Eletrobras (ELET3), Banco Inter (BIDI4) e Via (VIIA3) chamam atenção do mercado

Eletrobras (ELET3), Banco Inter (BIDI4) e Via (VIIA3) chamam atenção do mercado
Eletrobras. Foto: Divulgação

Nos destaques do mercado financeiro chama a atenção dos investidores a Eletrobras (ELET3) que anunciou quando pretende protocolar, na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e na Securities and Exchange Commission (SEC), um pedido de registro de follow-on.

Além da Eletrobras, está entre os destaques o Banco Inter (BIDI4) com a venda de Units (BIDI11) pela Ponta Sul Investimentos. Já a Via (VIIA3) comprou a CNT, empresa de tecnologia focada em logística, para acelerar a oferta de serviços fulfillment e fullcommerce.

Por sua vez, a CCR (CCRO3) aprovou a emissão de R$ 3,4 bilhões em debêntures. E, a Sequoia (SEQL36) aprovou o programa de recompra de ações.

Veja os destaques do mercado financeiro:

Eletrobras

A Eletrobras informou na terça-feira (11) que pretende protocolar na CVM e na SEC um pedido de registro de follow-on — oferta pública global de distribuição de ações e American Depositary Receipts (ADR) –, no segundo trimestre de 2022.

A oferta faz parte do plano de desestatização da companhia. A emissão de ações da Eletrobras busca reduzir a participação da União no capital da empresa para 45%, considerando as ações com direito a voto.

Banco Inter

A Ponta Sul Investimentos vendeu units (BIDI11) do Banco Inter, e passou a deter 7,37% do capital social do banco digital.

Em correspondência enviada ao Banco Inter, a Ponta Sul Investimentos informou ainda que a venda da participação acionária tem por objetivo a realização de operações financeiras e não visa alterar a composição do controle acionário ou a estrutura administrativa do banco.

Via

Por meio de suas subsidiárias, a Via comprou a CNT, uma empresa de tecnologia focada em logística que deve acelerar a oferta de serviços fulfillment (conjunto de operações desde o recebimento do pedido do cliente até a entrega) e fullcommerce (terceirização de todo o planejamento, gestão, operação e análise das entregas) da varejista. O valor da operação não foi revelado.

São poucas as varejistas que oferecem o serviço de fulfillment no Brasil, portanto, a Via se junta agora ao Mercado Livre (MELI34), Amazon (AMZO34) e Americanas (AMER3) com a aquisição.

CCR

A CCR aprovou sua 16ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações. Os títulos serão distribuídos em duas séries, no montante total de R$ 3,4 bilhões.

De acordo com o fato relevante, na primeira série de debêntures da CCR serão distribuídos R$ 1,70 bilhão em títulos e esse valor será utilizado para o resgate de notas promissórias, reforço e composição de caixa da companhia.  Já na segunda emissão de debêntures serão distribuídos outros R$ 1,71 bilhão, destinado ao pagamento de despesas e gastos futuros além do reembolso de dívidas passíveis.

Sequoia

A Sequoia informou que o Conselho de Administração da companhia aprovou um programa de recompra de ações.

De acordo com o comunicado enviado à CVM, a Sequoia vai recomprar 6 milhões de ações ordinárias no limite de 18 meses, em julho de 2023. Com base na posição do dia 5 de janeiro, o número de ações representa 4,4% do total emitido e 5,0% do que está em circulação no mercado.

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Eletrobras que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!