C&A (CEAB3) poderá reaver até R$ 120 milhões em impostos

C&A (CEAB3) poderá reaver até R$ 120 milhões em impostos
A ação da C&A, negociada na B3 sob o ticker 'CEAB3', fechou o pregão desta terça-feira apresentando uma queda de 0,60%, valendo R$ 13,24. 

A C&A (CEAB3) informou nesta terça-feira (1), através de fato relevante, que pode reaver até, aproximadamente, R$ 120 milhões em restituição de impostos Programa de Integração Social (PIS) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) nas operações internas da Zona Franca de Manaus.

A C&A afirmou que, na última segunda-feira (30), obteve êxito na ação judicial que discutia a inexigibilidade do PIS e COFINS nas operações internas da Zona Franca de Manaus.

Nesse sentido, foi reconhecido o direito da companhia , de reaver, mediante compensação, os valores apurados em relação às competências de abril de 2011 até  abril de 2018, devidamente corrigidos.

Além disso, foram reconhecidos os direitos a uso do benefício do Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras, segundo o documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A varejista de moda ainda ressaltou que “Os valores relativos às competências a partir de maio/2018 já têm seus efeitos reconhecidos nas demonstrações financeiras divulgadas, uma vez que a Companhia estava se valendo das decisões favoráveis desde maio de 2018”.

C&A anota prejuízo de R$ 28,2 milhões no 3T20

A varejista de moda reportou prejuízo de R$ 28,2 milhões no terceiro trimestre deste ano, revertendo lucro líquido de R$ 19,1 milhões anotado no terceiro trimestre de 2019.

A receita líquida da C&A somou R$ 1,067 bilhão, ante R$ 1,241 bilhão reportado entre julho e setembro de 2019, o que representa uma queda de 14,1%.

Já a receita líquida online da varejista de moda chegou a R$ 173,7 milhões no período, crescendo 444% na comparação anual.

Por sua vez, o Ebitda (Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) ajustado somou R$ 64,7 milhões, caindo 67,4% na comparação anualizada, enquanto a margem Ebitda ajustada caiu 9,9 pontos percentuais, para 6,1%, na mesma comparação.

Última cotação

A ação da C&A, negociada na B3 sob o ticker ‘CEAB3’, fechou o pregão desta terça-feira apresentando uma queda de 0,60%, valendo R$ 13,24.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião