Acesso Rápido

    Qual a diferença entre CDB e RDB? Qual o melhor para investir?

    Qual a diferença entre CDB e RDB? Qual o melhor para investir?

    O CDB e RDB são títulos de renda fixa disponíveis para se investir no Brasil. Esses títulos são assegurados pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

    Os títulos de CDB e RDB podem ser encontrados nas principais corretoras do brasil e é importante entender seu funcionamento, antes de optar por essa classe de ativo.

    O que é o CDB e RDB?

    O CDB e RDB são investimentos de renda fixa. Sendo assim, são títulos que tem taxas pré-determinadas antes de seu investimento. Ele é um investimento interessante a ser analisado por pessoas que querem aprender como aplicar o dinheiro.

    CDB é a abreviação de Certificado de Depósito Bancário. Esse certificado funciona como se fosse um empréstimo feito por uma pessoa física ou jurídica ao banco emissor do título. Desse modo, o banco paga um valor de juros pelo empréstimo tomado em um determinado período.

    Guia de Investimento em Renda Fixa

    Invista com segurança e rentabilidade: baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça as principais opções de investimento em Renda Fixa!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Com o capital tomado do investidor, o banco usa o dinheiro em outras atividades, como empréstimos para o governo ou para outras pessoas físicas ou jurídicas que pretendem aplicar o montante em alguma outra atividade.

    Já o RDB é a abreviação de Recibo de Depósito Bancário. Ele também funciona como se fosse um empréstimo feito por uma pessoa física ou jurídica para o banco emissor do título. Ou seja, como se pode observar ambos títulos possuem bastante semelhanças, mas também são dotados de algumas diferenças.

    Semelhanças e diferenças entre as aplicações financeiras

    É importante compreender as diferenças entre CDB e RDB. Como já antecipamos, tanto o CDB quanto o RDB são aplicações financeiras de renda fixa. Ambos os títulos são cobertos pelo FGC. Esse é um fundo cuja finalidade é bem parecida como a de um seguro.

    Dessa maneira, caso o banco emissor dos títulos vá a falência é possível recuperar até R$ 250 mil do valor investido nos títulos deste determinado banco.

    Outra semelhança entre o CDB e o RDB é que ambos podem ser remunerados de três formas:

    • Pós-fixado: São balizados por um indicador de mercado, nesse caso o CDI;
    • Indexados à Inflação: Nesse caso, a rentabilidade do título é composta pelo ajuste ao IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo), e também por uma taxa de juros pré-fixada, o que garante ao título uma rentabilidade acima da inflação;
    • Prefixados: Nesse caso, os juros são definidos anteriormente. Essa modalidade é interessante quando há uma possível perspectiva de queda de inflação bem como queda na taxa de juros básicas da economia.

    Já a principal diferença entre o CDB e o RDB é que o primeiro pode ser negociado entre investidores antes do vencimento do título. Já o RDB é intransferível e inegociável, podendo ser resgatado somente no seu vencimento.

    Vantagens e desvantagens do CDB e RDB

    O investimento tanto em um CDB quanto em um RDB possuei diversas vantagens e desvantagens.

    Como principal vantagem desses títulos podemos dizer que possui um risco baixo de aplicação. Por essa razão, tais aplicações são indicadas para investimentos de curto e médio prazo, cuja finalidade é guardar um dinheiro para um objetivo específico.

    No entanto, quando o assunto é longo prazo a atratividade de tais títulos não é muito boa. Nesse caso, uma aplicação financeira em renda variável pode ser mais indicada. Pois a renda variável, apesar de possuir mais risco, costuma gerar um retorno maior a longo prazo para o investidor.

    Dessa maneira, alguns investidores optam pela diversificação dos investimentos. Deixando uma parcela do dinheiro em renda fixa e uma parte em renda variável.

    Foi possível saber mais sobre CDB e RDB? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *