Acesso Rápido

    Como declarar CDB no imposto de renda? Veja o passo a passo

    Como declarar CDB no imposto de renda? Veja o passo a passo

    O CDB é um dos investimentos de renda fixa mais conhecidos no país. Desse modo, na hora de fazer a declaração do imposto de renda é fundamental aprender como declarar CDB.

    Ou seja, para cada tipo aplicação financeira, seja de renda fixa ou renda variável, existem regras específicas em relação a incidência o IR. Por isso, o investidor deve ficar atento e entender como declarar o CDB para evitar cair na malha fina.

    Como declarar CDB no Imposto de Renda?

    Antes de falar como declarar CDB, é importante entender um pouco melhor sobre o que é o CDB. Em regra, esse é um dos investimentos de renda fixa mais conhecidos no país.

    CDB é a sigla de Certificado de Depósito Bancário, e é um título emitido pelos bancos que conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

    Esse tipo de investimento funciona como uma espécie de empréstimo feito para a instituição bancária que remunera o investidor com uma rentabilidade.

    Guia de Investimento em Renda Fixa

    Invista com segurança e rentabilidade: baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça as principais opções de investimento em Renda Fixa!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Como funciona a incidência de IR no CDB?

    O CDB é um tipo de investimento de renda fixa que sofre a incidência do imposto de renda. No entanto, ele já é deduzido na fonte pela instituição financeira.

    Desse modo, apesar já pagar o imposto direto na fonte, é necessário fazer a declaração da aplicação financeira no imposto de renda.

    Isso vale tanto para os títulos resgatados durante o ano quanto para os títulos que ainda não foi realizado o resgate.

    Qual é a tributação de IR do CDB?

    A tributação do CDB, assim como o RDB (Recibos de Depósito Bancário), se dá de acordo com a tabela regressiva do IR. Assim, o investidor que mantem a aplicação por mais tem se beneficia dessa tributação.

    A alíquota mínima de tributação é de 15%, enquanto a alíquota máxima de tributação em investimentos de CDB é de 22,5% de acordo com a tabela regressiva do IR:

    Prazo de investimentoAlíquota de IR
    Até 180 dias22,5%
    De 181 até 365 dias20%
    De 366 dias até 720 dias 17,5%
    Acima de 720 dias15%

    O valor do imposto já é descontado diretamente na fonte, antes mesmo do investidor receber a rentabilidade do banco. Por isso, na declaração do IR, basta informar a aplicação.

    Como obter o informe de rendimento do CDB?

    O primeiro passo para fazer a sua declaração de IRPF é obter o informe de rendimento da instituição financeira onde foi feita a aplicação.

    Isso pode ser feito pelo próprio aplicativo ou internet banking da instituição. Caso não esteja disponível é só fazer o pedido com o gerente da conta ou solicitar no canal de atendimento da corretora.

    Ter em mãos esse informe de rendimento é essencial para que não haja nenhuma divergência nos dados informados e não correr o risco de cair na malha fina.

    Passo a passo para declarar o CDB no Imposto de Renda

    Com o informe de rendimento em mãos, será preciso acessar o site da Receita Federal, e procurar a aba “Bens e direitos”.

    Feito isso, o código para declarar CDB é o 45 “Aplicações de Renda Fixa (CDB, RDB, outros). Depois é só informar os detalhes do investimento.

    Primeiramente é necessário informar a localização que é o número 105 – Brasil. Na sequência é preciso informar o CNPJ do banco ou corretora que possui o título em custódia.

    Posteriormente será necessário discriminar o nome do banco e o tipo de investimento. Por fim, basta colocar a situação na data de 31/12 do ano anterior e 31/12 do ano que está sendo declarado.

    Se houve resgate do CDB durante o ano, o procedimento é um pouco diferente. Será preciso acessar a aba “Rendimentos Sujeitos à tributação Exclusiva / Definitiva”.

    Depois selecionar a opção 06 “Rendimentos de Aplicações Financeiras” e então selecionar o titular e dependente do título.

    Na sequência é só preencher o CNPJ da instituição que você tinha a aplicação e depois o nome dela. Por fim é só informar o rendimento do investimento.

    Foi possível entender como declarar CDB? Então deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta matéria com seus amigos nas redes sociais.

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *