Radar: Vale (VALE3) atualiza valor por ação em dividendos, Hypera (HYPE3) paga JCP e Multiplan (MULT3) emitirá debêntures

Radar: Vale (VALE3) atualiza valor por ação em dividendos, Hypera (HYPE3) paga JCP e Multiplan (MULT3) emitirá debêntures
Vale (VALE3). Foto: Ricardo Teles / Divulgação Vale

A mineradora Vale (VALE3) anunciou que o valor final dos dividendos por ação anunciados na última semana subiram de R$ 8,1083 para R$ 8,197239442.

A Vale explicou que a alteração no valor por ação de seus dividendos aconteceu porque o número de ações da Vale em circulação mudou devido ao programa de recompra anunciado no início de abril.

A mineradora já havia informado que o valor dos dividendos por ação poderia sofrer uma pequena alteração devido a esse programa de recompra.

Nesse cenário, apenas o valor por ação sofreu alteração. O total dos dividendos da Vale continua sendo de R$ 40,2 bilhões.

Veja outras notícias que ficaram no radar nesta quarta-feira:

Modalmais (MODL11) pagará R$ 15,99 milhões em JCP

  • O banco Modalmais (MODL11) anunciou o pagamento de R$ 15.999.605,29 em juros sobre capital próprio (JCP).
  • Descontando o imposto de renda retido na fonte à alíquota de 15%, o montante total dos JCP do Modalmais passa para R$ 13.599.664,50.
  • O valor líquido corresponde a pouco mais de R$ 0,0197 por ação do Modalmais e R$ 0,0591 por unit.
  • Contudo, o valor dos JCP por ação poderá sofrer uma pequena alteração devido ao programa de recompras.
  • O pagamento dos JCP acontecerá a partir do dia 7 de outubro desse ano;
  • Apenas os investidores com ações do Modalmais ao final do pregão de 27 de setembro receberão os proventos.
  • Esses juros sobre capital próprio serão imputados aos dividendos obrigatórios a serem distribuídos pela companhia referentes ao exercício de 2021.

NotreDame Intermédica (GNDI3): Bain fará block trade para vender até 50% da posição, diz site

  • A Bain Capital deve realizar na quinta-feira (23) um block trade para vender de um terço a metade da participação restante na NotreDame Intermédica (GNDI3). A informação é do Brazil Journal.
  • O grupo de private equity tem 11,19% da NotreDame Intermédica, o equivalente a cerca de 68,8 milhões de ações.
  • Fontes disseram ao site que, caso a demanda seja robusta, a Bain Capital zerará a posição na operadora de saúde.
  • A ação da NotreDame Intermédica liderou as maiores baixas do Ibovespa nesta quarta-feira (22), com um recuo de 3,88%, chegando a R$ 79,57.

Hypera (HYPE3) anuncia pagamento de R$ 194,77 milhões em JCP

  • A Hypera (HYPE3) aprovou a distribuição de R$ 194.774.054,47 em JCP.
  • O montante total corresponde a pouco mais de R$ 0,30808 por ação da Hypera, sem considerar a retenção de imposto de renda na fonte à alíquota de 15%.
  • O montante líquido dosjuros sobre capital próprio da Hypera será imputado ao montante total de dividendos para o exercício social de 2021.
  • A data de pagamento dos JCP da Hypera ainda não foi definida, mas a companhia adiantou que acontecerá até o final do exercício social de 2022.
  • Contudo, apenas os investidores que tiverem ações da farmacêutica ao final do pregão de 27 de setembro terão direito de receber a remuneração.

FII MXRF11 mantém estratégia de reciclagem da carteira de CRIs e investe em mais permutas

  • O MXRF11 divulgou seu relatório gerencial de agosto e sinalizou que sua estratégia de reciclagem do portfólio de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) continua a todo vapor
  • O documento também destaca o crescimento no número de cotistas, que chegou a 441,5 mil no período.
  • Sobre a carteira de CRIs, o relatório do Maxi Renda destaca as alienações dos CRIs Dasa, WAM São Pedro, Fibra Experts e General Shopping FII, somando um valor total de R$ 81,12 milhões ao MXRF11 em agosto.
  • Houve ainda os resgates antecipados facultativos dos CRIs WAM Praias e HM Engenharia.
  • “Com as operações realizadas pelo time da gestão durante o mês o fundo encerrou agosto com ganho de capital de aproximadamente R$ 4,95 milhões”, diz relatório.

Multiplan (MULT3) emitirá R$ 450 milhões em debêntures simples

  • O conselho de administração Multiplan (MULT3) aprovou a emissão de R$ 450 milhões em Debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única.
  • A Multiplan emitirá 450 mil debêntures com valor nominal unitário de R$ 1.000.
  • Essa é a décima emissão de debêntures da empresa de shoppings.
  • A distribuição será pública com esforços restritos de distribuição.
  • A data da emissão das debêntures será 15 de outubro desse ano, o o prazo será de 7 anos, contados a partir da data de emissão. Portanto, os títulos vencem em outubro de 2028.
  • Segundo a Multiplan, o valor nominal unitário das debêntures será amortizado em 3 parcelas anuais e sucessivas.
  • sobre o valor nominal unitário das debêntures, incidirão juros remuneratórios correspondentes a 100% da variação das taxas médias diárias dos Depósitos Interfinanceiros (DI), mais uma sobretaxa cujo percentual será definido através do procedimento de bookbuilding.
  • A remuneração será paga semestralmente no dia 15 dos meses de abril e outubro de cada ano, sendo o primeiro pagamento em 15 de abril de 2022.
  • O montante levantado com a oferta será usado para o pagamento de despesas gerais e dívidas de curto e longo prazo, investimentos, e gestão do seu fluxo de caixa ou de suas controladas.

Da Vale à Multiplan, essas foram as empresas que se destacaram hoje. Para ler todas as matérias clique aqui.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!