Ibovespa abre caindo após IPCA-15; EcoRodovias (ECOR3) sobe com balanço

Ibovespa abre caindo após IPCA-15; EcoRodovias (ECOR3) sobe com balanço
Ecorodovias encabeçou altas do Ibovespa nos primeiros minutos de abertura após balanço - Foto: Reprodução Facebook

No primeiro pregão desta terça (26), o Ibovespa abre em queda de 1,24%, aos 107.363 pontos, digerindo novos dados sobre a inflação – que vieram em patamar historicamente ruim.

O Ibovespa hoje conta com um cenário externo majoritariamente positivo e commodities em alta, com o petróleo Brent em US$ 86 e o minério de ferro ainda no patamar de US$ 122 por tonelada.

Nos EUA e na Europa, os resultados vem melhores do que o esperado, o que impulsiona o otimismo. O indicador mais recente nesse sentido foi o fato de a Tesla (TSLA34) ter chego ao valor de mercado de pouco mais de US$ 1 trilhão, sendo uma das principais catalisadoras dos ganhos de Wall Street no início desta semana.

Por outro lado, a inflação amarga os movimentos da bolsa brasileira.

A prévia da inflação oficial do Brasil, registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), acelerou sua alta em outubro e registrou uma nova máxima para o mês dentro da série histórica, de 1,20% no décimo mês do ano – acima do esperado.

De acordo com dados divulgados pelo IBGE nesta terça-feira, 26, a variação em outubro, de 1,20%, ficou 0,06 ponto percentual (p.p.) acima de setembro (1,14%). Trata-se do maior registro para o mês desde 1995, quando o IPCA-15 foi de 1,34%, e o maior registro mensal geral desde fevereiro de 2016 (1,42%).

“Dos itens que tivemos desvio o maior deles foi passagem aérea, 7bps. Esse subitem tem variação praticamente repetida no IPCA fechado e encomenda uma revisão altista do índice para outubro. Preliminarmente, apenas com itens que repetem nossa projeção já saltou de 0,85% para 0,92%. Muito em breve soltaremos o número oficial, quando deveremos ir para próximos de 1,00%”, analisa Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentos.

Além disso, nos indicadores, às 11h os Estados Unidos divulgam os dados da Venda de Casas Novas de setembro e, à tarde, os Estoques de Petróleo Bruto Semanal. No fim do dia, sobre o tema da inflação, a Austrália publica o seu Núcleo da Mediana do IPC.

Cesp (CESP3/CESP5/CESP6), Indústrias Romi (ROMI3), Localiza (RENT3)Banco Inter (BIDI11/BIDI4/BIDI3) divulgam seus resultados financeiros ainda hoje.

Notícias que vão movimentar o Ibovespa hoje

  • Klabin reverte prejuízo
  • Petrobras questiona governo sobre privatização
  • Ecorodovias lucra R$ 147mi

Balanço da Klabin

lucro líquido da Klabin (KLBN11) no terceiro trimestre deste  somou R$ 1,215 bilhão, revertendo prejuízo de R$ 191 milhões no mesmo período de 2020.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de R$ 1,928 bilhão, alta de 56% na base anual, com margem Ebitda (Ebitda dividido por receita líquida) ajustada de 44% (alta de 4 pontos percentuais).

Por sua vez, a receita líquida atingiu R$ 4,358 bilhões no trimestre, aumento de 40% na comparação com o mesmo período de 2020.

As ações da Klabin sobem 0,3% no Ibovespa hoje.

Petrobras questiona privatização

Após falas sobre uma possível privatização da Petrobras (PETR4) por parte do governo – que ocasionaram alta das ações da empresa – a companhia  informou que “indagou o seu acionista controlador, por meio do Ministério da Economia (ME), sobre a existência dos estudos da privatização.

“A Petrobras informará ao mercado sobre eventuais fatos relevantes que venham a ser indicados por seu acionista controlador”, acrescentou.

Segundo a CNN, que reportou os estudos da privatização, o plano que está em análise é de elaboração de um projeto de lei que permita à União começar a se desfazer das ações da companhia de forma a perder o controle. O governo federal tem o controle por meio de 50,5% das ações ordinárias da Petrobras.

As ações da Petrobras sobem 0,6% no Ibovespa hoje.

Resultado financeiro da EcoRodovias

EcoRodovias (ECOR3) informou ainda na segunda (25) que o lucro líquido da companhia no terceiro trimestre de 2021 chegou a R$ 141,7 milhões, avanço de 97,8% em comparação ao mesmo intervalo de 2020, aponta balanço divulgado na noite desta segunda-feira (25).

Já o lucro líquido atribuído aos acionistas controladores alcançou R$ 143,7 milhões de julho a setembro, avanço de 100,7% na mesma base de comparação.

No terceiro trimestre, a companhia registrou Ebitda (excluindo receita e custo de construção e provisão para manutenção) de R$ 650,7 milhões, alta de 33,1% sobre igual período de 2020. Já o Ebitda ajustado foi de R$ 636,4 milhões, alta de 20,6% na mesma base de comparação.

Segundo a empresa, o balanço se deve “ao início da cobrança de pedágio pela Ecovias do Cerrado 3, crescimento do tráfego de veículos em função da flexibilização das medidas de isolamento social no combate à covid-19 e ao avanço da vacinação, reajustes das tarifas de pedágio, crescimento das operações do Ecoporto e desempenho das holdings”, destaca a companhia no relatório.

As ações da Ecorodovias sobem 1,3% na bolsa de valores hoje, ficando dentre as maiores altas.

Destaques do Ibovespa

As principais altas no Ibovespa, por volta das 10h20 são:

No mesmo horário, as principais quedas no Ibovespa eram:

Principais índices

Bolsas mundiais

Veja o desempenho dos principais índices acionários no exterior, além do índice Ibovespa:

Última cotação do Ibovespa

No fechamento do pregão de quinta (21) o Ibovespa fechou em alta de 2,28%, a 108.715 pontos.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO