Acesso Rápido

    SHOT11: conheça o ETF das empresas mais inovadoras dos EUA

    SHOT11: conheça o ETF das empresas mais inovadoras dos EUA

    Os ETFs são uma das formas mais fáceis e práticas de diversificar a carteira de investimento e se expor a diferentes setores da economia. Nesse contexto, o SHOT11 é um dos ETF’s negociados na bolsa de valores.

    Além disso, para quem quer investir em empresas inovadoras do mercado americano, o ETF SHOT11 pode ser uma alternativa. Porém, é importante entender como esse ativo funciona e se vale a pena investir.

    O que é o SHOT11?

    O SHOT11 é um ETF (fundo de índice) que tende a replicar a carteira do índice S&P KENSHO Moonshots, composto por 50 ações de empresas listadas nas bolsas americanas que apresentam alto grau de inovação.

    Nesse sentido, o ETF SHOT11 foi disponibilizado para negociação na bolsa de valores brasileira (B3) em 2021 e pode ser adquirido com menos de R$100 por investidores em geral através de uma corretora.

    Apesar de replicar um índice estrangeiro e seguir uma metodologia proprietária da Standard & Poor’s (S&P), esse ETF é negociado nacionalmente como qualquer outro ativo.

    Cabe destacar que para ter acesso ao ETF de inovação o investidor deverá arcar com a taxa de administração de 0,5% ao ano.

    Qual é a composição do ETF SHOT11?

    Para fazer parte do ETF It Now S&P Kensho Moonshots (SHOT11), as companhias devem atender a alguns critérios específicos como alto grau de inovação e estarem estrategicamente posicionadas para crescer de maneira exponencial.

    Nesse sentido, entre as principais companhias que compõe o It Now Shot11, se destacam:

    • Microvision;
    • Vuzix Corp;
    • The ExOne Company;
    • ImmunityBio Inc;
    • Vir Biotechnology Inc;
    • Yelp Inc, entre outras.

    Cabe ressaltar que um dos objetivos do índice S&P® KENSHO® Moonshots é encontrar companhias que estejam se desenvolvendo em inovação e são listadas no mercado americano.

    Quais são as vantagens e desvantagens do SHOT11?

    O ETF SHOT11 possui particularidades interessantes, que o diferencia dos demais ETFs disponíveis no mercado nacional. Assim, entre as principais vantagens do ETF SHOT11, estão:

    • Acesso a empresas inovadoras negociadas no mercado americano;
    • Diversificação de carteira;
    • Exposição cambial.

    Investir em empresas inovadoras é sempre interessante no ponto de vista do investidor. Afinal, são empresas que podem se desenvolver e crescer exponencialmente, além de obter vantagem competitiva em relação as demais.

    Além disso, para quem busca diversificação de investimentos, os etfs podem ser uma alternativa para dilui a exposição a um determinado setor e reduzir as chances de perdas.

    Para investidores brasileiros, sobretudo aqueles que tem a maior parte dos ativos em “Real”, vale a pena se expor também a um câmbio estrangeiro.

    Por outro lado, também é possível destacar algumas desvantagens do SHOT11, como a cobrança de taxa de administração e a gestão passiva presente nos ETFs.

    Ou seja, o investidor não pode escolher quais companhias deseja investir quando adquiri um ETF, diferente de quem aplica diretamente em ações.

    Cabe destacar que empresas muito inovadoras e disruptivas também podem apresentar riscos para os seus investidores. Por isso, é fundamental conhecer seu perfil de risco antes de investir.

    Esse artigo te ajudou a conhecer o ETF SHOT11? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *