Acesso Rápido

    Como investir seu dinheiro? Saiba como cuidar dos seus investimentos

    Como investir seu dinheiro? Saiba como cuidar dos seus investimentos

    Seu dinheiro é precioso, pois é ele quem garantirá uma estabilidade financeira ao longo da vida, evitando confusões.

    No entanto, cuidar do seu dinheiro não é apenas tirar da poupança e colocar em algum investimento que siga a taxa Selic. É preciso ir além.

    Como investir o seu dinheiro?

    Investir o seu dinheiro não é uma tarefa simples. Porém, com algum estudo é possível realizar aplicações seguras e com um grande potencial de valorização. Além disso, é preciso ter uma certa porcentagem de seu capital alocada em uma reserva de emergência, para se preparar contra eventualidades.

    De fato, o Brasil é um país que ainda não possui uma educação financeira avançada. Sendo assim, muitas pessoas têm dúvida de como investir seu dinheiro.

    Planilha de Controle de Investimentos

    Faça o controle completo das suas ações, FIIs e todos os seus investimentos com a nossa planilha gratuita de Controle de Investimentos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Dessa forma, muitos, ao investir seu dinheiro, acabam se voltando aos produtos bancários, tais como os CDBs.

    No entanto, estes investimentos não são os que oferecem a melhor rentabilidade aos investidores, existindo oportunidades com retornos potenciais bem maiores, como as ações.

    Fato é que ninguém gosta de ver o seu dinheiro render pouco, de forma que muitos investidores pensam em formas de como fazer seu dinheiro render.

    Quando se compara o rendimento da poupança (instrumento famoso para o brasileiro), vê-se que ela é um investimento muito inferior quando comparado ao investimento em ações na bolsa de valores.

    No entanto, a boa notícia é que existem formas de fazer o seu dinheiro valer mais. Porém, deve-se ter o cuidado de fazer uma reserva de emergência para quando houver necessidade.

    Reserva de Emergência: o primeiro passo antes de investir

    A reserva de emergência é uma quantia que todo investidor deve ter para arcar com despesas inesperadas, como o conserto de um carro, o pagamento de despesas médicas e outras.

    De fato, muitos investidores começam a buscar seus investimentos, mas se esquecem de proteger seu patrimônio contra eventualidades.

    Portanto, fica claro aqui que a finalidade da reserva de emergência não é alcançar altas rentabilidades e sim possuir liquidez, sendo fácil de resgatar a qualquer momento.

    Além disso, é desejável que essa aplicação renda acima da inflação, fazendo com que a poupança não seja uma boa opção para deixar seu dinheiro.

    Dessa forma, o investidor pode investir com a cabeça em paz, sabendo que suas principais eventualidades podem ser cuidadas com o dinheiro em caixa. Portanto, cuide do seu dinheiro!

    Primeiramente, é possível abrir conta em uma corretora (é possível, inclusive, encontrar algumas que não possuem nenhum tipo de taxa) e investir no Tesouro Selic, que possui as características citadas.

    Por fim, existe a possibilidade de investir nas contas dos bancos digitais, que costumam render acima da inflação e permitir o saque a qualquer momento.

    E-book: 10 livros que todo investidor deveria ler

    Conheça os 10 livros de investimentos e finanças mais importantes e amplie seus conhecimentos como investidor!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Como investir o seu Dinheiro?

    Existem algumas classes de ativos muito interessantes para o investidor:

    • Ações;
    • Fundos Imobiliários (FIIs);
    • Fundos de Investimentos.

    1. Ações

    A primeira de fazer o seu investimento render mais é investir em ações de boas empresas.

    Infelizmente no Brasil não se possui a cultura de investir em ações. De fato, uma porcentagem muito pequena dos brasileiros investe na bolsa de valores.

    A título de comparação, nos Estados Unidos, mais da metade da população investe em ações.

    Sendo assim, pode-se dizer que parte deste baixo número de investidores no Brasil é devido à falsa impressão de que ações são investimentos muito arriscados.

    No entanto, o que ocorre é que as ações são um dos investimentos mais seguros disponíveis, visto que o acionista se torna um dono de uma empresa e não corre nenhum risco de crédito.

    Entretanto, as pessoas associam o investimento em ações ao alto risco devido ao alto grau de volatilidade inerente a este tipo de investimento.

    No entanto, o que poucas pessoas sabem é que a volatilidade, na prática, não possui grande relação com o risco.

    Para investidores de longo prazo a volatilidade é, na realidade, uma companheira, que ajuda este investidor a encontrar verdadeiras barganhas no mercado. Portanto, conclui-se que volatilidade é diferente do risco.

    Uma vez que o investidor incorporar a mentalidade de acionista de longo prazo ele passará a enxergar na volatilidade não um risco, mas sim uma oportunidade.

    E-book: Aprenda como analisar uma ação

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça os principais critérios para se analisar uma ação antes de investir!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    2. Fundos Imobiliários

    Uma alternativa para fazer o seu investimento render mais é investir seu dinheiro em fundos imobiliários.

    Dessa forma, para os investidores pouco acostumados com a volatilidade, os fundos imobiliários são uma ótima alternativa.

    Fundos imobiliários são constituídos como condomínios fechados nos quais os cotistas juntam seus recursos para aplicar em ativos ligados ao setor imobiliário, tais como lajes corporativas, shoppings centers e galpões logísticos.

    Além disso, outra vantagem do investimento em renda variável, além da sua baixa volatilidade, é o fato de que esses ativos pagam dividendos mensais.

    Sendo assim, o investidor pode contar com uma previsibilidade maior em seus investimentos, ideal para quem tem perfil mais conservador.

    No entanto, é preciso notar que uma carteira pode ser diversificada entre ações e fundos imobiliários, a depender as preferências do investidor.

    3. Fundos de Investimentos

    Por fim, um outro ativo muito interessante para o investidor são os fundos de investimento, onde um gestor toma as decisões de investimento, sem que o investidor tenha que se preocupar.

    Dessa forma, aqueles que têm menos tempo para alocar seus recursos terceirizam essa decisão, focando em seu trabalho e em outras atividades.

    No entanto, é preciso estar atento às taxas cobradas nessa modalidade, uma vez que muitos fundos possuem taxas de administração, além de taxa de performance.

    Portanto, o investidor deve decidir se deve investir em fundos de investimentos ou se deve fazer aplicações por conta própria.

    De fato, existem fundos de diversos tipos. No entanto, os ETFs (Exchange Traded Funds) destacam-se, por acompanharem um índice de forma passiva, apresentando baixas taxas associadas.

    E-book: Investir em Fundos de Investimento

    Baixe gratuitamente nosso ebook aprenda como escolher e investir nos melhores Fundos de Investimento do mercado.

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Por que é importante investir o seu dinheiro?

    É verdade, sabe-se que para fazer o seu investimento render mais é necessário sair dos investimentos tradicionais, como por exemplo em produtos bancários e poupança.

    Sendo assim, o investimento em ações e fundos imobiliários são uma excelente alternativa para fazer o seu dinheiro valer mais.

    No entanto, não se deve esquecer que é preciso montar um caixa de emergência para lidar com qualquer tipo de evento negativo que venha a ocorrer.

    Além disso, buscar ser mais eficiente em seu trabalho é uma forma de conseguir um salário maior, podendo aumentar o valor dos aportes mensais.

    Portanto, fica claro que o investimento, aliado ao trabalho e ao longo prazo, pode aumentar o patrimônio total de um investidor.

    Ainda possui dúvidas sobre como cuidar do seu dinheiro? Comente abaixo!

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *