Fleury (FLRY3) compra laboratório catarinense por R$ 69,9 milhões

O Fleury (FLRY3) comprou, por R$ 69,8 milhões, o tradicional laboratório São Lucas Centro de Diagnóstico, que fica localizado em Santa Catarina. A clínica catarinense oferece serviços de diagnósticos por imagem e análises clínicas na região há 60 anos. As informações foram divulgadas ao mercado pela empresa nesta segunda-feira (22).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Trata-se da sua primeira aquisição após a fusão com o Hermes Pardini, em março do ano passado. No comunicado, o Fleury diz que a receita bruta do laboratório São Lucas alcançou R$ 47,1 milhões nos últimos 12 meses encerrados em 30 de setembro de 2023. Afirmou também que a marca São Lucas será mantida dentro da companhia, que é dona de 41 bandeiras de laboratórios de medicina diagnóstica.

A aquisição do São Lucas marca a entrada do Grupo Fleury no segmento Business to Consumer (B2C) em Santa Catarina, na mesma cidade onde já opera no segmento Business to Business (B2B) com base técnica proveniente do Grupo Pardini. B2C se refere a empresas que fornecem produtos ou serviços diretamente aos consumidores finais, em oposição a B2B, sobre empresas que vendem produtos ou serviços para outras empresas.

A companhia ressalta que a conclusão da aquisição está sujeita a certas condições prévias, mas não disse quais seriam elas. A operação não precisa ser submetida ao Conselho de Administração de Defesa Econômica (Cade) devido ao seu valor cujos recursos estão saindo do caixa do Fleury.

Por fim, o Fleury afirmou em comunicado que a aquisição não requer deliberação em assembleia da companhia nem concede direito de recesso aos acionistas. Atualmente, a empresa está presente em 14 Estados com unidades de atendimento. No negócio de prestação de serviços, a Fleury processa exames para 7 mil laboratórios no país.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Lucro do Fleury sobe 162,6% e chega a R$ 81,3 milhões no 4T23

No balanço da Fleury no quarto trimestre do ano passado, a empresa reportou um lucro líquido de R$ 81,3 milhões. Esse valor representa um aumento de 162,6% em comparação ao mesmo período de 2022.

O desempenho positivo, diz o documento sobre o balanço do 4T23 do Fleury, foi impulsionado pelo significativo crescimento das receitas, principalmente devido à incorporação dos resultados do Instituto Hermes Pardini (PARD3).

Durante o 4T23 da Fleury, a receita líquida atingiu a marca de R$ 1,7 bilhão, apresentando um aumento anual de 52,9%. Em uma análise pro forma (utilizada para evidenciar aos investidores o impacto de uma transação), que considera os ativos do Pardini incorporados em maio de 2023, a receita registrou um crescimento de 4,9%, marcando uma desaceleração em relação ao terceiro trimestre, que teve um aumento de 11,8%.

Jeane Tsutsui, presidente do Fleury, destacou que o desempenho no último trimestre reflete a “sazonalidade típica, influenciada por feriados”, mas ressaltou que é um resultado muito saudável. Ela enfatizou o crescimento em todas as marcas do grupo, que inclui a rede homônima e outros selos como a+.

Na análise pro forma, a receita bruta das unidades de atendimento expandiu-se em 4,6%, com a marca Fleury liderando o crescimento, seguida pelo crescimento de 10,3% nas demais marcas de São Paulo, 6,3% nas marcas de Minas Gerais, 1,7% nas marcas do Rio de Janeiro e um acréscimo de 0,5% nas marcas regionais.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Murilo Melo

Compartilhe sua opinião