Ibovespa abre em queda após fechar em alta em dois dias consecutivos

Ibovespa abre em queda após fechar em alta em dois dias consecutivos
As bolsas mundiais operam em forte alta nesta segunda-feira (9), no primeiro dia de negociações após a vitória de Joe Biden.

O Ibovespa iniciou a sexta-feira (04) com baixa na B3 (BM&F Bovespa). Às 10h08 a pontuação era de 91.478,84 e a queda de 0,09%.

Na noite de quinta-feira (03), o Ibovespa fechou com a segunda subida consecutiva, fechando acima com 91.564,25 pontos e alta de 0,61%.

Saiba mais – Dólar oscila pouco e abre em queda nesta sexta-feira 

Cenário Interno

CEO da Petrobras: o novo presidente-executivo da Petrobras, Roberto Castello Branco, assumiu ontem o cargo. Dentre as prioridades de sua gestão, Castello Branco listou a gestão do portfólio, a minimização dos custos de capital, a busca por redução de custos, a meritocracia e a segurança do trabalho e meio ambiente.

Saiba mais – Subsídios a combustíveis acabarão, diz novo presidente da Petrobras 

Cenário Externo

Bolsas mundiais: à exceção da Bolsa do Japão, as bolsas asiáticas fecharam em alta com o mercado demonstrando alívio perante a possibilidade de encerramento da guerra comercial. A reunião entre os ministros da China e dos EUA, que ocorrerá na próxima semana, é aguardada com bons olhos pelo mercado. As bolsas europeias também desfrutam do otimismo.

EUA: serão divulgados hoje os dados do mercado de trabalho norte-americano em dezembro. Posteriormente, o presidente do Federal Reserve (FED) Jerome Powell fará um pronunciamento.

O Ibovespa fechou acima dos 90.000 pontos nas duas sessões que ocorreram até agora em 2019.

Amanda Gushiken

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO