Acesso Rápido

    Exercício de opções: o que você precisa saber sobre essa operação

    Exercício de opções: o que você precisa saber sobre essa operação
    exercicio-de-opcoes

    Dentre as muitas operações existentes na Bolsa de Valores, temos o exercício de opções.

    O que é o exercício de opções?

    Ao abordar o exercício de opções, um dos principais aspectos a serem considerados é o prazo de validade, visto que as opções podem expirar e deixar de compor a carteira do investidor.

    O exercício de opções se dá quando o titular da opção detém o direito de comprar (call) ou vender (put) ativos, mediante o preço de exercício de opções em certa data.

    O exercício de opções tem um horário pré-definido para ser realizado, conforme a BM&F Bovespa.

    Vamos conhecer melhor esta operação e como utilizá-la de forma vantajosa.

    Como funciona o exercício de opções?

    Nas operações efetuadas na Bolsa, existem datas pré-determinadas para o vencimento de diferentes séries de opções. Trata-se das datas de exercício de opções.

    Nas opções de compra de ações, o investidor adquire o ativo em uma data futura através de um preço pré-definido.

    Existem, essencialmente, duas modalidades de compra ou venda de opções:

    1. Opções americanas: o direito de compra ou de venda pode ser exercido a qualquer momento, desde que até a data de vencimento do contrato;
    2. Opções europeias: o exercício pode se exercido apenas na data de vencimento da opção, ou seja, no prazo limite da opção.

    O prazo limite ocorre na terceira segunda-feira do mês. É quando os titulares (comprados) da opção decidem se vão exercer o direito estabelecido no contrato.

    Assim, o comprador pode escolher se vai exercer a opção que detém. Já o negociador que vendeu a opção (lançador) tem o dever de aceitar a decisão de quem está comprado.

    Boa parte das operações no mercado financeiro são fechadas no dia do vencimento. Ou os investidores as deixam minguar, quer dizer, expirar.

    Horário de exercício de opções

    O exercício de opções tem um horário determinado.

    De acordo com a B3, a posição das séries vincendas deve ser encerrada no último dia útil antes do vencimento das opções. Portanto, o exercício de posições titulares de tais séries deve ser realizado das 10h às 13h.

    No dia do exercício (segunda-feira) não poderão ser negociadas séries que estiverem vencendo, sendo possível exercer apenas posições titulares (compradas).

    Mas como saber se você deve ou não exercer o direito de compra ou venda das opções no mercado? Atente para o preço de exercício de opções.

    Exercendo o direito de comprar ou vender

    Para decidir se vai exercer o direito de compra ou venda, você deve estar por dentro do preço de exercício de opções.

    Preparamos algumas sugestões para ajudá-lo a decidir:

    • Caso a cotação da ação for condizente com o strike da opção em seu poder, é aconselhável exercer o direito de compra ou venda;
    • Para exercer o direito, você deve entrar em contato com sua corretora até as 13h da terceira segunda-feira do mês (evite deixar para a última hora), informando que vai exercer o direito sobre determinada call;
    • Para manter ações na carteira, você deve contar com o montante para a compra em sua conta em D+3. Caso não queira manter as ações, faça um daytrade, exercendo a opção, comprando a ação e em seguida colocando-a à venda;
    • Para decidir exercer ou não o direito, veja a cotação da ação subjacente e strike da opção na sua carteira. Strike inferior ao preço do mercado é vantajoso para o exercício. Já strike com preço maior que o de mercado não é bom indício;
    • Preste atenção aos custos da corretagem, que variam conforme a corretora. E considere-os ao decidir se vai exercer o direito de compra e venda.

    Afinal, o exercício de opções dá aos negociadores o direito (sem obrigação) de exercer a compra ou venda de certo ativo em uma data futura, e, como todo derivativo, apresenta preços derivados de outros ativos subjacentes.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    30 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Fábio 6 de setembro de 2020

      E seu eu comprei a opção de uma call e na data do exércicio não tenho dinheiro para compra sendo o strike vantajoso para mim.

      Responder
      • Suno Research 8 de setembro de 2020

        Olá, Fábio! Tudo bem?
        Infelizmente, você não poderá comprar as ações. Por isso, é sempre bom fazer um bom planejamento de suas operações para que isso não ocorra.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Diogo 21 de novembro de 2020

      Caros,

      Se comprar uma PUT a seco e no dia do exercício a ação caiu que seja 10 % por algum motivo, para exercer o direito de vender ao preço acima do que a ação vale é necessário primeiro comprar o ativo a mercado e depois exercer o direito da venda da PUT no dia do exercício ??

      Responder
      • Suno Research 23 de novembro de 2020

        Olá, Diogo! Tudo bem?
        No caso de não possuir o ativo previamente, sim.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Fernando 8 de janeiro de 2021

      Olá! Uma dúvida:

      Se eu tiver um montante de call “ITM” com vantagem para compra e no dia de exercício que me dê direito à compra de por exemplo 20.000 ações de MGLU3 resultando num total da ordem de compra de R$ 500.000,00 hipoteticamente. E nesta data eu não tenho o montante para compra disponível em conta, mas gostaria de exercer a compra e venda via Day Trade, é possível? Ou eu sou obrigado à tambem possuir no dia do exercício o montante para compra do número de ações equivalente ao número de opções que eu tenho pra exercer?

      Obrigado já por ler tamanha pergunta e mais ainda se responderem! 🙂

      Responder
      • Suno Research 11 de janeiro de 2021

        Olá, Fernando! Tudo bem?
        Caso queira exercer o seu direito de compra, é necessário possuir o montante correspondente em conta.
        Nesses casos onde o investidor não tem o capital necessário para a aquisição, o ideal é vender a opção dias antes do vencimento. Assim, você poderá lucrar com a variação do prêmio da opção.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Jefferson Oliveira 16 de abril de 2021

      Bom Dia!

      O prêmio é pago ao lançador sempre, independente se eu (titular) exercer ou não a opção?

      Responder
    • joao batista 2 de agosto de 2021

      ola bom dia eu sou inisiante no mercado finaseiro e ja nos comeso ja perdir minhas e conominha pois em vestir 2.400.00 reas quase tudo em açoes por opç ai nao sabia sobre esses prazo de validade ai num dia tinha meu saudo e no outro esta quase zerado ?
      quando acontese asim pra onde vais as açoes que eu comprei

      Responder