Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Construtora Tenda (TEND3) divulga prévia operacional do 4T20

    Radar do Mercado: Construtora Tenda (TEND3) divulga prévia operacional do 4T20

    A Tenda, incorporadora e construtora com foco em habitação popular no Brasil, anunciou na terça-feira (19/01) a prévia de seus resultados operacionais do quarto trimestre de 2020.

    No 4T20, a companhia lançou 20 empreendimentos, que totalizaram R$ 885,2 milhões em Valor Geral de Vendas (VGV), representando um aumento de 5,9%, se comparado com o 4T19. Porém, se comparados com o 3T20, os lançamentos no quarto trimestre tiveram uma redução de 10,1%.

    No consolidado do ano de 2020, a construtora lançou um VGV de R$ 2,67 bilhões, o que representa um aumento de 3,5% em relação a 2019.

    Em 2020, 37,1% do VGV lançado pela Tenda se localizou na região metropolitana (RM) de São Paulo (SP), um crescimento de 1,4 p.p. se comparado com os 35,7% lançados na região em 2019. Na RM de Salvador, também houve crescimento: em 2019, representava 15,7% dos lançamentos; em 2020, subiu para 19,2% do VGV lançado.

    Minicurso: Investindo no Tesouro Direto

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos sobre o Tesouro Direto para quem quer começar a investir!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    As vendas brutas da Tenda totalizaram R$ 854,7 milhões no 4T20, um crescimento de 27,7% em relação ao 4T19 – e de 2,2% ante o 3T20. Segundo a companhia, esse foi o melhor trimestre em vendas brutas da história da Tenda.

    Na comparação das vendas no consolidado entre 2020 e 2019, houve um aumento de 30,4% no VGV de vendas brutas.

    Além disso, a Venda Sobre Oferta (VSO) foi de 32,5% no quarto trimestre de 2020, um crescimento de 4,5 p.p. em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a Tenda, o aumento na VSO reflete o aumento de suas vendas no período.

    No final de 2020, o banco de terrenos da companhia atingiu um VGV de R$ 10,97 bilhões, um crescimento de 3,3% em relação ao 4T19 e de 1,6% ante o 3T20.

    Segundo a Tenda, a companhia enfrentou um ano difícil com a Covid-19 e passou grande parte de 2020 renegociando terrenos que já estavam em seu banco de terrenos. Assim, a empresa informou que seu desempenho de compra de terrenos foi saudável no ano, mas abaixo do que ela esperava.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *