Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Movida (MOVI3) adquire empresa de logística

    Radar do Mercado: Movida (MOVI3) adquire empresa de logística

    A Movida (MOVI3) informou ao mercado, por meio de fato relevante, a aquisição da Vox Frotas Locadoras.

    A empresa adquirida foi fundada em 1999, em São Paulo (SP). Ela atua em todas as etapas do processo de gestão e terceirização de frota (GTF): aquisição, gestão e renovação do ativo.

    Nesse sentido, a frota da Vox é composta de todos os tipos de veículos leves, desde veículos de marcas de luxo (por exemplo, Audi e BMW) – grande parte deles blindada – até veículos leves de carga (por exemplo, Fiorino) e veículos leves de passeio (por exemplo, Onix).

    Atualmente, a Vox dispõe de uma frota de aproximadamente 1,8 mil veículos, com uma idade média de 1,2 ano, distribuídos entre seus 57 clientes.

    A transação prevê a aquisição pela Movida da totalidade das ações de emissão da Vox pelo valor contábil da empresa, acrescido de um prêmio de 12,5%, ajustado para reduzir a dívida líquida e refletir ajustes de capital de giro.

    Guia de Economia para Investidores

    Confira os principais conceitos econômicos e aprenda como a economia pode influenciar seus investimentos com o nosso ebook gratuito de Economia para Investidores!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Tendo como base os números de outubro, o valor da Vox seria de R$ 89 milhões, conforme divulgado pela Movida.

    O preço será pago em dinheiro, sendo 50% à vista e o restante no primeiro aniversário da transação.

    Em 2019, a Vox apresentou uma receita líquida de R$ 47 milhões, registrando um Ebitda de R$ 22 milhões e um lucro líquido de R$ 9 milhões. O índice de alavancagem – medido pela dívida líquida/Ebitda – ficou em 1,9 vezes.

    Mesmo durante a pandemia, a Vox conseguiu crescer, atingindo uma receita de R$ 53 milhões em 2020 (números não auditados), com um lucro de R$ 9 milhões no período.

    A companhia afirmou que o movimento de crescimento inorgânico está alinhado à estratégia de gerar valor, combinando preços compatíveis, crescimento e rentabilidade.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *