Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Linx (LINX3) informa recompra de ações

    Radar do Mercado: Linx (LINX3) informa recompra de ações

    Nesta segunda-feira, dia 09 de março, a Linx comunicou que o seu Conselho de Administração aprovou a abertura do Programa de Recompra de Ações da Companhia. O programa tem o objetivo de maximizar a geração de valor para os acionistas com a aquisição de ações ordinárias de sua emissão.

    As ações recompradas ficarão em tesouraria, e poderão ser utilizadas para bonificação ou posterior alienação ao mercado e até mesmo serem canceladas, entretanto, sem redução o capital social da companhia.

    Atualmente, a Linx possui cerca de 179,5 milhões de ações ordinárias em circulação e 9,8 milhões em tesouraria, somando um total de aproximadamente 189,4 milhões de ações ordinárias. O processo de recompra prevê a aquisição de até 8,1 milhões de ações ordinárias, correspondente a 4,28% do total de ações de emissão da companhia e 4,51% das ações em circulação.

    O processo de realização de recompra terá um prazo máximo de 18 meses, iniciado em 9 de março de 2020 e encerrando-se em 09 de setembro de 2021. O momento e a quantidade de ações a serem adquiridas serão definidos pela Diretoria da companhia, podendo ocorrer uma única operação ou uma série delas.

    A operação de recompra será suportada pelo montante global das reservas de lucro e de capital e do resultado realizado do exercício em curso. Para isso, a existência dos recursos disponíveis para lastrear as operações deverá ser verificada nas demonstrações contábeis anuais, intermediárias ou trimestrais mais recentes divulgadas e anteriores à efetiva transferência da titularidade das ações.

    Além disso, a companhia comunicou que não será admitida a utilização de valores projetados para o exercício em curso para lastrear as operações no que diz respeito ao programa de recompra de ações. Por fim, ainda foi salientado que a Diretoria da empresa apenas poderá efetivar as aquisições se tiver tomado todas as diligências necessárias para assegurar que cada operação está de acordo com a situação financeira da companhia, verificando a existência de recursos disponíveis com base nas demonstrações contábeis.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *