Resultados do 2T22

Radar: Petrobras (PETR4) divulga lucro do 4T21 e anuncia dividendos, Rede D’Or (RDOR3) compra SulAmérica (SULA11)

Radar: Petrobras (PETR4) divulga lucro do 4T21 e anuncia dividendos, Rede D’Or (RDOR3) compra SulAmérica (SULA11)
Petrobras (PETR4) - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil; dividendos

Petrobras (PETR4) registrou lucro líquido de R$ 31,504 bilhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), equivalente a uma queda de 47,4% frente os R$ 59,89 bilhões registrados entre outubro e dezembro de 2020. No acumulado de 2021, entretanto, o lucro da estatal é recorde e somou R$ 106,67 bilhões, 15 vezes maior que os R$ 7,10 bilhões na comparação com 2020.

Em relação ao terceiro trimestre de 2021, quando a Petrobras lucrou R$ 31,14 bilhões, houve uma ligeira alta de 1,2% nos ganhos, informou a companhia em balanço financeiro nesta quarta-feira (23).

A estimativa do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustiveis (Ineep) para o resultado da Petrobras no 4T21 apontava um lucro líquido de R$ 27,7 bilhões no 4T21, podendo variar entre R$ 24,2 bilhões e R$ 29,9 bilhões.

Conforme balanço financeiro da estatal, o aumento expressivo no lucro de 2021 comparado com 2020 se deve principalmente à alta de 77% do preço do petróleo Brent em reais no período, aliado a maiores volumes de venda no mercado interno e melhores margens de derivados.

Além disso, a Petrobras aponta que houve reversão de impairment de R$ 16,9 bilhões, comparado a um impairment de R$ 34,3 bilhões em 2020.

Já a justificativa para o pequeno aumento no 4T21 da Petrobras frente o 3T21, a petroleira justifica que houve menor reversão de impairment e maiores gastos com importação e participações governamentais. “Por outro lado, tivemos maiores preços de venda, menor desvalorização cambial e ganhos com alienação de ativos”.

Afetaram ainda o resultado do 4T21 da estatal, mas negativamente, a ausência de ganhos ocorridos no 3T21 com o acordo de Búzios e com “Foz do Amazonas”. Já positivamente, houve a não recorrência de despesas com revisão atuarial do Plano de Saúde.

Além da Petrobras, confira outros destaques desta quarta-feira:

Rede D’Or (RDOR3) anuncia compra da SulAmérica Seguros (SULA11)

  • A Rede D’Or (RDOR3) comprou a SulAmérica Seguros (SULA11) após uma negociação relâmpago, informa fato relevante desta quarta-feira (23). A notícia havia sido antecipada pelo colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim.
  • A conversa entre Rede D’Or e SulAmérica teria começado há pouco mais de uma semana e, segundo Jardim, a aquisição já pode ser apontada como uma das maiores de 2022. “Poucas ou talvez nenhuma irá superá-la em magnitude e significado”, diz o texto.
  • A notícia, ventilada ao mercado no final do pregão, fez as units da SulAmérica (SULA11) encerrarem em alta fulminante de 25,16%, na máxima de R$ 30,94. Os papéis da Rede D’Or dispararam 8,82%, para R$ 55,50, máxima do dia, em leilão de fechamento.
  • A SulAmérica está avaliada em R$ 10,35 bilhões na Bolsa e é considerada a maior seguradora independente do Brasil. A empresa conta com cerca de 7 milhões de clientes e em 2020 registrou um lucro líquido de R$ 2,3 bilhões.
  • Segundo Jardim, a aquisição da SulAmérica se dará por meio de troca de ações, com a família Larragoiti, controladora da seguradora, adquirindo uma participação minoritária nas ações da Rede D’Or.
  • O acordo prevê que as duas empresas continuem suas atuações de forma independente. A SulAmérica continuará com seus negócios nos planos de saúde, seguro de vida e outros, como o negócio de gestão de ativos, com a oferta de fundos de investimentos.
  • Além disso, Patrick Larragoiti, presidente do conselho de administração da seguradora, passará a ter uma cadeira também no conselho da Rede D’Or.

Petrobras (PETR4) pagará dividendos no total de R$ 37,3 bi

  • A Petrobras (PETR4) vai pagar dividendos complementares aos seus acionistas, informa fato relevante desta quarta-feira (23). O valor dos dividendos será de R$ 2,8610 por ação ordinária (PETR3) e ação preferencial (PETR4) em circulação.
  • Com isso, a remuneração total aos acionistas da Petrobras, referente ao exercício social de 2021, será de R$ 7,7732 por ação ON e PN, com rendimento de 27%. A soma considera as antecipações realizadas em agosto e dezembro de 2021.
  • O montante total de pagamento de dividendos complementares chega a R$ 37,3 bilhões.
  • O pagamento dos dividendos da Petrobras será em parcela única, no dia 16 de maio de 2022 para os acionistas dos papéis negociados na B3 (B3SA3). Já para os acionistas dos recibos de ações (ADRs) da Petrobras listadas em Nova York, a data de pagamento será o dia 23 de maio de 2022.
  • Apenas os investidores com posição comprada em ações negociadas na B3 ao final do pregão do dia 13 de abril de 2022 terão direito a receber os dividendos da Petrobras. Já para as ADRs, a data-base para os dividendos é o dia 18 de abril de 2022.
  • As ações da petroleira em Nova York e na B3 passam a ser negociadas “ex-dividendos“, ou seja, sem direito aos proventos, a partir de 14 de abril de 2022.
  • Segundo documento arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os dividendos complementares da Petrobras são relativos ao exercício social que se encerrou em 31 de dezembro de 2021.
  • “O dividendo proposto está alinhado à Política de Remuneração aos Acionistas, que prevê que, em caso de endividamento bruto inferior a US$ 65 bilhões, a Petrobras poderá distribuir aos seus acionistas 60% da diferença entre o fluxo de caixa operacional e as aquisições de ativos imobilizados e intangíveis (investimentos)”.
  • Como a estatal reduziu a sua dívida para US$ 58,7 bilhões, foi possível aplicar a fórmula de maneira integral já no ano de 2021 e complementar o pagamento aos acionistas, ressalta a empresa em documento.

Ultrapar (UGPA3) anuncia dividendos de R$ 185,8 mi

  • O Conselho de Administração da Ultrapar (UGPA3) aprovou nesta quarta-feira (23) a distribuição de dividendos aos acionistas no valor total de R$ 185,8 milhões.
  • Desse montante, o valor unitário do dividendo da Ultrapar é de R$ 0,17040 por ação ordinária. A companhia não cravou data exata para o pagamento dos proventos, afirmando apenas que ocorrerá a partir de 11 de março, sem remuneração ou atualização monetária.
  • Será considerado apto para receber o pagamento o acionista de posse de ações da Ultrapar até o final do pregão do dia 3 de março no Brasil e 7 de março nos Estados Unidos. A partir do dia 4, os papéis serão negociados sem conceder direito de recebimento, tanto para as ações listadas na bolsa de São Paulo, a B3 (B3SA3), quanto para as de Nova York (NYSE).
  • O número de ações utilizado para cálculo do valor por ação já considera a emissão de 43.925 ações”, completou a companhia em nota enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Vale (VALE3) deve quintuplicar lucro em 2021 e consolidar estratégia de ‘valor sobre volume’

  • O mercado financeiro estará atento amanhã ao balanço da Vale (VALE3), em especial para verificar se deu certo a estratégia da maior empresa aberta do Brasil em priorizar retorno financeiro em detrimento do volume produzido de minério de ferro. A mineradora divulgará o resultado do quarto trimestre de 2021 nesta quinta-feira (24), após o fechamento do mercado às 18h.
  • De acordo com estimativas do BTG Pactual, a Vale deve apresentar um lucro líquido em 2021 cerca de 4,9 vezes maior que o resultado do ano anterior, impulsionado principalmente pelo valor recorde do minério de ferro e câmbio favorável.
  • Na comparação entre trimestres, o principal fator que contribuiu para o balanço positivo do ano está no segundo trimestre do ano, quando registrou lucro líquido de US$ 7,6 bilhões. No terceiro trimestre, a cifra ficou em US$ 3,9 bilhões, resultado que deve se manter estável no quarto trimestre.
  • Outro ponto a ser considerado na comparação anual é a base fraca em 2020, ainda sob influência da recuperação da companhia após o desastre do rompimento da barragem em Brumadinho um ano antes.
  • Para especialistas ouvidos pelo Suno Notícias, o balanço deve justificar o pagamento de dividendos atraentes este ano.
  • Segundo o último Anuário Mineral Brasileiro publicado, de 2020, a Vale responde por 71,9% da produção brasileira de minério de ferro, cerca de sete vezes mais que o segundo lugar, a CSN Mineração (CMIN3), responsável por 10,2%, e 32 vezes mais que a Usiminas (USIM5), com 2,23%.
  • A Vale também tem destaque na produção de cobre, com 14,7% da produção nacional, de manganês, com 14,6%, e de níquel, com 18,06%.
  • Já no cenário internacional, a grande concorrência da Vale vem da Austrália, por conta da Rio Tinto, BHP Group e Fortescue Metals, gigantes do setor de extrativismo mineral.

Pão de Açúcar (PCAR3) registra lucro de R$ 777 milhões no 4T21, alta de 107,7%

  • O Grupo Pão de Açúcar, o GPA (PCAR3) informou nesta terça-feira (23) que registrou um lucro líquido consolidado de R$ 777 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), uma alta de 107,7% ante o mesmo período de 2020.
  • Nos 12 meses de 2021, o resultado foi de lucro líquido de R$ 805 milhões, aumento de 433,0% na comparação com o ano anterior. A companhia informou que o resultado do quarto trimestre de 2021 foi positivo, “mesmo em um ano com retração no consumo no Brasil”.
  • balanço do Grupo Pão de Açúcar nos últimos três meses do ano registrou uma receita líquida de R$ 14,8 bilhões, alta de 6,7% a/a. No acumulado de 2021, o valor foi de R$ 51,3 bilhões.O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) ajustado ficou em R$ 1,1 bilhão, queda de 9,8%. De janeiro a dezembro, o Grupo Pão de Açúcar registrou uma queda de 2,7% contra período igual do ano anterior, com R$ 3,8 bilhões.
  • margem EBITDA Ajustada consolidada foi de 8% no trimestre, queda de 1,4 ponto porcentual. Segundo a companhia, a redução de margem em relação a 2020 foi concentrada no lucro bruto, em razão do processo de desmobilização das lojas de hipermercado e drogarias devido ao encerramento dessas operações. Além disso, pesou a redução de compras da população.
  • “No perímetro do Novo GPA Brasil (operação sem hipermercados Extra e drogarias), a margem EBITDA Ajustada foi de 8,4% no 4T21, melhora de 0,2 ponto porcentual. No ano de 2021 a melhora da margem EBITDA ajustada foi de 0,8 p.p., atingindo 8,8%”, diz a empresa.
  • O Lucro Bruto do GPA Brasil totalizou R$ 1,7 bilhão no trimestre e margem de 23,3%, com queda de 3,8 p.p. na comparação com o quarto trimestre de 2020.
  • As Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas totalizaram R$ 1,3 bilhão, queda de 5,8% pela redução de marketing, maior produtividade das lojas de hipermercado e redução na despesa de pessoal.
  • Por fim, a dívida líquida somou -R$ 697 milhões em dezembro de 2021, mantendo uma baixa relação de dívida liquida/Ebitda de -0,3x e sólida de posição de caixa de R$ 8,3 bilhões.

TIM (TIMS3): lucro líquido no 4T21 cai 26%, para R$ 768 milhões

  • A TIM Brasil (TIMS3) informou nesta quarta (23) que apurou lucro líquido normalizado de R$ 768 milhões no quarto trimestre de 2021, resultado que representa queda de 26% em relação ao mesmo período em 2020. A baixa no lucro líquido se deve à base de comparação mais forte, disse a companhia.
  • lucro da TIM disparou para R$ 1,038 bilhão um ano antes graças a um fator externo: os ganhos provenientes da fatia da operadora no capital do banco C6, com quem mantém parceria.
  • O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) normalizado atingiu R$ 2,449 bilhões no quarto trimestre de 2021, avanço de 2,9% na mesma base de comparação anual. A margem Ebitda oscilou 0,1 ponto porcentual para cima, indo a 51,0%.
  • A principal alavanca para o crescimento do Ebitda foi a performance da receita de serviços móveis, com destaque para o bom desempenho do segmento pós-pago, da banda larga (TIM Live) e da geração de receitas oriundas das parcerias para oferta de conteúdo, conforme informou a companhia.
  • receita líquida da TIM cresceu 2,6%, totalizando R$ 4,799 bilhões.
  • resultado financeiro líquido gerou uma despesa de R$ 180 milhões, montante quatro vezes maior do que um ano antes – em razão de novas dívidas contraídas durante o ano visando ao financiamento da compra da Oi Móvel e licenças do 5G.
  • Os custos operacionais normalizadas no resultado do 4T21cresceram 2,3%, para R$ 2,350 bilhões, mostrando uma evolução abaixo da inflação no País.
  • Os investimentos nas expansão das redes chegaram a R$ 1,255 bilhão, baixa de 14,2% na comparação anual, sem contar as licenças do leilão do 5G. Já se as licenças foram incluídas, há um acréscimo de R$ 3,585 bilhões em investimentos, chegando a R$ 4,840 bilhões.
  • A TIM fechou o quarto trimestre de 2021 com dívida líquida de R$ 3,723 bilhões e uma alavancagem (medida pela relação entre dívida líquida e Ebtida) de 0,4x.

Americanas (AMER3): sites retomam “gradualmente o funcionamento”; ações sobem

  • Depois de três dias sem funcionamento, desde que foi detectado um acesso não autorizado nos servidores da companhia no último sábado (19), os sites da Americanas (AMER3) e do Submarino voltaram ao ar nesta quarta-feira (23), segundo a empresa.
  • Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Americanas informou que está restabelecendo gradualmente e com segurança seus ambientes de e-commerce. A empresa ressalta que não houve evidências de comprometimento das bases de dados. “As equipes continuam mobilizadas, com todos os protocolos de segurança, e atuarão para a retomada integral no mais curto espaço de tempo”, diz o texto.
  • Às 16h17, as ações da Americanas subiam 0,84%, cotadas a R$ 30,04. Desde o início da semana, a companhia perdeu R$ 250 milhões, segundo estimativa da XP Investimentos, e aproximadamente R$ 3,5 bilhões em valor de mercado, conforme fechamento de ontem.
  • As vendas por plataformas digitais representam 60,8% das receitas da empresa – as lojas físicas respondem por pouco menos de 40%.
  • O grupo hacker LAPSUS, envolvido nos ataques cibernéticos contra o Ministério da Saúde recentemente, reivindicou a autoria da ação, mas a companhia não confirmou se houve atividade criminosa do grupo ou de outro grupo hacker.

Da Petrobras a Americanas, essas foram as empresas que se destacaram hoje. Para ler todas as matérias clique aqui.

Victória Anhesini

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO