Fabio Louzada

Black Friday: como gastar com inteligência?

Reservei algumas dicas de como evitar comprar por impulso e acabar gastando demais ou até acumulando dívidas inesperadas

O mês de novembro tradicionalmente é conhecido pelo mês da Black Friday no Brasil. De acordo com um levantamento da Abecs, a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, contratado pelo Datafolha, o setor de eletrônicos deve lucrar aproximadamente R$ 15,5 bilhões na edição do evento deste ano. A pesquisa ainda mostra que os brasileiros devem gastar, em média, R$ 1.380 em compras na data. Cerca de 33% dos consumidores disseram que pretendem gastar mais neste ano, 22% manterão o mesmo valor gasto e 28% planejam gastar menos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

É nesse período que os consumidores ficam loucos por descontos. No entanto, nem sempre se programam de forma adequada. E, antes de se deixar levar pelo frenesi das promoções, é crucial agir com cautela para evitar compras impulsivas movidas por ofertas que, por vezes, podem não ser tão vantajosas quanto parecem. Por isso, compartilho aqui 10 dicas valiosas para garantir que sua experiência na Black Friday seja repleta de economia consciente e compras que realmente sejam necessárias e valham à pena!

  1. Faça uma lista estratégica

Antes de mergulhar nas ofertas tentadoras, reserve um tempo para criar uma lista de itens essenciais que você realmente deseja adquirir. Tente fazer essa lista dias ou semanas antes de fazer as compras. Priorize o necessário focando no que é essencial para evitar impulsos. E siga estritamente a lista. Lembre-se: o que não está nessa lista pode ser algo que você não precisa comprar agora.

  1. Acompanhe os preços antes de comprar

Uma estratégia inteligente é monitorar os preços dos produtos desejados nos dias que antecedem a Black Friday. Ferramentas como Zoom e Buscapé permitem visualizar o histórico de preços, garantindo que você esteja ciente das verdadeiras promoções. Compare os preços entre diferentes lojas para identificar as melhores ofertas e esteja atento a promoções que parecem boas demais para serem verdadeiras.

  1. Estipule um limite de gastos

Defina um teto de valor para cada produto desejado e mantenha-se fiel a esse orçamento. Evitar gastar mais do que o planejado é crucial para impedir a acumulação de dívidas e garantir uma experiência de compra saudável. Claro, se a diferença for pequena, pode até ser aceitável. Mas evite passar muito do limite que já estipulou.

  1. Verifique a credibilidade da loja

Antes de efetuar qualquer compra, certifique-se de que a loja é confiável. Busque recomendações de outros consumidores, examine avaliações e comentários nas redes sociais. Evite adquirir produtos de lojas desconhecidas, prevenindo-se contra golpes e fraudes online. Garanta que está navegando no site oficial da loja e não em uma cópia fraudulenta. Evite clicar em links suspeitos recebidos por e-mail que solicitam informações pessoais. A segurança online é essencial para proteger seus dados financeiros. Consulte se a loja aparece na lista de sites que devem ser evitados, elaborada pelo Procon.

  1. Preste atenção no frete e prazo de entrega

Avalie os prazos de entrega e custos de frete, evitando surpresas desagradáveis após a compra. Afinal, a promoção pode até estar ótima, mas se o custo de entrega for altíssimo será que realmente vale à pena? Também observe a diferença entre dias úteis e dias corridos na hora de calcular o prazo.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

  1. Política de trocas e devoluções

Antes de comprar, cheque se há a possibilidade de troca ou devolução, caso necessário. Leia atentamente as regras de trocas antes de fazer uma aquisição ainda mais por impulso.

  1. Participe de programas de fidelidade

Se você é cliente assíduo de uma loja, pode ter benefícios que não conhece. Verifique se a empresa possui algum programa de fidelidade que proporcione descontos em novas compras. Não deixe de se inscrever nesses programas para poder usufruir desse tipo de benefício. Além de descontos especiais, alguns programas oferecem brindes, frete grátis ou acesso antecipado às promoções.

  1. Inscreva-se para alertas de preço

Cadastre-se para receber alertas de preço dos produtos desejados. Diversos sites e aplicativos permitem configurar notificações sempre que o preço de um item específico atingir um valor predeterminado. Essa prática é uma maneira eficaz de garantir que você aproveite as melhores ofertas sem perder tempo monitorando constantemente.

  1. Cuidado com pagamentos por boleto

Em meio às promoções da Black Friday, a escolha do método de pagamento torna-se crucial para garantir segurança nas transações. Optar pelo cartão de crédito pode ser um aliado eficaz contra possíveis fraudes durante o evento. Caso o site desejado permita apenas o pagamento via boleto, é preciso ficar atento. Essa restrição pode indicar uma possível armadilha. Golpes envolvendo boletos são comuns. Após o pagamento, o site desaparece, deixando o consumidor sem o produto e sem o dinheiro investido.

  1. Use cartões de crédito virtuais

Uma recomendação é criar um cartão virtual para cada compra que fizer pela internet. Isso permite com que os dados do cartão sejam trocados de forma provisória para a realização de determinada compra. Assim, é possível se proteger de golpes. A vantagem de usar cartões de crédito está também nas vantagens como acumulação de pontos e cashback. Além disso, alguns deles oferecem proteção em caso de arrependimento de compras e seguro proteção de preço, que garante a devolução da diferença de valores de algum item adquirido. Atente-se às regras e benefícios do seu cartão de crédito.

Ao seguir essas dicas, você estará preparado para aproveitar as verdadeiras vantagens da Black Friday, economizando de forma inteligente e evitando armadilhas que possam comprometer suas finanças. Lembre-se: o segredo está no planejamento e na compra consciente. E não se preocupe. Caso não consiga comprar o que deseja nesta Black Friday, haverá outras oportunidades de descontos. Após o período de Natal, por exemplo, muitas lojas fazem liquidações. Então, vá com calma e boas compras!

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Nota

Os textos e opiniões publicados na área de colunistas são de responsabilidade do autor e não representam, necessariamente, a visão do Suno Notícias ou do Grupo Suno.

Fabio Louzada
Mais dos Colunistas
Alan Gandelman Ações de varejo: por que não param de cair

Depois de retumbantes altas das ações de companhias do setor do varejo na B3 (B3SA3) em 2020, neste ano essas mesmas empresas têm sido os ‘patinhos feios‘ do mercado, ...

Alan Gandelman
Erick Buzzi Black Friday 2021: o ano da experiência omnichannel

Estamos no último bimestre do ano e, com isso, nos aproximando do grande marco do varejo: a famosa Black Friday. Com a chegada da data e do fim dos piores momentos da ...

Erick Buzzi

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno