Proventos bilionários

Grupo Soma (SOMA3) aprova recompra de 10% das ações em circulação

Grupo Soma (SOMA3) aprova recompra de 10% das ações em circulação
Farm do Grupo Soma (SOMA3). Foto: Divulgação.

O Grupo Soma (SOMA3) anunciou nesta segunda-feira (10) ter aprovado o programa de recompra de ações da companhia. Segundo o comunicado, o objetivo do programa é “maximizar a geração de valor para o acionista por meio de uma gestão eficiente da estrutura de capital“.

Ao todo, o Grupo Soma deve adquirir até 44 milhões de ações ordinárias: o equivalente a 5,61% do total de ações emitidas e 10% das ações em circulação. Para o programa de recompra, a companhia reservou R$ 3,06 bilhões de reservas da empresa e resultado do exercício em curso.

As ações deverão ser adquiridas pelo preço de mercado nas datas de aquisição durante o prazo do programa, que tem duração de 18 meses, de 7 de janeiro de 2022 a 7 de julho de 2023.

“Cabe à diretoria da companhia decidir o momento e a quantidade de ações a serem adquiridas seja em uma única operação ou em uma série de operações”, destaca o comunicado.

O Grupo Soma também informou que a execução do programa de recompra não afeta a capacidade de pagamento das obrigações assumidas, nem o pagamento do dividendo mínimo obrigatório. “A companhia possui uma posição de liquidez confortável”, comunicou.

Histórico do Grupo Soma

No ano passado, o Grupo Soma movimentou um montante de R$ 883,4 milhões com a oferta subsequente de ações (follow on). Os recursos foram usados para a compra e fusão com a Hering, que havia sido anunciada em abril.

Em agosto, o diretor e membro do conselho de administração do grupo, Marcello Ribeiro Bastos, fechou acordo na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para encerrar processo na autarquia. O executivo se comprometeu a pagar R$ 1,383 milhão depois de aceitar proposta para encerrar o processo aberto pela CVM.

No fim do ano passado, o grupo negou que estivesse analisando a venda da companhia à Arezzo (ARZZ3).

Nesta segunda-feira (10), as ações do Grupo Soma são negociadas a R$ 10,27, e acumulam uma queda de 2,19% no dia.

 

 

 

Pedro Caramuru

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO