XP (XPBR31) lança XTAGE, plataforma para negociar Bitcoin e criptomoedas

Há 3 semanas, XP Investimentos lançava ferramenta para investidor do varejo negociar private equity

A XP Investimentos (XPBR31) criará uma plataforma para a negociação de criptoativos em conjunto com a Nasdaq, a bolsa de tecnologia de Nova York, onde a companhia de investimentos é listada. O anúncio foi feito oficialmente pela empresa na manhã desta quinta-feira (12).

A plataforma de criptomoedas da XP será chamada de XTAGE e tem previsão de estar disponível para os investidores já no segundo trimestre deste ano.

“O XTAGE representa um marco importante na democratização do acesso ao mercado de ativos digitais no Brasil. Construída com base na tecnologia de negociação líder da Nasdaq, a plataforma da XP está posicionada de forma única para escalar com flexibilidade à medida que cresce e introduz novos produtos e serviços. Espera-se que a plataforma esteja operacional até o final do segundo trimestre”, diz o comunicado da corretora.

A mudança pode adicionar um volume relevante de investidores em bitcoin e demais criptomoedas, já que a XP Investimentos possui uma base de clientes da ordem de 3,5 milhões – os quais terão acesso ao XTAGE diretamente no aplicativo atual, que já usam, assim que a plataforma estiver funcionando.

A plataforma de negociação será totalmente integrada ao ecossistema da XP Inc, visando “um processo sem atritos para investir” por meio dos serviços atuais.

A XP destaca que, inicialmente, a nova plataforma oferecerá apenas negociação em criptomoedas – como Bitcoin, Ethereum e outros ativos.

Contudo, vendo um mercado em expansão, a corretora já adianta que planeja expandir a oferta de outros criptoativos, à medida que o apetite dos investidores e as tendências de mercado evoluírem.

“Somos movidos por nossa missão de democratizar o acesso a investimentos, proporcionando aos investidores um portfólio ampliado e diversificado de produtos financeiros que estão na vanguarda da inovação global”, afirma Lucas Rabechini, Diretor de Produtos Financeiros da XP Inc.

Simultaneamente, a companhia mira uma ampliação de sua base de investidores ao colocar mais uma série de produtos na prateleira.

Roland Chai, vice-presidente executivo e chefe de tecnologia de infraestrutura de mercado da Nasdaq, diz que a parceria entre as empresas “é um pilar fundamental em sua expansão para ativos digitais e abrirá novas oportunidades”.

“A criação da XTAGE representa um grande marco no avanço do mercado de ativos digitais e em nossa capacidade de oferecer aos investidores maior acesso ao ecossistema emergente. Por meio da parceria tecnológica com a Nasdaq, estamos confiantes de que a XP operará em um mercado de capitais inovador e robusto infraestrutura”, relata.

Para Chai, a flexibilidade e a tecnologia da bolsa permitirá negociações seguras com os ativos já existentes e também uma inserção de novas classes de ativos “à medida que crescem e evoluem”.

Lançamento da XTAGE

O lançamento marca uma volta da companhia ao mercado, já que no passado a corretora chegou a adentrar o mercado com a Xdex, que foi fechada posteriormente.

Além disso, o movimento acompanha concorrentes, já que no ano passado o BTG Pactual (BPAC11) divulgou que abriria sua corretora de criptoativos, chamada Mynt. O movimento, contudo, deve ocorrer “de maneira gradual para para seus clientes operarem”.

Além disso, o Nubank anunciou que que fechou uma parceria com a fintech de blockchain Paxos Trust, também visando oferecer operações com criptomoedas aos seus clientes. Na ocasião, a administração da fintech também informou que colocaria 1% do seu caixa nos ativos – ainda que não tenha detalhado o investimento e nem noticiado a sua previsão de conclusão.

Em termos de cotação, a XP ‘compra o fundo’ com o movimento – já que o Bitcoin encontra-se cotado a R$ 144,8 mil, ou US$ 28,1 mil, cifras que representam uma baixa de 58% e 56% nos últimos meses, respectivamente.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO