Acesso Rápido

    Poupança em 2022: confira se ainda vale a pena investir

    Poupança em 2022: confira se ainda vale a pena investir

    Com a chegada de um novo ano, muitas pessoas buscam realizar análises de investimentos para definir as aplicações que serão realizadas no ciclo que está por vir. Com isso, surge a procura por mais informações a respeito da poupança em 2022.

    Mas apesar de ser a aplicação mais popular entre os brasileiros — com saldo que supera um trilhão de reais — a poupança em 2022 não é, e também nunca foi, a melhor aplicação financeira. Por isso, é fundamental compreender seu rendimento e quais as alternativas mais rentáveis para substituir essa aplicação.

    O conteúdo abaixo faz parte do nosso Guia completo dos melhores Investimentos para 2022.

    Qual será o rendimento da poupança em 2022?

    A dúvida sobre qual será o rendimento da poupança em 2022 é bastante relevante. Afinal de contas, como foi indicado, a poupança nacional é a aplicação mais comum entre os brasileiros e possui um saldo de mais de um trilhão de reais aplicados.

    Mas apesar de ser uma relevante, a resposta sobre o rendimento da poupança em 2022 está atrelada a variáveis macroeconômicas difíceis de serem projetadas com exatidão. Por exemplo, a inflação e a taxa básica de juros.

    Na prática, a inflação de preços de 2022 irá impactar o rendimento real da poupança em 2022. Afinal de contas, quanto maior a elevação dos preços na economia, menor o ganho de poder de compra que o rendimento da aplicação pode proporcionar.

    Além disso, no aspecto do rendimento nominal, a taxa de juros do país, a Taxa Selic, é que será responsável por ditar o retorno da aplicação. Afinal, a regra que define o seu rendimento está diretamente atrelada à variação da Selic.

    Por isso, antes de projetar o seu retorno, é preciso compreender como a Taxa Selic vai influenciar a poupança em 2022.

    Como a Taxa Selic vai influenciar a poupança em 2022?

    Como foi colocado, a taxa básica de juros possui influência direta no rendimento da poupança em 2022. Isso porque a regra de rendimento da aplicação mais popular do Brasil é:

    • Rendimento de 70% da Selic + TR, quando a Selic está abaixo de 8,5% ao ano;
    • Rendimento de 0,5% ao mês +TR, quando a Selic está acima de 8,5% ao ano.

    Conhecendo a regra de remuneração da poupança, é possível compreender melhor o porquê da relevância da Taxa Selic para o rendimento da aplicação. Afinal, o retorno da aplicação está diretamente relacionado ao percentual ao ano da taxa básica de juros, definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom) a cada 45 dias.

    Então, para determinar o retorno da poupança em 2022 é preciso projetar qual seria a Taxa Selic ao longo desse ano. Para isso, uma alternativa é observar as projeções do Boletim Focus, que reúne a mediana das expectativas das principais instituições financeiras para o indicador.

    Abaixo, as projeções do Boletim Focus em outubro de 2021 para a Taxa Selic ao final de 2021 e final de 2022:

    poupança em 2022

    Como pode ser observado, a expectativa do mercado para a Taxa Selic ao final de 2021 é de 9,25%. Já para 2022, a projeção do percentual anual dessa taxa está em 10,25%. Com isso, ao final de 2021 e durante o ano de 2022 a poupança teria o mesmo rendimento de 0,5% ao mês acrescido da TR (Taxa Referencial).

    Isso porque, recapitulando, a regra do rendimento da aplicação é de 0,5% ao mês + TR quando a Taxa Selic está superior a 8,5% ao ano — o que, de acordo com as projeções Boletim Focus, seria uma realidade durante todo o ano de 2022.

    Vale a pena investir na poupança em 2022?

    Após compreender qual seria o rendimento da poupança no ano que está por vir e de entender os impactos da Selic em sua remuneração, os investidores procuram saber se vale a pena investir na poupança em 2022.

    Nesse sentido, é preciso destacar que em diversas análises de investimentos a resposta seria depende. Todavia, este não é o caso da poupança, já que ela, com certeza, não é um bom investimento não em 2022, mas em qualquer ano.

    Esse é um consenso no mercado porque existem outras alternativas de investimentos tão ou mais seguros que a poupança que proporcionam um rendimento superior a essa aplicação. Por isso, apesar de ser popular, a poupança não é um bom investimento.

    Entre suas desvantagens estão os seguintes pontos:

    • Rendimento financeiro baixo comparativamente,
    • Retorno atrelado à “data de aniversário” da aplicação,
    • Rentabilidade limitada com Selic acima de 8,5% ao ano.

    Como sair da poupança em 2022?

    Considerando que a aplicação mais popular entre os brasileiros não é, na realidade, uma boa aplicação, surge um questionamento importante. Isto é, como sair da poupança em 2022 e buscar por melhores rendimentos?

    Apesar de, inicialmente, parecer algo difícil ou trabalhoso, sair da poupança não é nada complicado. Além disso, dependendo da quantia aplicada, a maior remuneração em outras aplicações pode garantir uma quantia extra bem relevante.

    Abaixo, as principais aplicações que podem substituir a poupança em 2022, garantindo rendimentos superiores com risco semelhante

    Tesouro Selic

    O Tesouro Selic é, sem sombra de dúvidas, a aplicação que melhor substitui a poupança. Basicamente, ao investir neste título público, o investidor está emprestando seus recursos para o governo através da plataforma do Tesouro Direto.

    A grande vantagem em relação à poupança é que a remuneração do Tesouro Selic acompanha, como o próprio nome diz, a Taxa Selic. Sendo assim, quando a taxa está abaixo de 8,5% e a poupança rendendo 70%, o Tesouro Selic possui a remuneração de 100% da taxa.

    Além disso, na ocasião de elevação da taxa básica acima de 8,5% ao ano, como é a expectativa para 2022, a poupança renderá o limite de 0,5% ao mês + TR. Por outro lado, o Tesouro Selic irá acompanhar o rendimento e a elevação da Taxa Selic.

    Vale destacar, ainda, que além do rendimento superior — mesmo com a incidência de Imposto de Renda (IR) — o risco do Tesouro Selic é menor do que o da poupança. Isso porque ao investir na poupança, o risco do poupador está atrelado à instituição financeira em que a aplicação foi realizada.

    Por outro lado, ao investir no Tesouro Selic, o risco do investidor está atrelado ao governo, considerado o melhor pagador da economia. Isso porque, caso ele não tenha dinheiro para pagar, há a possibilidade de impressão de moeda ou de aumento dos impostos para arrecadar recursos para realizar o pagamento.

    Tesouro IPCA

    Além do Tesouro Selic, outro título público indicado dentre os melhores investimentos de renda fixa em 2022 é o Tesouro IPCA. Assim como seu nome já sugere, esse título está atrelado ao índice oficial de inflação do Brasil, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

    Dessa forma, o Tesouro IPCA em 2022 é bastante indicado para aqueles investidores que buscam um retorno financeiro real, acima da inflação. Isso se torna ainda mais relevante no cenário atual, de inflação mais elevada, quando é preciso conservar o valor do dinheiro.

    Certificado de Depósito Bancário (CDB)

    Além do Tesouro Selic, outra alternativa para investir o recurso da poupança em 2022 são os Certificados de Depósito Bancário (CDBs) com liquidez diária. Estes são títulos de crédito privado emitido por instituições financeiras que possuem remuneração atrelada à Selic e resgate imediato.

    Dessa forma, quanto maior a Taxa Selic, maior o rendimento desses CDBs. Da mesma forma, quanto menor a taxa básica de juros, menor também o retorno financeiro dessa aplicação.

    Vale destacar que é possível que o investidor que possui recursos na poupança em determinado banco pode simplesmente alterar o destino do recurso na própria instituição da poupança para um CDB. Assim, o risco permanece o mesmo, enquanto o rendimento se eleva.

    É preciso, contudo, ficar atento, porque a maior parte dos grandes bancos costumam oferecer CDBs com remunerações baixas, como 70% ou 80% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário). De modo geral, um percentual adequado estaria próximo de 100%.

    E então, conseguiu entender melhor as perspectivas para a poupança em 2022? Deixe abaixo suas dúvidas e comentários sobre esse assunto.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    3 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Yone Corrêa Baffa 6 de janeiro de 2022

      Minha dúvida sempre foi quanto as taxas administrativas dos bancos.
      Mesmo com as indicações para os CDs, fico a pensar no final ; Poupança não tem Impostos e não tem taxas de administração.
      Será que os CDs são realmente melhores para nós pequenos investidores.

      Responder
    • Oziel 11 de janeiro de 2022

      Gostaria de uma opinião sobre uma melhor aplicação para o ano de 2022. Gostaria de fazer uma aplicação de R$ 30000.00.

      Responder
    • Jeffson Magnavita 10 de março de 2022

      SR.TIAGO REIS, FIQUEI INTERESSADO NAS DUAS PEGUNTAS ABAIXO, A YONE CORRÊA BAFFA E OZIEL; MAS, O SR, NÃO RESPONDEU!!! QUE ADIANTA EU PERGUNTAR E NÃO OBTER RESPOSTAS?

      Responder