S&P 500 futuro avança com recuperação do preço do petróleo

S&P 500 futuro avança com recuperação do preço do petróleo
S&P 500. Foto: Pixabay

O S&P 500 futuro opera em alta na manhã desta quarta-feira (15), procurando retomar o viés positivo dos mercados. O maior índice acionário da Bolsa norte-americana caiu em cinco dos últimos seis pregões, com a percepção de que a recuperação econômica pode ser arrefecida.

Por volta das 9h50, o S&P 500 avançava 0,11%, para 4.457,30 pontos. A Nasdaq, por sua vez, subia 0,18%, para 15.411,00 pontos.

O mercado acionário tem caído em setembro em meio a temores de que os investidores estão esperando uma retração econômica, após avançar de forma intensa nos primeiros meses do ano.

Além disso, alguns valuations esticados também pesam sobre as companhias. A disseminação da variante Delta, a desaceleração econômica na China e as dificuldades na cadeia de suprimentos, afetando a relação entre oferta e demanda e, consequentemente, pressionando a inflação, também assombram os mercados.

Os preços do petróleo tiveram forte alta nos últimos dias, movimento impulsionado em parte pela interrupção da produção causada pelo furacão Ida, nos Estados Unidos.

As cotações futuras do barril do tipo Brent, sobem 1,73% nesta quarta, para US$ 74,53.

Mais de 39% da produção de petróleo no Golfo do México e 48% da produção de gás ficaram fora de operação ontem, segundo o Bureau de Segurança e Fiscalização Ambiental.

Os mercados da China e Hong Kong voltaram a cair após dados mostraram que o crescimento em uma série de indicadores econômicos chineses recuou no mês passado. Um surto do coronavírus e regulamentações imobiliárias mais intensa afetaram os gastos dos consumidores e o setor habitacional no mês.

“Dados de varejo e industrial na China vieram mais fracos do que o esperado, reforçando a preocupação dos últimos dias de uma acomodação do crescimento global”, diz Roberto Padovani, economista do BV. “Essa percepção ocorre mesmo com a inflação mais forte na Inglaterra. Esse tema continuará no radar.”

S&P 500 e as Bolsas mundiais

Confira o desempenho das principais bolsas mundiais por volta das 9h57:

Os mercados internacionais figuram em setembro com alta volatilidade, com as preocupações que rondam o âmbito econômico. O S&P 500 e as Bolsas ainda digerem o desdobramento das pressões inflacionárias norte-americanas e a retirada de estímulos mundo afora.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!