Acesso Rápido

    Escola Austríaca: conheça essa corrente econômica e seus pensadores

    Escola Austríaca: conheça essa corrente econômica e seus pensadores

    Com uma forma diferente de analisar razões de crises econômicas e o próprio desenvolvimento econômico, a Escola Austríaca é uma das mais notórias correntes do pensamento econômico.

    Por isso, para compreender mais sobre os conceitos e as doutrinas da economia de modo geral, é fundamental conhecer a Escola Austríaca.

    O que é Escola Austríaca?

    A Escola Austríaca de Economia é uma das mais emblemáticas das escolas econômicas, que se estruturou a partir do século XIX.

    Essa escola ficou conhecida por esse nome pois seus principais contribuintes são de origem austríaca e por ter sido desenvolvida, sobretudo, no ambiente acadêmico da cidade de Viena, capital da Áustria.

    Quando surgiu a escola austríaca?

    Nos primórdios do século XIX, uma das principais correntes econômicas era a socialista, guiada principalmente pelos pensamentos marxistas.

    A Escola Austríaca de Economia surgiu para romper com vários pressupostos utilizados nas análises econômicas que predominavam na época.

    Uma das principais obras e considerada precursora do pensamento dos economistas austríacos é a “Princípios da Economia Política”, do economista Carl Menger.

    Nessa obra, o conceito da teoria de utilidade marginal foi bem trabalhado e desenvolvido, o que gerou grandes contribuições para a metodologia da ciência econômica como um todo.

    Os grandes expoentes da escola austríaca, como o Menger e um dos principais teóricos austríacos, Ludwig Von Mises, se contra posicionaram aos teóricos socialistas da economia alemã, como é o caso do Karl Marx.

    Quais as principais pautas da Escola Austríaca?

    Uma das principais ideias defendidas pelos economistas austríacos é que a análise econômica deve partir da análise das necessidades humanas e das leis que analisam a alocação dos recursos escassos.

    Portanto, o foco é no estudo das escalas de preferências dos indivíduos e das limitações naturais para satisfazer essas necessidades.

    Um dos principais pontos em comum com a atual ortodoxia econômica, foi a defesa do liberalismo econômico, defendido principalmente por Adam Smith.

    Para simplificar o entendimento, é possível listar como principais pontos da economia austríaca:

    • Mínima intervenção do estado na economia;
    • Individualismo metodológico;
    • Livre mercado regulado pelas forças de oferta e demanda;
    • Decisões da economia são guiadas pelos principais agentes econômicos: pessoas e instituições.

    Quais são os principais economistas Austríacos?

    A Escola de Viena foi responsável por exportar grandes nomes de estudiosos da ciência econômica. É possível considerar, entre os diversos economistas austríacos, 3 principais nomes, entre eles:

    • Carl Menger;
    • Friedrich Hayek;
    • Ludwig Von Mises.

    Carl Menger

    Carl Menger é o autor da obra “Princípios da Economia Política”, considerada uma das principais obras precursoras do pensamento austríaco marginalista.

    Menger era polonês, mas sua vida acadêmica foi desenvolvida na Áustria e é considerado como o fundador da escola de pensamento austríaca.

    Friedrich Hayek

    Sem dúvida Friedrich Hayek é um dos principais pensadores da escola austríaca de economia.

    Por isso, e por seu trabalho pioneiro na “Teoria da moeda e flutuações econômicas e pela análise penetrante da interdependência dos fenômenos econômicos, sociais e institucionais”, Hayek recebeu o prêmio de ciências econômicas em memória de Alfred Nobel.

    Ludwig Von Mises

    Mises é, também, um dos mais famosos economistas austríacos. Suas maiores contribuições foram no campo da praxeologia, que é o estudo dedutivo das ações e escolhas humanas.

    Tal contribuição foi muito utilizada no desenvolvimento das mais diversas teorias econômicas, inclusive de escolas não totalmente ligadas ao pensamento austríaco.

    Mises é também um dos grandes nomes do pensamento liberal, já que é um grande defensor da liberdade econômica como suporte essencial à liberdade individual.

    Esse artigo te ajudou a conhecer um pouco mais sobre a Escola Austríaca? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *