Ação da BB Seguridade (BBSE3) deve ter forte recuperação em 2022, diz Banco Safra

O Banco Safra atualizou o preço-alvo de empresas de serviços financeiros, reduzindo os valores para 2022 com taxas de desconto mais altas. Entre as instituições, o Safra elegeu o BB Seguridade (BBSE3), controlado pelo Banco do Brasil (BBSA3), como preferida no segmento, em razão das melhores perspectivas para os índices de sinistros.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

O banco diz enxergar um bom momento para as seguradoras com os fortes volumes de prêmios emitidos e um bom crescimento. A ação do BB Seguridade, seu favorito, passou de R$ 38 para preço-alvo de R$ 31. 

A decisão é explicada, segundo o relatório do Safra, “principalmente pela maior taxa de desconto (aumentamos nossa premissa de custo de capital em 1 ponto porcentual, para 12%) e assumimos uma premissa um pouco mais conservadora para os resultados da Brasilprev”.

No entanto, o banco ainda vê números fortes para a BB Seguridade em 2022, apoiados na melhora significativa nos resultados de seguros, após uma combinação de receita líquida forte (com números sólidos para a divisão de corretagem), sinistros menores e melhoria nos resultados financeiros de ambos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

“Além disso, previdência e seguros deverão ser beneficiados pela elevação da Selic“, dizem os analistas.

Confira a tese de investimentos no BB Seguridade, segundo o Safra:

  • Expansão do mercado brasileiro de seguros;
  • Grandes perspectivas de crescimento da divisão de planos de previdência da BB Seguridade;
  • Amplo Canal de Distribuição, suportado pelo canal de varejo do Banco do Brasil;
  • Forte geração de fluxo de caixa livre convertida em dividendos para BBSE3;
  • Modelo de negócios resiliente, perspectivas de crescimento do negócio de seguros.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Por outro lado, o Safra elencou também os riscos envolvidos no negócio:

  • A BB Corretora possui um contrato de distribuição com o Banco do Brasil, que expira em 2033. Não é claro se os termos do contrato permanecerão depois disso;
  • Aumento da Concorrência;
  • Desalinhamento de metas entre o Banco do Brasil e a BB Seguridade;
  • Resultado financeiro pode ser afetado por cortes nas taxas de juros;
  • Risco macroeconômico.

Última cotação do BB Seguridade

As ações da BB Seguridade fecharam o último pregão (3) em alta de 0,62%, cotada a R$ 21,18. No ano, a empresa registra queda de 27,87%. Hoje as ações subiam 0,52%, cotadas a R$ 21,29.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2021/09/960x136-1-1.png

Bruno Galvão

Compartilhe sua opinião