Acesso Rápido

    Ações de primeira linha: entenda o que são e suas características

    Ações de primeira linha: entenda o que são e suas características

    As ações de primeira linha são papéis de organizações bastante líquidos e que apresentam um nível maior de segurança de investimento.

    De fato: as ações de primeira linha estão entre as mais buscadas pelos investidores para compor a sua carteira de investimentos.

    O que são ações de primeira linha?

    As ações de primeira linha são aquelas ações de grandes empresas e que possuem alto grau de liquidez. Também são conhecidas como blue chips. Além disso, esse termo também é utilizado para identificar as empresas mais seguras para o investidor aplicar o seu capital.

    Dessa forma, este tipo de ação é muito recomendado para o investidor iniciante, pois estas tendem a ser ações menos voláteis e mais previsíveis.

    Assim, além de serem de empresas grandes e consolidadas, essas companhias tipicamente garantem a segurança do capital investindo. Geralmente, as empresas de primeira linha são as líderes de market share do seu setor.

    Portanto, elas costumam apresentar baixa volatilidade. Ou seja, os seus preços não variam tanto quanto os das ações de segunda linha.

    Por isso que este tipo de ativo costuma ser bastante recomendado para o investidor iniciante aplicar.

    Afinal, o investidor iniciante ainda não está acostumado com a volatilidade inerente ao investimento em ações.

    Quais são as características das ações de primeira linha?

    Primeiramente, é preciso saber que as ações de primeira linha possuem algumas características que outras companhias do mesmo setor não possuem.

    Primeiramente, uma ação desse tipo apresenta alta segurança quando comparada com suas concorrentes.

    Isso porque ela já está bem estabelecida em seu ramo de atuação. Isso faz com que ela, ainda que não tenha um potencial de crescimento tão grande, consiga trazer retornos mais previsíveis aos seus acionistas.

    Muitos chamam esse tipo de ação de um nome particular, o de blue chip.

    Além disso, a liquidez é um ponto muito importante: ela costuma ter uma liquidez alta, com compras e vendas de seus papéis acontecendo em alto volume.

    Por fim, um bom critério para saber se uma ação de primeira linha é saber se ela consta em seu índice de referência.

    Por exemplo: ações brasileiras que fazem parte do Ibovespa e possuem grande peso podem ser ações de primeira linha. O mesmo vale para as ações americanas e o S&P 500.

    Qual a diferença entre ações de primeira segunda e terceira linha?

    Existem ações de primeira, segunda e terceira linha, cada uma com suas particularidades.

    Primeiramente, já foi abordado que as ações de primeira linha são aquelas de grandes empresas que se destacam no seu setor.

    As ações de segunda linha, por sua vez, são aquelas empresas com menor liquidez. Além disso costumam ser empresas menores.

    Dessa forma, são empresas recomendadas para investidores que já possuem alguma experiência na bolsa de valores. Essas empresas, por serem menores, podem apresentar um bom potencial de crescimento.

    Por fim, as ações de terceira linha são aquelas que possuem um valor de mercado muito baixo, portanto, um elevado potencial de crescimento. É o caso das small caps.

    Inclusive, essas empresas costumam apresentar um potencial de valorização maior até do que as ações de primeira linha.

    Exemplos de ações de primeira linha

    É possível citar alguns exemplos de ações de primeira linha, entre elas:

    • McDonalds;
    • Coca-Cola;
    • Johnson & Johnson;
    • JPMorgan Chase;
    • 3M;
    • Itaú

    1. McDonalds

    O McDonalds é a maior rede de fast-foods dos Estados Unidos e do mundo, com presença em dezenas de países.

    De fato: por se sobressair de forma surpreendente da sua concorrência, a dominância do mercado por parte do McDonalds é muito alta.

    Sendo assim, esse é um caso muito famoso de uma Blue Chip dentro de seu setor.

    2. Coca-Cola

    Em segundo lugar, é possível citar a Coca-Cola que, assim como o exemplo anterior, está no mercado de alimentos e bebidas. Ela é uma das grandes ações de primeira linha.

    A Coca-Cola possui diversos refrigerantes em seu portfólio de produtos, sendo detentora das marcas mais famosas do setor.

    Por essa dominância do mercado, acaba exercendo praticamente um monopólio no setor – monopólio conquistado ao longo de décadas.

    Além disso, a empresa atua em outros segmentos, como bebidas energéticas, cafés, sucos e até mesmo água engarrafada.

    3. Johnson & Johnson

    A Johnson & Johnson, apesar do recente domínio das empresas de tecnologia, segue sendo uma das empresas com maior valor de mercado dos EUA.

    A companhia domina os setores da saúde, tanto na área de medicamentos, produtos de beleza, de higiene e outros. Sem dúvidas, é uma marca conhecida por muitas pessoas em todo o mundo.

    4. JPMorgan Chase

    O JPMorgan Chase é o maior banco dos Estados Unidos e, por isso, pode ser citada como uma ação de primeira linha.

    De fato: o setor bancário nos EUA é muito robusto e possui diversos players, mas o JPMorgan Chase destaca-se como o maior representante desse mercado.

    5. 3M

    A 3M é uma das maiores empresas do ramo industrial, possuindo diversas linhas de serviço: desde peças industriais, passando por produtos relacionados com a saúde até produtos de escritório.

    Por causa de sua variedade de produtos e história, a 3M é uma grande conhecida das pessoas, sendo considerada uma das ações de primeira linha.

    6. Itaú

    Para citar uma empresa brasileira, é possível falar do Itaú. O banco, assim como as outras empresas citadas anteriormente, é o líder de market share do seu setor.

    O banco se beneficia da baixa concorrência no setor bancário no país (que é considerada por alguns como oligopólio) para apresentar grandes lucros e grandes dividendos.

    Você ainda tem dúvidas sobre as ações de primeira linha? Faça um comentário abaixo para que possamos te ajudar.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Tadeu 12 de maio de 2020

      Boa tarde, lamentavelmente a IRB devido aos escandalos recentes já não pode ser considerada como uma ação de primeira linha.

      Responder
    • Jucilene 4 de junho de 2020

      Gostaria de começar a investir

      Responder