Nubank (ROXO34), Americanas (AMER3) e Magazine Luiza (MGLU3) estão no foco do mercado nesta quinta-feira (16); veja mais destaques

O lucro líquido de US$ 303,0 milhões do Nubank (ROXO34)  no terceiro trimestre deste ano (3T23) está entre os destaques desta quinta-feira (16).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro a Americanas (AMER3), após apresentar hoje seu balanço contábil. 

A Magazine Luiza (MGLU3) também é destaque hoje, depois da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) iniciar um processo administrativo para investigar a ressalva feita pela auditoria externa sobre o balanço do terceiro trimestre.

Veja os destaques do mercado financeiro hoje:

Nubank 

O Nubank (ROXO34) anunciou um lucro líquido de US$ 303,0 milhões no terceiro trimestre de 2023 (3T23), conforme seu novo balanço trimestral. 

O resultado do Nubank é cerca de 38,84 vezes maior que o valor registrado no mesmo período do ano passado – no terceiro trimestre de 2022, o lucro foi de US$ 7,8 milhões.

Americanas 

Após quatro adiamentos, a Americanas (AMER3), em recuperação judicial, apresentou hoje  os resultados de 2022 e republicou os de 2021. O último balanço divulgado pela varejista foi o do terceiro trimestre de 2022, em novembro do ano passado.

Em 2022, a varejista teve um prejuízo líquido de R$ 12,9 bilhões e corrigiu a última linha de seu balanço em 2021: a Americanas reportou um prejuízo líquido de R$ 6,2 bilhões, ante lucro líquido R$ 544 milhões divulgado anteriormente.

Magazine Luiza

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) iniciou um processo administrativo para investigar a ressalva feita pela auditoria externa sobre o balanço do terceiro trimestre do Magazine Luiza (MGLU3).

O processo do Magazine Luiza está em andamento de forma sigilosa. A CVM, por meio de nota, afirmou que não comenta casos específicos.

A causa das irregularidades está relacionada ao fato de “notas de débito”, documento usado para o reconhecimento contábil das receitas de bonificações, terem sido emitidas pela companhia e assinadas por fornecedores sem observar as obrigações de desempenho.

Gerdau

A Gerdau (GOAU4) informou que a Dynamo aumentou sua participação acionária na empresa para 5,54% das ações preferenciais.

Qualicorp 

A Qualicorp (QUAL3) afirmou que a BlackRock alienou ações ordinárias de emissão da companhia sendo que de forma agregada, passaram a ser de 13.408.069 ações ordinárias, representando aproximadamente 4,72% de seu total de ações emitidas.

Lojas Marisa 

A Lojas Marisa  (AMAR3) reportou prejuízo líquido de R$ 196,4 milhões no terceiro trimestre de 2023 (3T23), alta de 92,4% ao reportado no mesmo intervalo de 2022.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

Wilson Sons 

A Wilson Sons (PORT3) reportou lucro líquido de R$ 94,8 milhões no terceiro trimestre de 2023, montante 42,5% superior comparado ao mesmo intervalo de 2022.

 JHSF

JHSF (JHSF3) atingiu um lucro líquido de R$ 79,4 milhões no terceiro trimestre de 2023, que corresponde a uma queda de 50,3% em relação ao 3T22.

Copel

O Conselho de Administração da Copel (CPLE6) aprovou a nova estrutura organizacional da Copel Holding como parte do processo de sua reorganização estratégica.

A Copel unificou a Diretoria Jurídica e Regulatória com a Diretoria de Governança, Risco e Compliance, formando a Diretoria Jurídica e de Compliance, visando alcançar sinergias operacionais, eficiência e maior celeridade nos processos.

Stone 

A Stone (STOC31) anunciou que seu conselho de administração aprovou um novo programa de recompra de ações, no valor de até R$ 1 bilhão. A empresa planeja adquirir ações classe A.

As recompras de ações da Stone serão realizadas periodicamente, podendo envolver transações em mercado aberto, negociações em bloco, transações privadas ou outras modalidades.

CCR

A CCR (CCRO3) divulgou que foi proferida a decisão de homologação do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado por sua controlada Concessionária das Linhas 8 e 9 do Sistema de Trens Metropolitanos de São Paulo (ViaMobilidade) com o Ministério Público do Estado de São Paulo e anuência do Estado de São Paulo para arquivar os Inquéritos Civis nº. 160/2021 e nº. 265/2022, instaurados pela Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social e pela Promotoria de Justiça do Consumidor, e encerrar as discussões referentes à Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da rede de trens metropolitanos de São Paulo. 

Por meio do TAC, a ViaMobilidade – Linhas 8 e 9 se compromete a pagar indenização de R$ 150 milhões, dos quais R$ 3 milhões serão depositados no Fundo de Interesses Difusos e R$ 147 milhões. 

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como o Nubank (ROXO34), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião