Banrisul (BRSR6): lucro ajustado sobe 21% no 4T23, a R$ 304 milhões

O Banrisul (BRSR6) reportou um lucro líquido ajustado de R$ 304 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), o que representa um aumento de 21% em relação ao mesmo período do ano anterior.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

resultado do Banrisul, segundo a própria empresa, foi impactado pelos seguintes fatores:

  • Aumento da margem financeira, em R$ 196,2 milhões;
  • Menor fluxo das despesas de provisão para perdas de crédito, em R$ 65,2 milhões;
  • Aumento das receitas de prestação de serviços, em R$ 53,4 milhões;
  • Aumento das despesas administrativas, em R$ 66,3 milhões;
  • Resultado desfavorável das outras receitas e despesas operacionais, em R$ 62,5 milhões;
  • Maior fluxo das despesas com provisões trabalhistas, fiscais e cíveis, em R$ 52,1 milhões;
  • Consequente efeito tributário e PPR.

As receitas de prestação de serviços do Banrisul totalizaram R$ 604 milhões no 4T23, aumento de 9,7% na base anual e de 5,1% na base trimestral.

Já a margem financeira do Banrisul ficou em R$ 1,476 bilhão no quarto trimestre de 2023, alta de 15,3% na comparação com o mesmo período de 2022 e de 7,8% na base sequencial.

O patrimônio líquido do Banrisul, por sua vez, chegou a R$ 9,668 bilhões no 4T23, aumento de 2,6% comparado ao 3T23, refletindo, dentre outros fatores, incorporação de resultados gerados, pagamentos de juros sobre o capital próprio e provisionamento de dividendos, além de reclassificações da variação cambial pelas baixas de investimentos no exterior.

Já os ativos totais do Banrisul totalizaram R$ 125,0 bilhões no quarto trimestre de 2023, crescimento de 10,5% na base anual.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Despesas e inadimplência do Banrisul

As despesas de provisão para perdas de crédito do Banrisul no 4T23 chegaram a R$ 216,8 milhões, queda de 23,1% na base anual e 50,2% na comparação sequencial, “refletindo especialmente, a rolagem da carteira por níveis de rating, liquidação de operações de crédito que estavam 100% provisionadas e revisão na política de provisionamento para operações de crédito rural“, disse o banco.

ROAE do Banrisul, que representa o retorno sobre patrimônio médio, terminou o 4T23 em 12,7%, uma redução de 1,8 ponto percentual em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

Ao final do mês de dezembro, a inadimplência superior a 90 dias do Banrisul era de 1,95% nas operações de crédito, com aumento de 0,37 ponto percentual em 12 meses. Na comparação com o 3T23, a queda foi de 0,04 ponto percentual.

Projeções do Banrisul para 2024

Em fato relevante divulgado nesta sexta-feira (9), o Banrisul informou que revisou suas projeções para os indicadores de performance de 2024.

Para este ano, o Banrisul projeta uma expansão da carteira de crédito total entre 2% a 7%, além de um avanço da margem financeira entre 25% a 30%. O banco prevê, ainda, um crescimento da despesa de provisão sobre a carteira de crédito de 2,5% a 3,5%, bem como um crescimento de 6% a 10% nas despesas administrativas.

Desempenho das ações do Banrisul

Cotação BRSR6

Gráfico gerado em: 09/02/2024
1 Dia

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Giovanni Porfírio Jacomino

Compartilhe sua opinião