AGENDA

Eletrobras (ELET3): PSDB e Podemos orientam voto contrário à MP de privatização

Eletrobras (ELET3): PSDB e Podemos orientam voto contrário à MP de privatização
O Senador Álvaro Dias orientou voto contra a MP da Eletrobras, citando que a medida "reúne o que há de pior" - Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O líder do PSDB no Senado, Izalci Lucas (DF), afirmou que o partido irá se opor ao parecer recém dado pelo senador Marcos Rogério (DEM-RO), relator da Medida Provisória (MP) que trata da privatização da Eletrobras (ELET3). O parlamentar afirmou que defende a redução do papel do Estado na economia, mas que isso “não pode ser feito de qualquer maneira”.

“Não dá numa medida provisória, não dá tempo, não sabe os impactos, cada um fala uma coisa. Não sou especialista em matéria de eletricidade, de matriz econômica energética, mas imagina discutir isso em uma MP. Minha consciência não está à venda, meu mandato nunca esteve e não estará à venda. Vou votar contra essa matéria“, afirmou o líder do PSDB, acerca da Eletrobras.

O líder do Podemos, senador Álvaro Dias (PR), também orientou a bancada do partido a votar contra a Medida Provisória da Eletrobras.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Capitalizar Eletrobras é fundamental, mas não com todos esses equívocos”, disse, em referência aos temas estranhos ao texto original da proposta, conhecidos como “jabutis”.

Álvaro Dias disse que o texto tem “inconstitucionalidades flagrantes”, uma vez que os jabutis, que aumentam os custos para o consumidor, foram incluídos de forma que a redação impede o governo de vetar a proposta se quiser dar andamento à capitalização da estatal.

“Cabe Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) ao Supremo Tribunal Federal (STF)”, disse o senador. Para ele, o texto reúne o que há de pior. “Rifa uma empresa estratégica, como um liberal, e impede a concorrência, como sociedade.”

Cotação de ELET3

Atualmente, às 15h30 do pregão desta quinta-feira (17), os papéis da Eletrobras apresentam queda de 3,69% no intradia, cotadas a R$ 43,31. No acumulado semana, a queda é de 3,87%.

Com informações do Estadão Conteúdo

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião