Acesso Rápido

    Empresa emergente: entenda como esse tipo de empresa funciona

    Empresa emergente: entenda como esse tipo de empresa funciona

    Uma empresa emergente costuma atrair investimentos de terceiros interessados em ter altas taxas de retorno, como investidores-anjo. O papel destes, além de auxiliar financeiramente, acaba sendo o de usar seu expertise em negócios para ajudar nos desafios que as companhias iniciantes enfrentam.

    Apesar de serem negócios que não apresentam um grande lucro líquido – muitas vezes, apresentam seguidamente resultados negativos – a atratividade de uma empresa emergente está na sua projeção de valorização.

    O que é uma empresa emergente?

    Uma empresa emergente é aquela que ainda está em desenvolvimento no mercado. Porém, possui um potencial de crescimento muito grande se comparado com qualquer outra empresa recém-fundada. Este tipo de negócio tem a capacidade de fazer um produto ou serviço ganhar escala mais rápido ou de aumentar de tamanho em pouco tempo.

    Dadas as oportunidades de ganhos expressivos no longo prazo, esse tipo de negócio costuma atrair a atenção de instituições específicas.  Além de investidores de risco (venture capitalist), também desperte interesse fundos de investimentos e empresas especializadas em turbinar novatas – as chamadas aceleradoras.

    O que são startups?

    Um exemplo de modelo de empresa emergente muito frequente na atualidade é a startup. Tratam-se de companhias não ainda não atingiram grande estágio de desenvolvimento, mas que têm um modelo de negócio pronto. Um dos tipos mais comuns de startup são as que desenvolvem novas soluções baseadas em novas tecnologias, como informática.

    O significado de startup vem do termo em inglês, cuja tradução seria “ato de começar algo”. O conceito é relacionado com ideias que fogem do tradicional, ou seja são inovadoras e diferentes das ofertas existentes no mercado.

    Como são modelos de negócio diferenciados, ainda não atingiram um nível de otimização operacional capaz de gerar resultados sustentáveis. Dessa forma, precisam de capital para se sustentarem nos primeiros estágios de vida.

    Por isso, a associação a financiadores interessados no retorno futuro, como fundos de investimento de empresas emergentes, é essencial para essas empresas.

    Quer aprender a avaliar melhor o potencial de uma empresa? Faça o minicurso de valuation e precificação de ativos.

    Investimentos em empresas emergentes

    O investimento inicial que uma empresa emergente precisa para atravessar os estágios iniciais é chamado de capital semente. Novos aportes financeiros podem ser recebidos em outras fases do desenvolvimento do negócio. Os tipos de capital semente são classificados em:

    • Capital próprio;
    • Capital familiar;
    • Financiamentos;
    • Aceleradores de empresa;
    • Investimentos-anjo;
    • Equity Crowdfunding;

    Após os estágios iniciais de seu desenvolvimento, uma startup pode recorrer ao venture capital (capital de risco) para levantar mais recursos necessários à sua atividade. Uma estratégia é a atração de capital de risco. Essa alternativa traz dinheiro através da venda da participação acionária da empresa a investidores interessados em altos ganhos.

    As ações adquiridas das empresas emergentes não torna os capitalistas de riscis de acionista majoritários, pois esse investidor não tem objetivo de ficar na empresa. A ideia é se desfazer das ações posteriormente, quando estas se valorizarem.

    Esta é uma modalidade de investimentos comum para startups. Porém, do ponto de vista do investidor, é um investimento de alto risco financeiro e mercadológico. Afinal, são empresas que ainda estão buscando se consolidar no mercado

    Agora que você conhece o conceito de empresa emergente deixe um comentário abaixo, gostaríamos de saber sua opinião!

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Silvio Monteiro Fernandees 24 de junho de 2020

      Muito bom! Simplesmente pelo conteúdo da excelente redação.

      Responder
    • FLAVIA 7 de agosto de 2020

      TIAGO, POR FAVOR, UMA DÚVIDA: COMO UMA EMPRESA EMERGENTE BUSCA INVESTIDORES NO MERCADO? QUAL O CAMINHO DAS PEDRAS?

      Responder