Marcos Neuhaus

O crescimento de demanda no mercado livre de energia e o investimento em marketing pelas empresas do setor

Para se destacar, elas têm investido significativamente em diversas ações de marketing, buscando atrair e fidelizar clientes, fortalecer suas marcas e expandir a presença no mercado. Dois exemplos que têm chamado a atenção são a Enel X e a Comerc Energia

Nos últimos anos, as empresas do mercado livre de energia têm experimentado um crescimento expressivo, e para se destacarem nesse cenário cada vez mais competitivo, têm investido significativamente em estratégias de marketing. Dois exemplos de empresas que se têm destacado nesse sentido são a Enel X e a Comerc Energia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-1420x240-3.png

No mercado livre de energia, consumidores e empresas têm a liberdade de escolher os fornecedores de energia elétrica, em vez de estarem restritos a um único fornecedor designado pela concessionária local. Há inclusive a possibilidade de negociar condições como preços, formas de pagamento, prazos e fontes de energia. A contratação ocorre de forma mais flexível e competitiva. Diferentemente do mercado cativo, em que os consumidores estão vinculados a tarifas reguladas e à empresa concessionária específica da região, os clientes podem escolher diferentes fornecedores e negociar conforme suas necessidades.

Como em todo mercado aberto, isso acirra a “briga” das empresas por clientes. Para se destacar, elas têm investido significativamente em diversas ações de marketing, buscando atrair e fidelizar clientes, fortalecer suas marcas e expandir a presença no mercado. Dois exemplos que têm chamado a atenção são a Enel X e a Comerc Energia.

A Enel X, uma das principais empresas de energia do mundo, tem direcionado esforços consideráveis para promover seu serviço de energia renovável no mercado livre. Por meio de campanhas publicitárias veiculadas em mídias tradicionais e digitais, a empresa enfatiza os benefícios ambientais e econômicos da aquisição de energia limpa. Essa abordagem visa atrair consumidores conscientes, que valorizam a sustentabilidade em suas escolhas.

Além disso, a Enel X investe em marketing direto, como a realização de eventos e parcerias com organizações ligadas à sustentabilidade, para se aproximar dos consumidores e estabelecer uma relação de confiança e credibilidade.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

O outro bom exemplo é a Comerc Energia, empresa brasileira especializada em gestão de energia elétrica. Consciente da importância do marketing digital, ela investe em estratégias online para conquistar novos clientes. Por meio de um site otimizado, campanhas de e-mail marketing personalizadas e presença ativa nas redes sociais, a empresa busca alcançar públicos segmentados e falar sobre as vantagens de migrar para o mercado livre de energia.

Essa abordagem direcionada tem permitido à Comerc Energia expandir de forma consistente sua base de clientes e fortalecer sua posição no mercado.

Como em todo tipo de negócio, o crescimento das empresas do mercado livre de energia está diretamente relacionado ao investimento em marketing. Por meio de campanhas publicitárias, parcerias estratégicas, marketing direto e digital, elas conseguem ampliar sua visibilidade, promover seus serviços e diferenciais, e conquistar a confiança e a fidelidade dos clientes. Dessa forma, o marketing desempenha o papel fundamental, num mercado altamente competitivo, de impulsionar o crescimento e estabelecer uma posição de destaque para as empresas.

Que vençam os melhores!

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Nota

Os textos e opiniões publicados na área de colunistas são de responsabilidade do autor e não representam, necessariamente, a visão do Suno Notícias ou do Grupo Suno.

Marcos Neuhaus
Mais dos Colunistas
Rafael Rios Por que estamos em um momento estratégico para investir em energia solar?

Em carta recente endereçada a grandes executivos de todo o mundo, Larry Fink, CEO da BlackRock (BLAK34), maior gestora de recursos do planeta, afirmou que “as alteraçõ...

Rafael Rios
Ricardo Propheta A hora e a vez das cidades de médio porte

Barreiras, na Bahia, Dourados, no Mato Grosso Sul e Erechim, no Rio Grande do Sul. Essas três cidades, junto a outros cerca de 200 municípios brasileiros, compartilham...

Ricardo Propheta

Compartilhe sua opinião