Semana do Fiagro

Magazine Luiza (MGLU3) fecha em alta de 8,4% e lidera ganhos do Ibovespa; veja por quê

Magazine Luiza (MGLU3) fecha em alta de 8,4% e lidera ganhos do Ibovespa; veja por quê
Magazine Luiza. Foto: Divulgação

As ações do Magazine Luiza (MGLU3) lideram as altas do Ibovespa na tarde desta segunda-feira (20). Os papéis do Magalu fecharam em alta de 8,4% com o recuo dos juros futuros, que impulsionam o setor de consumo e varejo.

Por volta das 16h, as ações do Magazine Luiza tinham alta de 8,4%, negociada a R$ 2,60. Nos últimos 12 meses, o Magalu acumula uma queda de 87,76%. Só em junho, a queda é de 29,92%.

Foto: Status Invest
Foto: Status Invest

Embora não haja alterações na conjuntura macroeconômica, os especialistas apontam que a procura por essa e outras ações do setor ocorre porque os investidores estão aproveitando a forte desvalorização recente para fazer posição, em meio a um recuo dos juros futuros, o que impulsiona o consumo e o varejo.

Para se ter uma base, os juros futuros (DI) para janeiro de 2023 apresentavam queda de 0,36603% e para fevereiro de 2023, recuo de 0,43892%.

Outras varejistas também surfam na onda do Magazine Luiza e também apresentam alta. A Via (VIIA3) sobe 2,71%, negociada a R$ 2,27, a Americanas (AMER3) tem leve alta de 0,59%, cotada a R$ 13,61.

Apesar dos investidores estarem de olho nas ações do Magalu com o momento de baixa, a XP divulgou um relatório na semana passada informando que comprar as ações da varejista hoje é “pegar a faca caindo”.

Isso porque, para os analistas da corretora, ainda há um cenário desafiador à frente para o segmento de varejo como um todo.

“Apesar da forte queda do setor, não recomendamos compra dos papéis de e-commerce por esperarmos uma dinâmica macro bastante desafiadora pela frente, tanto do ponto de vista de inflação (que deve se manter próxima a patamar de duplo dígito ao longo do ano) como de taxa de juros (com pelo menos mais uma alta esperada no Brasil e um ciclo ainda por vir nos EUA)”, diz o relatório da XP.

Última cotação do Magazine Luiza

No último pregão, sexta-feira (17), o Magazine Luiza caiu 6,67%, negociado a R$ 2,38.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO