetária dos EUA em meio a um surto inflacionário muito maior do que as autoridades previam e que ameaça se tornar mais imprevisível devido ao surgimento da Ômicron. Segundo Powell, a variante poderia intensificar as interrupções na cadeia de abastecimento que alimentaram um aumento surpreendente na inflação este ano, enquanto potencialmente restringe a oferta de mão de obra. Powell disse que talvez seja adequado encerrar o tapering alguns meses antes, confirmou que a nova variante é um risco fora das projeções do Federal Reserve e demonstrou expectativa-base de preços moderados ao longo de 2022”, diz o economista.

Movimentação do Ibovespa hoje

O Ibovespa hoje abriu o pregão em queda, puxado pelas notícias negativas sobre a variante ômicron. Na manhã dessa terça-feira, o CEO da Moderna disse que a vacina da farmacêutica pode não ser tão eficiente contra a nova cepa.

“Acho que será uma queda [de eficácia] substancial. Só não sei quanto, porque precisamos esperar pelos dados”, disse Stéphane Bancel.”

No decorrer da sessão, o índice continuou operando em queda, com o risco fiscal da PEC dos precatórios no radar, sinalizando um fechamento no pior nível do ano.

Os investidores também ficaram atentos à taxa de desemprego no Brasil que caiu 0,5 ponto percentual , para 12,6% em setembro, apresentando um resultado abaixo do consenso.

O Banco do Brasil (BBAS3) foi destaque entre as maiores altas. Ontem o banco divulgou a aprovação da distribuição de R$ 1,1 bilhão a título de remuneração aos acionistas, sob a forma de Juros sobre Capital Próprio (JCP). O valor unitário será de R$ 0,39.

Maiores altas do Ibovespa

As maiores altas do Ibovespa no dia de hoje foram:

  • CCR (CCRO3): +6,95% / R$ 12,31
  • Yduqs (YDUQ3): +4,35% / R$ 21,83
  • Banco do Brasil (BBAS3): +3,34% / R$ 31,84
  • Cogna (COGN3): +2,90% / R$ 2,48
  • IRB (IRBR3): +2,86% / R$ 4,31

Maiores baixas do Ibovespa

As maiores baixas do Ibovespa no dia de hoje foram:

  • Locaweb (LWSA3): -10,09% / R$ 13,19
  • Méliuz (CASH3): -9,12% / R$ 2,99
  • CVC (CVCB3): -6,39% / R$ 13,62
  • Iguatemi (IGTI11): -4,43% / R$ 190,00
  • Banco Pan (BPAN4): -4,41% / R$ 11,26

Notícias que movimentaram a Bolsa de Valores

  • Comissão no Senado aprova relatório da PEC dos Precatórios e abre caminho para o Auxílio Brasil
  • Desemprego caiu para 12,6% no terceiro trimestre, diz Pnad/IBGE
  • Presidente Bolsonaro assina filiação ao PL

PEC dos Precatórios

O texto da PEC dos Precatórios na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no Senado foi aprovado nesta terça-feira (30), após o relatório ter sido aprovado por 16 votos a 10. A proposta seguirá agora para o plenário da Casa.

Os integrantes do colegiado rejeitaram os destaques apresentados. O líder do governo e relator da PEC, Fernando Bezerra (MDB-PE), anunciou uma nova mudança para incluir a renda básica como um direito na Constituição a pessoas em vulnerabilidade social. Há pressão para outras alterações na votação final.

A PEC abre caminho para o programa substituto do Bolsa Família, que pagará R$ 400 aos beneficiários, mas somente até o final do ano que vem.

O relatório de Bezerra viabiliza o programa social para além de 2022, mas isso equivaleria a um drible na Lei de Responsabilidade Fiscal. Entre as mudanças apresentadas hoje, o relator deixou claro que o pagamento só acontecerá até o final do ano que vem.

Desemprego no terceiro trimestre

O montante de brasileiros em situação de desemprego era de 13,453 milhões de pessoas terceiro trimestre deste ano, segundo os dados recentes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) iniciada em 2012 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa de desemprego passou de 14,2% no trimestre encerrado em junho para 12,6% no trimestre terminado em setembro, conforme divulgação realizada nesta terça-feira, 30.

O total de desocupados diminuiu 9,3% em relação a junho, 1,378 milhão de pessoas a menos em busca de uma vaga.

Em relação a setembro de 2020, o número de desempregados caiu 7,8%, 1,144 milhão de pessoas a menos procurando trabalho.

Bolsonaro assina filiação ao PL

O presidente Jair Bolsonaro se filiou hoje (30) ao Partido Liberal (PL). O ato de assinatura da ficha de filiação foi realizado nesta manhã durante uma cerimônia promovida pela legenda.

Eleito em 2018 pelo PSL, Bolsonaro deixou o partido em novembro de 2019 e não estava filiado a nenhum partido. A condição é necessária para a disputa das eleições gerais de 2022. Até o momento, a eventual candidatura do presidente à reeleição não foi oficializada.

Durante o evento, Bolsonaro destacou que a cerimônia foi uma simples filiação ao partido e que não estava “lançando ninguém a cargo nenhum”.

Desempenho dos principais índices

Além do Ibovespa, confira o fechamento dos principais índices da bolsa hoje:

Ibovespa hoje: -0,87% / 101.915,45
IFIX hoje: +0,57% / 2.578,40
IBRX hoje: -0,80% / 43.388
SMLL hoje: -1,58% / 2.278,71
IDIV hoje: -0,60/ 6.250

Cotação do Ibovespa na segunda (29)

Na sessão anterior, na segunda-feira (29), o Ibovespa encerrou em alta de 0,58%, aos 102.814,03 pontos.

Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas atualizações
  atualização
30.11.2021 21:57

Encerramos as transmissões de hoje. Leia amanhã mais notícias em tempo real

Confira mais notícias em tempo real nesta quarta (1º).

Saiba quais os principais destaques que irão movimentar o cenário econômico: inscreva-se aqui e receba todos os dias notícias, antes da abertura do mercado, na Suno Call.

30.11.2021 21:15

Embraer (EMBR3): AGE aprova cisão parcial da Yaborã, com incorporação da parcela cindida

A Embraer (EMBR3) comunicou ao mercado que a cisão parcial da Yaborã, com incorporação da parcela cindida pela companhia, foi aprovada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) promovida nesta terça-feira. A operação tem eficácia a partir de 1º de janeiro de 2022.

A cisão parcial com incorporação permitirá que o negócio de aviação comercial seja reintegrado pela Embraer, o que será vantajoso à companhia e, consequentemente, para seus acionistas, segundo o comunicado divulgado nesta terça-feira, 30.

“Uma vez que, concluída a operação, o negócio de aviação comercial voltará a ser desenvolvido diretamente pela Embraer, resultando na redução de custos operacionais, sistêmicos, administrativos e tributários”, explica a companhia.

A empresa de aviação informa ainda que a reorganização estrutural decorrente operação requer a integração dos sistemas de tecnologia da informação da Embraer e da Yaborã, o que ocorrerá durante o mês de janeiro de 2022. Durante o período, haverá redução nas atividades da companhia, sem prejuízo da continuidade das operações essenciais

30.11.2021 21:12

Senado adia para amanhã votação da PEC dos Precatórios no plenário

O Senado deixou para quarta-feira (1º), a votação da PEC dos Precatórios no plenário. O governo ainda negocia mudanças para garantir um placar com margem que assegure o quórum necessário para aprovar o texto, ou seja, 49 votos favoráveis em dois turnos.

O presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), anunciou que a PEC será o primeiro item da pauta do plenário amanhã, antes da votação das indicações de autoridades. A sessão só deve começar após a sabatina do ex-ministro André Mendonça, indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Com atrasos no radar, Pacheco também incluiu a PEC na pauta de quinta-feira (2)

30.11.2021 19:16

Bolsas de NY fecham em queda, com comentários de Powell e temor sobre Ômicron

As bolsas de Nova York fecharam em queda, com acionistas reagindo aos comentários hawkish de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Fed), diante do Senado americano e às preocupações em relação à variante Ômicron do coronavírus.

O Dow Jones caiu 1,86%, a 34.483,72 pontos, o S&P 500 recuou 1,90%, a 4.567,00 pontos, e o Nasdaq teve baixa de 1,55%, a 15.537,69 pontos, conforme dados preliminares.

Em testemunho diante do Comitê Bancário do Senado, Powell disse considerar que “talvez” seja adequado encerrar o tapering alguns meses antes do previsto, em resposta à inflação americana. O presidente do banco central americano afirmou que o assunto deve ser abordado na próxima reunião de política monetária, em 15 de dezembro. Com a alta de preços se tornando generalizada pelos setores, Powell disse crer que “devemos abandonar a classificação de inflação como transitória”. Já o vice-presidente do Fed, Richard Clarida, disse não ver como preocupantes as atuais expectativas inflacionárias, mas ressaltou a necessidade de monitorar a alta dos preços com atenção. O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, por sua vez defendeu que há razões para temer que inflação em 2022 seja mais persistente do que o previsto.

Para Brian Coulton, economista-chefe da Fitch, os comentários feitos hoje sinalizam uma mudança significativa no tom de Powell. “Eles seguem uma recente recuperação das rendas e salários, o que aumenta o risco de a inflação se agravar e se tornar mais persistente”, observa.

Em relação à ômicron, o presidente do Fed disse que a instituição não espera um impacto “remotamente próximo” do visto em 2020. Ele reforçou que os efeitos da ômicron não estão inclusos nas projeções atuais, mas mais dados até a reunião de dezembro devem possibilitar uma melhor análise.

O CEO da Moderna (-4,36%) disse hoje ao Financial Times que as vacinas atuais contra a covid-19 devem ter eficácia bem menor para nova variante. O comentário contribuiu para maior cartela no mercado e busca pela renda fixa. Com os juros dos Treasuries em queda, os papéis do setor financeiro caíram. Goldman Sachs (-1,44%), Bank of America (-2,46%) e JPMorgan (-1,49%) fecharam no vermelho. Na Casa Branca, Anthony Fauci disse que casos graves da covid-19 ainda devem ser evitados com os imunizantes atuais.

Os temores sobre nova variante também pesaram sobre as petroleiras ExxonMobil (-2,84%) e Chevron (-1,72%), além das ações de aéreas, como American Airlines (-0,28%) e United Continental (-0,66%). Antes de Powell, o Nasdaq chegou a tocar o território positivo, mas logo voltou a cair, com Facebook (-4,01%) e Microsoft (-1,79%) em queda.

A queda além do previsto na confiança do consumidor e no índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) dos EUA em novembro teve apenas efeito marginal sobre os negócios.

30.11.2021 18:20

Ibovespa fecha em queda de 0.87% e consegue manter patamar dos 101 mil pontos

Em mais um dia conturbado, Ibovespa chegou à mínima mas conseguiu retomar os 101 mil pontos, fechando em queda de 0,87%, aos 101.915,45. Pesaram no índice o impacto da variante ômicron – dois casos de diagnóstico da cepa foram confirmados em São Paulo hoje — e a tramitação da PEC do Precatórios no Senado (com a aprovação de relatório na Comissão de Constituição e Justiça nesta terça).

 

 

 

30.11.2021 17:37

Anvisa confirma primeiros casos da variante Ômicron no Brasil

A Anvisa confirmou os primeiros dois casos positivos da variante Ômicron no Brasi. A testagem foi realizada pelo Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O diagnóstico foi feito em um casal vindo da África do Sul, que desembarcou em Guarulhos no último dia 23.

30.11.2021 17:31

Dólar encerra em alta de 0,45%, cotado a R$ 5,63

O dólar encerrou a última sessão do mês em alta de 0,45%, a R$ 5,6367, maior valor desde 1° de novembro.

A moeda foi impulsionada por declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano), que considera plausível acelerar o processo de tapering, redução dos estímulos monetários na economia, como forma de controlar a inflação. Isso resultaria em uma alta de juros nos EUA.

30.11.2021 17:24

Ibovespa retoma os 101 mil pontos após chegar à mínima

Índice oscila mas retoma o patamar dos 101 mil pontos. NOradar estão a PEC dos Precatórios, o impacto da variante ômicron e a declaração do presidente do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) – Jerome Powell, que disse que “talvez seja adequado” encerrar antes do previsto o tapering, processo de redução de estímulos monetários pelo BC, frente à alta inflacionária nos Estados Unidos.

30.11.2021 16:46

CCJ aprova relatório da PEC dos Precatórios, rejeita destaques e conclui votação

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado concluiu a votação da PEC dos Precatórios após aprovar o relatório por 16 votos a 10. O governo do presidente Jair Bolsonaro quer liquidar a tramitação nesta terça-feira, 30, mas a votação no plenário poderá ficar para quinta, 2.

Os integrantes do colegiado rejeitaram os destaques apresentados. O líder do governo e relator da PEC, Fernando Bezerra (MDB-PE), anunciou uma nova mudança para incluir a renda básica como um direito na Constituição a pessoas em vulnerabilidade social. Há pressão para mais alterações na votação final.

O líder do governo e relator da PEC dos Precatórios no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), disse ter votos para aprovar a proposta no plenário ainda nesta terça-feira, 30, mas ressaltou que ainda é preciso construir um “entendimento mais amplo” e negociar mudanças.

O relator avalia duas novas alterações antes da votação no plenário: vincular todo o espaço fiscal da PEC ao Auxílio Brasil e despesas obrigatórias, e não apenas parte da folga, e alterar a redação que garante o caráter permanente para o programa social. O conteúdo é alvo de questionamento entre parlamentares.

De última hora, o relator alterou o parecer e retirou o pagamento de precatórios do antigo Fundef do teto de gastos. De acordo com ele, o impacto da medida no espaço fiscal ainda terá de ser calculado. “Vamos fazer conta”, disse o relator após a aprovação do texto na CCJ.

De acordo com especialistas, a medida pode não alterar o espaço fiscal, pois o limite seria consumido com outros precatórios, entre eles os de natureza alimentícia, que foram priorizados na última versão do parecer.

Com informações do Estadão Conteúdo

30.11.2021 16:44

Bolsas da Europa fecham em baixa, com maior temor pela cepa Ômicron na região

As bolsas da Europa voltaram a fechar em queda nesta terça-feira, 30, após uma sessão marcada pela piora das perspectivas com relação à cepa Ômicron. Comentários do CEO da Moderna, Stéphane Bancel, sobre a provável eficácia reduzida das vacinas contra a cepa deflagraram uma onda de venda de ativos de riscos pelos mercados.

Nesse cenário, o índice Stoxx 600, que mede o desempenho de 600 empresas por todo o continente, 0,92%, a 462,96 pontos. Em Londres, o FTSE 100 fechou em baixa de 0,71%, a 7.059,45 pontos, enquanto o DAX caiu 1,18%, a 15.100,13 pontos, em Frankfurt, e o CAC 40 recuou 0,81%, a 6.721,16 pontos, em Paris.

As ações de companhias aéreas e de setores ligados a viagem operam em forte queda nesta manhã, em meio à piora da percepção sobre o risco da cepa. Em Londres, IAG (controladora de British Airway e Iberia) recuou a 2,56% e EasyJet 1,73%. Em Paris, AirFrance-KLM 2,88% e, em Frankfurt, Lufthansa baixou 2,54%.

“As preocupações com a variante Ômicron parecem estar afetando o sentimento na Europa mais do que nos Estados Unidos, o que não é de todo surpreendente quando você considera que o continente já está lutando para superar um aumento acentuado de casos Delta, mesmo sem os problemas de lidar com uma nova variante”, afirma o analista da CMC Markets, Michael Hewson.

Em Milão, o FTSE MIB 0,87%, a 25.814,34 pontos. Nas praças ibéricas, o PSI 20 0,56%%, a 5.433,05 pontos, e o IBEX 35 caiu 1,78%, a 8.305,10 pontos.

Com relação aos indicadores, o Produto Interno Bruto (PIB) da França cresceu 3% no terceiro trimestre de 2021 ante o ano anterior. Já a taxa anual de inflação na zona do euro acelerou em novembro no maior ritmo desde julho de 1991.

De acordo com a Capital Economics, olhando para o futuro, o impacto da variante Ômicron sobre a inflação será misto. “Os preços mais baixos do petróleo reduzirão a inflação de energia, mas se a variante agravar os desequilíbrios de oferta e demanda globais, a inflação de bens poderá ser mais alta por mais tempo. O efeito líquido pode ser muito pequeno, mas como as coisas estão, parece mais provável que empurre a inflação cheia para baixo e o núcleo da inflação um pouco mais para cima”, afirma a consultoria em relatório.

30.11.2021 16:14

Ibovespa reduz ritmo de queda, mas ainda opera negativo

Às 16:08, o Ibovespa registrava queda de 1,98%, aos 100.776 pontos, tentando se afastar do patamar dos 100 mil.

Na ponta negativa do índice, as empresas de tecnologia como Locaweb (LWSA3) e Méliuz (CASH3) ampliaram consideravelmente suas perdas, caindo 11,11% e 10,64%, respectivamente.

30.11.2021 15:59

CCJ aprova relatório da PEC dos Precatórios

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado concluiu a votação da PEC dos Precatórios após aprovar o relatório por 16 votos a 10. O governo do presidente Jair Bolsonaro quer liquidar a tramitação nesta terça-feira, mas a votação no plenário poderá ficar para quinta-feira (2)

Os integrantes do colegiado rejeitaram os destaques apresentados. O líder do governo e relator da PEC, Fernando Bezerra (MDB-PE), anunciou uma nova mudança para incluir a renda básica como um direito na Constituição a pessoas em vulnerabilidade social. Há pressão para mais alterações na votação final.

Com informações do Estadão Conteúdo

30.11.2021 14:14

Ibovespa opera aos 100 mil pontos

Já com o risco fiscal da PEC dos Precatórios no radar e as quedas por conta da variante Ômicron, o Ibovespa sinaliza um fechamento no pior nível do ano.

O índice opera em baixa de 2,5% no intradia, aos 100.209 pontos com influência do mau humor externo e da mudança no panorama inflacionário dos EUA.

 

30.11.2021 14:11

Powell muda visão do Fed sobre inflação e estímulos e derruba Wall Street

“A economia está forte e as pressões inflacionárias elevadas, então esse pode ser o momento, na minha opinião, para considerar o encerramento do processo de compra de ativos já anunciado em novembro uns meses antes do programado inicialmente” disse o presidente do Fed, Jerome Powell.

Em fala no senado, o representante da autoridade monetária também citou que se pode descartar “transitório” como um adjetivo para descrever a inflação.

A próxima reunião de política monetária do Fed ocorre em dezembro e, com essa novidade, deve vir com mudanças na compra de ativos e redução nos estímulos.

Com o contexto, as bolsas americanas caem cerca de 2%. Confira:

 

30.11.2021 10:45

Ibovespa arrefece quedas e setor de educação sobe no índice

O Ibovespa arrefeceu as quedas e opera aos 102.686 pontos em baixa de 0,13% no intradia.

Na ponta positiva, as companhias de educação seguem encabeçando as altas em um dia de baixa volatilidade e quedas generalizadas nos papéis.

Maiores altas:

Maiores baixas:

30.11.2021 10:39

Ânima (ANIM3) sobe 17% com novo aporte

Após a notícia de que o aporte de R$ 1 bilhão pela DNA Capital na Ânima (ANIM3), as ações ordinárias da companhia de educação sobem 17,3% fora do Ibovespa.

O aporte, vale frisar, faz parte de um acordo estratégico e será feito na Inspirali, subsidiária da empresa focada em educação médica.

Pelo acordo, a participação da DNA Capital no capital a Inspirali corresponderá, na data de fechamento, a 25%, considerando o valor de firma de R$ 5 bilhões, reduzido pelo valor de R$ 2 bilhões, correspondente à dívida estimada a ser alocada à Inspirali pela empresa.

30.11.2021 10:24

Dólar sobe com a nova variante Ômicron no radar dos investidores

O dólar iniciou o pregão em queda, mas agora opera com estabilidade com viés de alta com as preocupações internacionais sobre a eficácia das vacinas disponíveis contra a variante Ômicron da covid-19 dividindo atenções com o noticiário local em torno da PEC dos Precatórios.

Por volta das 10h24, o dólar hoje tinha alta de 0,09%, negociado a R$ 5,60.

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!