Cyrela (CYRE3) pagará dividendos em 17 de dezembro

Cyrela (CYRE3) pagará dividendos em 17 de dezembro
As ações da Cyrela, negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) com o código "CYRE3", fecharam o pregão desta quinta-feira em baixa de 1,64%, a R$ 26,40.

A Cyrela (CYRE3) aprovou que o pagamento do dividendo mínimo obrigatório referente ao exercício social terminado em dezembro de 2019, seja realizado no dia 17 de dezembro deste ano, em uma única parcela. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (26)

No documento, a Cyrela ressaltou que será distribuído o valor de R$ 98.762.316,06,  equivalente a R$0,2569083204 por ação ordinária de emissão da Companhia.

Além disso, receberão os dividendos os acionistas na data-base de 23 de julho de 2020, a passo que os papéis da construtora são negociados ‘ex-dividendos’ desde 24 de julho de 2020.

Resultados da Cyrela no 3T20

A construtora e incorporadora anotou um lucro líquido de R$ 1,403 bilhão no terceiro trimestre deste ano, um aumento de 1.244,4% em relação ao mesmo período de 2019, quando a construtora havia apurado um lucro de R$ 104 milhões.

A companhia atribuiu o salto a itens não recorrentes no seu resultado consolidado, decorrentes das ofertas públicas iniciais (IPO, na sigla em inglês)  da Lavvi (LAVV3), Plano & Plano (PLPL3) e Cury (CURY3). O lucro líquido ajustado da Cyrela terceiro trimestre atingiu R$ 250 milhões.

A construtora informou que a receita líquida anotou um avanço de 59,6% na base anualizada, de R$ 729 milhões chegando a R$ 1,164 bilhão no trimestre encerrado em setembro de 2020.

“O terceiro trimestre de 2020 registrou uma gradativa melhora no cenário local em relação aos meses anteriores, com queda no número de casos registrados, o que permitiu redução parcial nos índices de isolamento e consequente evolução similar nos níveis de reabertura econômica”, salientou a Cyrela.

As vendas da empresa saltaram 58% ano a ano, para R$ 2,5 bilhões, com participação de 74,2% da Cyrela, ou R$ 1,82 bilhão. Foram comercializadas 6,92 mil unidades a um preço médio de R$ 7,5 mil por metro quadrado.

Última cotação

As ações da Cyrela, negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) com o código “CYRE3”, fecharam o pregão desta quinta-feira em baixa de 1,64%, a R$ 26,40.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião