IFIX recua 0,38%, RBRP11 sobe e CPTS11 é destaque de baixa; BCFF11 recebe quase R$ 2,5 milhões

O IFIX, principal índice de fundos imobiliários da Bolsa de Valores brasileira (B3), encerrou a sessão desta segunda-feira (23) em queda de 0,38%, aos 2.815,86 pontos, após oscilar entre 2.831,51 e 2.813,42 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

A cotação do IFIX se mantém em tendência de baixa desde o início do ano. Dos 16 pregões realizados em 2023, 10 fecharam em queda, 1 foi estável e outros 5 terminaram em alta.

O fundo que mais se valorizou na sessão de hoje foi o BARI11. Na última sexta-feira (20), o FII divulgou seu relatório gerencial de dezembro, reportando um resultado mensal de R$ 3,556 milhões.

Referente a esse resultado, o fundo distribuiu R$ 0,90 por cota em dividendos, acumulando a distribuição de R$ 13,80 por cota nos últimos 12 meses.

Considerando o valor de fechamento da cota de dezembro, a distribuição mensal anualizada representa um retorno de 13,05%. A distribuição acumulada representa um retorno de 14,82% em 12 meses.

Outro destaque de alta do IFIX hoje foi o ARCT11, que subiu 3,04%. Além disso, também se destacaram BTRA11, RBRP11 e BLMG11.

No campo negativo, a principal baixa da sessão foi do fundo TORD11, que desvalorizou 3,15%. Também foram destaques negativos os FIIs HSAF11, CVBI11, CPTS11 e SNFF11.

Maiores altas do IFIX

As 5 maiores altas do IFIX foram:

  • BARI11: +3,53%
  • ARCT11: +3,04%
  • BTRA11: +1,86%
  • RBRP11: +1,54%
  • BLMG11: +0,89%

Maiores baixas do IFIX

As 5 maiores quedas dos IFIX foram:

  • TORD11: -3,15%
  • HSAF11: -1,98%
  • CVBI11: -1,92%
  • CPTS11: -1,88%
  • SNFF11: -1,76%

BCFF11 recebe quase R$ 2,5 milhões; Veja os motivos

O fundo imobiliário BCFF11 anunciou nesta sexta-feira (23) o recebimento de cerca de R$ 2,467 milhões.

O valor recebido pelo FII BCFF11 se refere ao deferimento dos pedidos de restituição de imposto de renda sobre o lucro auferido em alienações de cotas de fundos imobiliários apurados entre os anos de 2019 e 2020.

Essa quantia representa o equivalente a aproximadamente R$ 0,10 por cota, que serão distribuídos aos investidores conforme legislação aplicável.

O fundo BCFF11 informou que, considerando que a decisão que autorizou a referida restituição ainda pode ser objeto de revisão pelas autoridades fiscais, o valor recebido pelo FII será retido e alocado em ativos de maior liquidez pelo prazo de 5 anos.

Assim, o fundo acumula um total de R$ 6,335 milhões já recebidos a título dos pedidos de restituição de imposto de renda sobre o lucro auferido em alienações de cotas de FIIs, que representa o equivalente a R$ 0,25 por cota, que serão revertidos para a distribuição de resultados do FII.

Cotação do IFIX nesta sexta (20)

O IFIX encerrou a sessão desta sexta-feira (20) em alta de 0,06%, aos 2.826,67 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-1420x240-4.png

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião