Radar: Weg (WEGE3) anuncia dividendos, banco projeta alta de 39,4% para ações em NY de Vale (VALE3) e Gerdau (GGBR4) reporta lucro menor no 4T23

Weg (WEGE3) anunciou, nesta terça-feira (20), o pagamento de dividendos complementares no valor total de R$ 1.249.939.825,23, o que corresponde a R$ 0,297942793 por ação.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Receberão os dividendos da Weg os investidores posicionados no papel WEGE3 no dia 23 de fevereiro. As ações da Weg passam a ser negociadas ex-dividendos a partir de 26 de fevereiro.

O pagamento do dividendo complementar anunciado nesta terça, bem como dos JCP da Weg declarados em setembro e dezembro de 2023, ocorrerá no dia 13 de março de 2024.

Proposta de aumento de capital

A Weg anunciou também que aprovou a proposta de aumento do capital social da companhia, de R$ 1.249.939.825,23 correspondente a R$ 0,297942793 por ação.

Segundo fato relevante divulgado na noite desta terça-feira, a companhia informa que o aumento do capital social da Weg se derá “através da incorporação de parte do saldo da conta de Reserva de Lucros / Retenção de Lucros para Investimentos no valor de R$ 1.000.000.000,00, sem aumento do número de ações”.

A proposta será votada na próxima assembleia geral da companhia, a ser realizada no próximo dia 23 de abril.

Além de Weg, confira outros destaques desta terça-feira:

Vale (VALE3): BTG projeta alta de 39,4% para ações em NY; o que esperar dos dividendos?

  • Em relatório divulgado nesta terça-feira (20), o BTG Pactual manteve a sua recomendação de compra para as ações da Vale (VALE3) listadas na Bolsa de Nova York, que são negociadas por meio de “American Depositary Receipt” (ADR) nos Estados Unidos.
  • O preço-alvo para a ação da Vale em Nova York é de US$ 19, o que representaria uma valorização de 39,4% em relação à cotação final desta segunda-feira (19).
  • Para os analistas do BTG, as ações da Vale se encontram com uma boa relação risco retorno no momento, e o preço atual do papel já está refletindo a totalidade dos seus riscos associados.
  • Os especialistas destacam o momento de dificuldades que a Vale passou nos meses anteriores, com os ruídos em relação à presidência da companhia. Isso porque o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, queria que Guido Mantega assumisse como CEO da mineradora, algo que não foi bem visto pelo mercado.
  • O episódio gerou mais volatilidade para o preço da ação da Vale, aumentando também o seu risco na época. Apesar de Guido Mantega parecer descartado, algumas questões sobre a definição do CEO ainda preocupam os analistas do BTG.
  • A casa cita a divisão que supostamente existe entre os integrantes do conselho de administração da companhia sobre o novo CEO da Vale. “Isso sugere um cenário mais desafiador na empresa”, dizem os especialistas.

Gerdau (GGBR4) anuncia lucro 45,1% menor no 4T23; o que motivou essa queda?

  • Gerdau (GGBR4) apresentou um lucro líquido ajustado de R$ 732 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), conforme balanço trimestral divulgado nesta terça-feira (20).
  • Conforme aponta o novo balanço da Gerdau, esse lucro mostra um recuo de 45,1% em relação ao quarto trimestre de 2022. No ano de 2023, o lucro líquido ajustado somou R$ 6,9 bilhões, com queda de 40,9% sobre 2022.
  • Conforme o documento, o resultado da Gerdau reflete volume de vendas mais baixo nas operações de negócios, mas também a “forte base de comparação do ano 2022”, que foi o momento em que a companhia teve o seu 2º maior lucro líquido ajustado da história.
  • O Ebtida ajustado da empresa, que representa o lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização, somou R$ 2,039 bilhões no quarto trimestre do ano passado, o que mostra uma baixa 43,8% em comparação ao mesmo período de 2022.
  • Em termos ajustados, a margem Ebtida da Gerdau caiu 6,3 pontos percentuais no 4T23, comparado ao quarto trimestre de 2022, chegando a 13,9%.
  • No quarto trimestre de 2023, o faturamento líquido da companhia totalizou R$ 14,716 bilhões. Em relação ao 4T22, esse montante representa uma baixa de 18,1%, impactado principalmente pelos volumes de venda mais baixos e também em razão do impacto cambial da Argentina nas operações do país.

Gerdau (GGBR4) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4) anunciam dividendos; veja o valor

  • Nesta terça-feira (20), Gerdau (GGBR4) e Metalúrgica Gerdau (GOAU) anunciaram o pagamento total de R$ 222,6 milhões em dividendos. Desse montante, R$ 175 milhões são para acionistas de GGBR4, e R$ 51,6 milhões para aqueles que investem na divisão metalúrgica.
  • O montante corresponde a R$ 0,10 por ação da Gerdau (GGBR4) e R$ 0,05 por ação da Metalúrgica Gerdau (GOAU4).
  • Os dividendos da Gerdau serão pagos no dia 12 de março, enquanto os proventos da Metalúgica Gerdau caem na conta dos investidores no dia 13 de março.
  • Nos dois casos, a data de corte para o pagamento dos valores é o dia 1° de março. Com isso, as ações passam a ser negociadas ex-dividendos a partir de 4 de março.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

Isa Cteep (TRPL4) tem lucro líquido de R$ 900,6 mi no 4º trimestre, alta de 147,7%

  • Isa Cteep (TRPL4) reportou lucro líquido de R$ 900,6 milhões no quarto trimestre de 2023, um crescimento de 147,7% em relação ao mesmo período de 2022. No acumulado do ano, o lucro da empresa alcançou R$ 1,942 bilhão, crescimento de 107,3% em base anual de comparação.
  • O resultado foi impulsionado pela recomposição integral do componente financeiro da Rede Básica do Sistema Existente (RBSE), pelo reajuste inflacionário do período e pela entrada em operação comercial total do projeto Itaúnas e início da energização do projeto Triângulo Mineiro, além da realização de reforços e melhorias nos últimos 12 meses.
  • receita líquida da Isa Cteep no período totalizou R$ 1,109 bilhão, crescimento de 24,5% em relação ao quarto trimestre do ano anterior. No acumulado de 2023, a receita da empresa alcançou R$ 3,985 bilhões, avanço de 22,3%.
  • O Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (Ebitda, da sigla em inglês) ficou em R$ 826,7 milhões, avanço de 30,3% em base anual de comparação. Considerando os 12 meses de 2023, o Ebitda da Isa Cteep foi de R$ 3,129 bilhões, alta de 26,9%. A margem Ebitda do trimestre foi de 74,5%, aumento de 3,3 pontos percentuais (p.p.), enquanto no ano ela ficou em 78,5%, alta de 2,9 p.p..
  • Ao final do quarto trimestre de 2023, a dívida líquida da Isa Cteep ficou em R$ 7,908 bilhões, aumento de 10,5%. Já os investimentos totalizaram R$ 617,5 milhões no trimestre, crescimento de 27,3%. No acumulado do ano, os aportes alcançaram R$ 2,067 bilhões, montante 7,2% maior do que o observado um ano antes.

Telefônica Brasil (VIVT3) tem lucro líquido de R$ 1,6 bilhão no 4º trimestre de 2023, alta de 42,1%

  • lucro líquido da Telefônica Brasil (VIVT3), dona da Vivo, cresceu 42,1% no quarto trimestre de 2023 em relação ao mesmo período de 2022, chegando a R$ 1,601 bilhão.
  • O salto no lucro da Telefônica está relacionado ao crescimento da receita (principalmente em telefonia móvel) com diluição de custos, proporcionando incremento da margem. O lucro também foi maior devido ao menor peso dos impostos no balanço do trimestre.
  • receita operacional líquida da companhia subiu 6,9% no quarto trimestre, totalizando R$ 13,535 bilhões. O desempenho foi puxado pelo segmento móvel da Telefônica, com avanço de 8,4%, enquanto o fixo cresceu 3,5%.
  • Na linha de ‘outras receitas’, a companhia apurou R$ 349 milhões, aumento de 15,2%. A linha contou com o efeito positivo da conclusão das negociações com empresas donas de torres referente aos contratos de arrendamento das torres adquiridas da Oi. Isso gerou ganho líquido de ganho líquido de R$ 292 milhões.
  • Os custos totais da operação da Telefônica aumentaram 4,8%, para R$ 7,783 bilhões.
  • resultado financeiro (saldo entre receitas e despesas financeiras) gerou uma despesa de R$ 631 milhões, aumento de 4,5%. A linha de depreciação e amortização ficou negativa em R$ 3,504 bilhões, alta de 7,4%.
  • A linha de impostos teve uma melhora significativa no quarto trimestre, ficando em apenas R$ 13 milhões, decréscimo de 94,5% na comparação anual – a diferença não foi explicada no balanço da Telefônica.

Iguatemi (IGTI11) tem lucro líquido ajustado de R$ 134,6 milhões no 4º trimestre de 2023, alta de 9,5%

  • Iguatemi (IGTI11), dona de uma rede com 16 shoppings, teve lucro líquido ajustado de R$ 134,6 milhões no quatro trimestre de 2023, alta de 9,5% ante o mesmo período de 2022. No acumulado do ano, o lucro líquido ajustado totalizou R$ 388,4 milhões, crescimento de 47,3% em relação ao ano anterior.
  • resultado da Iguatemi reflete o aumento das receitas de locação de espaços para lojistas nos shoppings e das receitas de estacionamento da Iguatemi. Ao longo do ano, a Iguatemi atraiu lojistas e diminuiu a área vaga dentro dos shoppings. Também houve reajustes dos aluguéis.
  • A companhia ainda concluiu a venda de fração do terreno ao lado do Shopping Iguatemi Campinas, o que resultou em R$ 24,9 milhões de ganho para o balanço.
  • O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 263,9 milhões no quarto trimestre, crescimento de 29,4%. A margem Ebitda ajustada ficou em 79,8%, alta de 10 pontos porcentuais.
  • O FFO (lucro líquido excluindo depreciação, amortização e efeitos não caixa) ajustado chegou a R$ 177,9 milhões no quarto trimestre, avanço de 9,2%. A margem FFO foi a 53,8%, baixa de 2 pontos porcentuais.
  • Os dados no critério ajustado excluem o efeito da linearização dos aluguéis, a participação da companhia na Infracommerce e o resultado do swap de ações.
  • receita líquida ajustada da Iguatemi totalizou R$ 330 milhões no trimestre, alta de 8,7%. A receita de shoppings (aluguéis e estacionamento) aumentou 9,8%, para R$ 335,1 milhões, enquanto a receita de varejo (lojas físicas e marketplace) tiveram alta de 2%, para R$ 46,9 milhões.
  • Os custos e despesas consolidados caíram 19% no quarto trimestre, para R$ 98 milhões, devido, principalmente, ao enxugamento do quadro de funcionários do Iguatemi 365, que terceirizou a parte de TI para a Infracommerce.

Petrobras (PETR4) quer dividir gestão da Braskem (BRKM5) com novo sócio, diz Prates

  • O presidente da Petrobras (PETR4), Jean Paul Prates, voltou a manifestar nesta terça-feira (20) interesse da companhia em dividir a gestão da petroquímica Braskem (BRKM5).
  • A petrolífera detém 36,1% do capital total da petroquímica. Já a Novonor (ex-Odebrecht) tem 38,3% do capital. A Novonor se encontra em recuperação judicial e precisa vender sua parte na Braskem para pagar dívidas estimadas em cerca de R$ 15 bilhões.
  • Segundo Prates, a Petrobras, neste momento, é uma observadora do processo, não sendo vendedora ou compradora da parte da Novonor.
  • “Nós estamos observando o processo e tentando, em algumas conversas, paralelamente, sem influenciar o processo, conhecer quais são os potenciais parceiros que poderão ser nossos sócios, em igualdade de condições no novo arranjo societário”, disse.
  • Na semana passada, em visita à Índia e ao Oriente Médio, Prates reuniu-se com a Abu Dhabi National Oil Company (Adnoc), empresa interessada em ingressar no controle acionário da Braskem.
  • “A conversa com a Adnoc é uma conversa geral com a Petrobras sobre várias coisas, inclusive a petroquímica. E aí entra a Braskem, porque eles fizeram uma proposta pela Braskem. Mas é uma conversa de futuro. São conversas, realmente, de alto nível com muita inteligência, voltada para o futuro”, afirmou, acrescentando que cabe à Novonor falar publicamente sobre negociações.
  • O presidente da petrolífera reconhece que a Petrobras pode ser um elemento decisivo para um desfecho do negócio, porém não pretende exercer o direito de preferência, e sim ter um novo sócio.

Petz (PETZ3) dispara 10% após CEO comprar mais ações

  • As ações da Petz (PETZ3) sobem 10,32% por volta das 12h30 desta terça-feira (20), após o fundador e CEO, Sergio Zimerman, comunicar que aumentou sua participação societária na empresa.
  • Conforme detalhado pela companhia, o CEO da Petz ultrapassou o patamar de 10% envolvendo instrumentos derivativos referenciados em ações da varejista, de liquidação exclusivamente financeira.
  • Com isso, Zimerman detém, direta e indiretamente, 133.415.975 ações ordinárias – negociadas sob o ticker PETZ3.
  • Esse volume representa aproximadamente 28,8% do capital social da empresa. Além disso, o CEO da companhia detém 22.343.600 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações ordinárias de emissão da Petz, de liquidação física, que potencialmente podem aumentar a participação para aproximadamente 2,4% do total do capital social da companhia.
  • Por fim, Zimerman também possui 110.800.000 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações ordinárias, de liquidação exclusivamente financeira, que potencialmente podem aumentar a participação para aproximadamente 11,4% do total do capital social da Petz.
  • Conforme a empresa, esse aumento de participação do executivo na empresa é estritamente de investimento, sem visar alteração do controle ou uma mudança drástica na estrutura societária.

Da Weg à Gerdau, essas foram as empresas que se destacaram hoje. Para ler todas as matérias clique aqui.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vanessa Loiola

Compartilhe sua opinião