Acesso Rápido

    Morning Call: Ibovespa, Itaúsa, Lojas Americanas e B2W, Fed (EUA) e Resultados trimestrais

    Morning Call: Ibovespa, Itaúsa, Lojas Americanas e B2W, Fed (EUA) e Resultados trimestrais

    “Creio que as democracias são propensas à inflação porque os políticos vão gastar naturalmente [excessivamente] – eles têm o poder de imprimir dinheiro e usarão o dinheiro para obter votos.”

    — Charlie Munger

    Valor de mercado das empresas americanas de tecnologia vs. valor de mercado de bolsas dos países emergentes

    Fonte: Visual Capitalist, CEIC e YCharts.

    O que aconteceu nas últimas 24 horas?

    Ibovespa

    O Ibovespa sofreu queda de 4,87% após intervenção governamental na Petrobras (PETR4), fechando aos 112.667,70 pontos.

    • Após Jair Bolsonaro demitir o até então presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, as ações da petrolífera (PETR4) caíram 20,48% ontem (22/02).
    • A notícia afetou todo o mercado, que ficou receoso com as políticas menos liberais do presidente da República.
    • Além disso, o mercado ficou preocupado com a possibilidade de haver mais intervenções por parte de Bolsonaro, que havia declarado sua intenção de “meter o dedo na energia elétrica”.
    • Com esse cenário pessimista, o dólar teve valorização de 1,26% em relação ao real na segunda-feira (22/02), encerrando cotado a R$ 5,4554.

    Itaúsa

    A Itaúsa (ITSA4) divulgou seus resultados para o quarto trimestre de 2020.

    • A holding registrou um lucro líquido de R$ 3,662 bilhões no 4T20, um crescimento de 6,2% em relação ao ano anterior.
    • Em 2020, o lucro líquido da companhia totalizou R$ 7,05 bilhões, número 31,6% inferior ao observado em 2019.
    • No 4T20, o retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) caiu 6,5 pontos percentuais em relação a 2019, ficando em 13% no final de 2020.
    • Além dos resultados, a companhia informou que fará dois pagamentos de juros sobre capital próprio em 12/03/2021: um no valor bruto de R$ 0,10165 por ação; outro no valor bruto de R$ 0,0208 por ação.

    E-book: 10 livros que todo investidor deveria ler

    Conheça os 10 livros de investimentos e finanças mais importantes e amplie seus conhecimentos como investidor!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Lojas Americanas e B2W

    Na segunda-feira (22/02), os papéis das duas varejistas subiram na contramão do mercado após a notícia de uma possível fusão.

    • Na sexta-feira (19/02), as Lojas americanas (LAME4) e a B2W (BTOW3) informaram que estão estudando uma possível fusão entre as duas empresas.
    • Com essa notícia, as ações da B2W e das Lojas Americanas subiram 1,15% e 19,88%, respectivamente.
    • Vale ressaltar que as Lojas Americanas já têm 57% de participação acionária na B2W.
    • A fusão pode gerar diversas sinergias entre as empresas e realizar uma integração das lojas físicas com as virtuais.

    Os 15 gestores de hedge funds com maiores ganhos em 2020 (ganhos de taxa de performance do fundo vs. ganhos em investimentos pessoais)

    O que você deve saber hoje

    Fed (EUA)

    Jerome Powell, presidente do Fed (banco central americano), fará um depoimento perante o Joint Economic Committee (Comitê Econômico Conjunto).

    • O depoimento será composto de uma apresentação de Powell e uma sessão de perguntas e respostas feitas pelo comitê.
    • Pelo fato de o Fed controlar as taxas de juros de curto prazo dos EUA, Powell exerce uma influência significativa sobre o valor do dólar, portanto o depoimento pode trazer volatilidade aos mercados.

    Resultados trimestrais

    A Companhia Brasileira de Distribuição (PCAR3) divulgará hoje seus resultados do 4T20.

    • Conhecida como GPA, a empresa foi fundada em 1948, em São Paulo (SP), e atua em diversos segmentos do setor de distribuição e varejo.
    • A companhia é dona de marcas como Pão de Açúcar, Compre Bem, Extra e Assaí.
    • A GPA era controlada pelo empresário Abílio Diniz, que deixou de comandá-la em 2013, quando a companhia passou a ser controlada pelo grupo francês Casino.
    • Em 2020, a companhia concluiu a migração de suas ações para o segmento “Novo Mercado” da B3.