Ibovespa fecha em alta de 2,21% em dia de alívio no exterior

Ibovespa fecha em alta de 2,21% em dia de alívio no exterior
O Ibovespa hoje encerrou em alta acompanhando as bolas internacionais

O Ibovespa hoje encerrou o pregão desta segunda-feira (5) em alta de 2,21%, a 96.089,19 pontos, seguindo o movimento positivo das bolsas no exterior.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Após um setembro avermelhado, emendando o segundo mês consecutivo de queda, o Ibovespa abriu o primeira segunda-feira de outubro em forte alta, acompanhando os mercados internacionais mais aliviados com as notícias de recuperação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, após contrair covid-19 em meio à corrida presidencial.

Ainda nos Estados Unidos, as expectativas de que os congressistas norte-americanos aprovem mais estímulos à economia do país também ajudaram na manutenção do ambiente positivo neste início de semana.

Conheça o Suno One, a central gratuita de informações da Suno para quem quer aprender a investir. Acesse clicando aqui.

Além disso, confira as notícias que movimentaram o mercado de capitais brasileiro:

  • Petrobras deve concluir venda de Baúna neste mês
  • Via Varejo demonstra interesse em ativos da Livraria Saraiva, diz revista
  • Minerva anuncia programa de recompra de ações
  • Demanda da Gol cai 71,5% no terceiro trimestre

Petrobras deve concluir venda de Baúna em outubro

A Karoon informou que a venda do campo de Baúna, controlado pela Petrobras (PETR3; PETR4), deve ser finalizada na segunda parte do mês de outubro.

O contrato de venda do campo da Petrobras, no pós-sal da Bacia de Santos, para a petroleira australiana foi fechado no ano passado, por cerca de US$ 665 milhões. A venda estava prevista para ser finalizada em setembro. O valor foi dividido em duas parcelas.

Via Varejo interessada ativos da Livraria Saraiva

A Via Varejo (VVAR3) demonstrou interesse em comprar ativos da Livraria Saraiva (SLED4; SLED3), atualmente em recuperação judicial, de acordo com uma petição protocolada pelos advogados da Saraiva. As informações são do “Radar Econômico” da revista “Veja”.

A varejista teria interesse no centro de distribuição da livraria Saraiva. De acordo com a Via Varejo, seu maior objetivo é conseguir os equipamentos do centro de distribuição da empresa que se encontra em recuperação judicial. Vale destacar que qualquer negócio que a Saraiva queira fazer necessita de um aval da Justiça.

Recompra de ações da Minerva

A Minerva (BEEF3) comunicou que seu Conselho de Administração aprovou um programa de recompra de ações, de até 20 milhões de papéis de emissão da empresa.

O programa terá duração de 18 meses, com início nesta segunda-feira e previsto para ser encerrado no dia 4 de abril de 2022. Serão aplicados lucros ou reservas disponíveis da empresa para a aquisição dos papéis. O volume de ações passíveis de serem recompradas é equivalente a cerca de 3,65% do total de ações da empresa.

“O principal objetivo da companhia na execução do Programa de Recompra é incrementar a geração de valor para seus acionistas em razão do desconto atual das ações no mercado, por meio da aplicação de recursos disponíveis na aquisição das ações em bolsa de valores”, salientou a empresa.

Demanda da Gol cai 71,5% no 3T20

A Gol (GOLL4) registrou uma queda de 71,5% n a demanda por seus voos (RPKs, na sigla em inglês) no terceiro trimestre de 2020, na comparação com o mesmo período do ano passado.

A oferta de assentos (ASKs) também caiu, em 70,2% frente a 2019. Por outro lado, em setembro, a demanda pelos voos da aérea teve alta de 36% em relação a agosto, e a oferta aumentou em 35%.

A demanda em setembro foi 60,6% menor do que no mesmo período de 2019, e a oferta de assentos teve queda de 60%. Segundo informou a Gol, os números foram impactados pelas operações internacionais. Isso porque a Gol não tem realizado voos para fora do Brasil.

Bolsas no exterior

  • Nova York (S&P 500): +1,80% – 3.408,62
  • Nova York (Dow Jones): +1,68% – 28.148,64
  • Nova York (Nasdaq): +3,32% – 11.332,48
  • Frankfurt (DAX 30): +1,10% – 12.828,31
  • Reino Unido (FTSE 100): +0,69%% – 5.942,94
  • Paris (CAC 40): +0,97% – 4.871,87
  • Itália (FTSE MIB): +1,06% – 19.265,51
  • Xangai (SSEC): -0,20% – 3.218,05
  • Hong Kong (Hang Seng): +1,32% – 23.767,78
  • Japão (Nikkei 225 ): +1,23% – 23.312,14

Última cotação do Ibovespa

De forma distinta ao Ibovespa hoje, o índice acionário encerrou as negociações na última sexta-feira com uma queda de 1,26%, a 94.271,277 pontos.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!