Radar: Santander (SANB11) adquire controle de startup, Eletrobras (ELET3) conclui venda e Suzano (SUZB3) emitirá bonds

Radar: Santander (SANB11) adquire controle de startup, Eletrobras (ELET3) conclui venda e Suzano (SUZB3) emitirá bonds
Santander (SANB11). Foto divulgação

O Santander Brasil (SANB11) adquiriu 90% de participação na startup do setor imobiliário Apê11.

A aquisição faz parte da estratégia do Santander de ampliar seus negócios imobiliários e oferecer um ecossistema completo para seus clientes em plataforma única.

A imobiliária online Apê11 funciona como um marketplace, que conecta vendedores de imóveis residenciais a possíveis compradores. O Santander não divulgou o valor da aquisição – comunicou apenas que o acordo envolve compra de ações e aumento de capital.

O marketplace usa tecnologia para digitalizar o processo de compra de casas e apartamentos, com uso de big data e inteligência artificial para ajudar corretores de imóveis.

A transação está sujeita à aprovação das autoridades competentes.

Veja outras notícias que ficaram no radar nesta quinta-feira:

Eletrobras (ELET3): Eletronorte conclui venda de 49% da NBTE por R$ 700 mi

  • A Eletronorte, subsidiária da Eletrobras (ELET3), concluiu a venda da totalidade de sua participação de 49% na Norte Brasil Transmissora de Energia (NBTE) para a Leovac, da Ontario Teachers’ Pension Plan Board (OTPP).
  • A Eletronorte receberá R$ 700 milhões pelo contrato de compra e venda de ações, referenciado a 31 de dezembro de 2020.
  • O valor da participação na NBTE contabilmente registrado em 31 de março de 2021 era de R$ 806 milhões.
  • A operação está no escopo da iniciativa de racionalização das participações societárias da Eletrobras, nos termos do Plano Diretor de Negócios e Gestão 2021-2015, destacou a estatal elétrica.
  • A venda será concluída após a obtenção das aprovações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e credores, além da realização do pagamento e da transferência das ações no Livro de Registro e Transferência de Ações da NBTE.

Suzano (SUZB3) emitirá bonds sustentáveis no valor de US$ 500 mi

  • A Suzano (SUZB3) confirmou  a emissão de bonds sustentáveis com valor principal de US$ 500 milhões pela sua subsidiária Suzano Austria.
  • os títulos têm taxa de 2,70% ao ano e cupom de 2,50% ao anos, pagos semestralmente, nos dias 15 dos meses de março e setembro de cada ano, a partir de 15 de março de 2022 e com vencimento em 15 de setembro de 2028.
  • A liquidação da operação está prevista para 13 de setembro deste ano.
  • Os bonds constituirão obrigações sênior e contarão com garantia integral da companhia.
  • A Suzano pretende destinar os recursos oriundos da oferta para fins corporativos gerais e refinanciamento de dívidas.
  • Os títulos de dívida se caracterizam como sustainability-linked bonds

EDP Brasil (ENBR3): gestora ligada à 3G, de Lemann, eleva posição na elétrica

  • A 3G Radar, gestora de recursos ligada à private equity dos bilionários Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira, aumentou sua participação na EDP Brasil (ENBR3) para 5,01%.
  • A gestora ligada à 3G Capital elevou sua posição para 30.424.100 ações ordinárias de emissão da EDP Brasil.
  • , a 3G Radar declarou que não há qualquer acordo ou contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da companhia  e que a alteração momentânea de participação societária não objetivou, de qualquer forma, alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa.
  • A fatia das ações da EDP Brasil detidas pela gestora representa um montante de R$ 550,372 milhões, conforme dados do fechamento desta quinta-feira.

Petrobras (PETR4) conclui termo de compromisso de R$ 1,27 bi com a Petros para migração de planos

  • A Petrobras (PETR4) concluiu a quitação do Termo de Compromisso celebrado com a Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros) no valor atualizado de R$ 1,27 bilhão.
  • O termo é referente ao processo de migração dos Planos Petros do Sistema Petrobras Repactuados (PPSP-R) e Não Repactuados (PPSP-NR) para o Plano Petros-3 (PP-3).
  • O início do Plano Petros-3 foi em 1 de agosto desse ano.
  • A estatal petrolífera explica que “o plano foi uma opção exclusiva para migração voluntária e pontual dos participantes e assistidos do PPSP-R e PPSP-NR, ambos pós-70. O PP-3 é uma alternativa de previdência complementar na modalidade de contribuição definida.”

BRF (BRFS3) venderá produtos no marketplace do Magazine Luiza (MGLU3)

  • A BRF (BRFS3) irá vender seus produtos no marketplace do Magazine Luiza (MGLU3).
  • “Serão 100 produtos das marcas Sadia, Perdigão, como pratos prontos, embutidos, suínos, frios, snacks, margarinas, aves, vegetais, sobremesas, lanches e empanados, com destaque para as linhas Livre&Lev e Veg&Tal”, explica a BRF.
  • As operações serão iniciadas já neste mês e a distribuição será feita pela própria BRF.
  • Conforme a BRF, a expectativa é de chegar a 500 itens disponíveis na plataforma do Magazine Luiza, que serão vendidos inicialmente para a cidade de São Paulo. Mas a ideia é expandir para outras capitais do País.

Pátria Investimentos anuncia fusão com o Moneda e chega a R$ 135 bi sob gestão; ações disparam na Nasdaq

  • O Pátria Investmentos (NASDAQ: PAX), uma das maiores empresas do ramo de private equity da América Latina, anunciou fusão com o Moneda Asset Management.
  • A Moneda Asset Management é uma gestora chilena com cerca e R$ 35 bilhões sob sua tutela – valor que deve saltar para cerca de R$ 135 bilhões com a união.
  • A expectativa é de que a fusão entre o Pátria e a gestora Moneda ocorra até o fim do ano, gerando pagamento de US$ 315 milhões aos sócios da chilena, US$ 128 milhões em dinheiro e US$ 187 milhões em ações classe B do Pátria.
  • Há valores adicionais a serem pagos após o fechamento do negócio, sujeitos a métricas de retenção dos parceiros da Moneda.
  • Está previsto ainda um eranout (pagamento potencial) após 2023, em uma combinação de dinheiro e ações classe A do Pátria.

Do Santander à Pátria Investimentos, essas foram as empresas que se destacaram hoje. Para ler todas as matérias clique aqui.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!