Irani (RANI3) aprova R$ 25,6 milhões em dividendos após lucro de R$ 97,5 milhões

Irani (RANI3) aprova R$ 25,6 milhões em dividendos após lucro de R$ 97,5 milhões
No seu balanço, a Irani anotou um lucro de R$ 97,5 milhões Foto: Divulgação

A Irani (RANI3) pagará R$ 25,6 milhões em dividendos, segundo a ata de reunião do Conselho de Administração da companhia, divulgada na noite da última quarta-feira (3).

Os dividendos da Irani corresponderão a R$ 0,101330 por ação, sendo pagos para quem detiver os papéis da empresa até o fim do pregão do dia 8 de novembro. Ou seja, as ações da companhia passam a ser negociadas ex-proventos a partir do pregão do dia seguinte.

A remuneração aos acionistas equivale a um quarto do lucro visto nos resultados financeiros da empresa.

“O montante dos Dividendos Intercalares do terceiro trimestre, ora aprovados, juntamente com os dividendos declarados no primeiro e segundo trimestres de 2021,perfazem 25% do lucro líquido apurado nas demonstrações financeiras da Companhia de 30 de setembro de 2021, calculado de acordo com os artigos 22 a 29 do Estatuto Social da Companhia e atende a ‘Política de Distribuição de Dividendos e Pagamento de Juros sobre o Capital Próprio‘ da Companhia”, diz a ata do conselho de administração da empresa.

Balanço da Irani

No resultado financeiro da Irani, divulgado antes dos proventos, a companhia anotou um lucro líquido de R$ 97,5 milhões — alta de 281% no comparativo anual –, com R$ 432 milhões de receita líquida, alta de 65%.

O Ebitda ajusto da companhia somou R$ 140,3 milhões, alta de 152% em relação ao mesmo período de 2020. No balanço, também conta uma dívida líquida de 0,65 vez Ebitda.

Recompra de ações da Irani

Com impacto e citação no resultado trimestral da empresa, o programa de recompra de ações anunciado no fim de setembro foi destacado como uma forma de “maximizar a geração de valor para os acionistas com uma administração eficiente da estrutura de capital”.

O programa prevê aquisição de até 8.216.880 ações ordinárias de sua emissão, o que equivale a 7,76% do total dos papéis ordinárias da companhia em circulação.

O programa foi  iniciado no primeiro dia do mês de outubro com previsão de término em março de 2023.

“Fica a diretoria da companhia autorizada a definir a oportunidade e a quantidade a ser adquirida, sempre dentro dos limites autorizados. A operação de recompra será realizada em bolsa, a preço de mercado”, informa.

Cotação de RANI3

As ações da Irani fecharam o pregão de ontem cotadas a R$ 6,66 — representando uma queda de 4,03% nos últimos cinco pregões, que contaram com a reação do mercado ao seu balanço do 3T21.

Desde o início de 2021, a Irani já teve alta de 23,5% nos seus papéis ordinários.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!