S&P 500 expande ganhos após renovar topo histórico

S&P 500 expande ganhos após renovar topo histórico
Foto: Pixabay.

Após renovar sua máxima na véspera, o S&P 500 expande os ganhos e caminha para encerrar a terceira semana consecutiva no azul. O maior índice acionário norte-americano recebeu de forma positiva os dados de inflação divulgados na última quinta-feira (10).

Por volta das 8h40 desta sexta-feira (11), o S&P 500 subia 0,16%, para 4.244,62 pontos. A Nasdaq, por sua vez, avançava 0,20%, a 13.987,75 pontos. O aumento de preços generalizado na economia nos Estados Unidos avançou 0,6% de abril para maio, e acumula uma alta de 5% nos últimos 12 meses.

Essa é a maior marca para o intervalo de um ano desde 2008, quando o país passava pela crise do subprime. O resultado ficou acima das estimativas compiladas pela Refinitiv. Entretanto, os investidores, que temem as pressões inflacionárias desde o início deste ano, passam a projetar que a tendência pode ser temporária.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O aumento dos preços foi acentuado pelo descasamento de oferta e demanda da reabertura da economia, enquanto a alta de serviços se deve principalmente a transportes. Com isso, é esperado que essa tendência seja arrefecida ao longo do ano.

O Federal Reserve (Fed) tem dito que os sinais inflacionários estão dentro do controle e que a inflação ainda não incomoda. O BC estadunidense dá indícios de que os estímulos à economia dependem principalmente da melhor no mercado de trabalho, que ainda mantém uma taxa de desemprego alta em relação ao pré-pandemia.

“Apesar da discussão sobre a leitura dos dados inflacionários, os mercados apresentam desempenho positivo — somado à queda das Treasuries, que pelo terceiro dia consecutivo estão abaixo dos 1,5%”, comenta o economista do Banco BV, Roberto Padovani. “Isso é sinal da manutenção das perspectivas de crescimento e de liquidez no mercado.”

Dados sobre as perspectivas da economia serão revelados com a pesquisa de opinião do consumidor da Universidade de Michigan, que será divulgado às 12h (horário de Brasília).

O petróleo bruto WTI opera em alta de 0,7%, para US$ 71 o barril. Já os futuros do ouro caíram 0,2%, para US$ 1.892 a onça troy.

S&P 500 e as bolsas mundiais

Confira o desempenho das principais bolsas mundiais por volta das 9h:

  • S&P 500 futuro: +0,13%
  • Nasdaq futuro: +0,13%
  • DAX 30 (Alemanha): -0,04%
  • FTSE 100 (Inglaterra): +0,20%
  • Euro Stoxx 50: -0,12%
  • SSE Composite (Xangai): +0,54% (fechada)
  • Nikkei 225 (Japão): +0,34% (fechada)

Os mercados abriram junho de forma estável, buscando dar continuidade aos ganhos dos últimos quatro meses. O S&P 500 e os mercados internacionais, todavia, digerem o desdobramento dos gastos do governo estadunidense e a recuperação econômica em meio à pandemia.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião