Acesso Rápido

    Bolsa da Espanha: conheça a Bolsa de Valores de Madrid

    Bolsa da Espanha: conheça a Bolsa de Valores de Madrid

    É comum que os investidores brasileiros queiram conhecer e acessar as grandes bolsas mundiais como estratégia de diversificação da carteira de investimentos. Entre elas está a Bolsa da Espanha.

    Localizada em Madrid, a principal Bolsa da Espanha é uma das maiores bolsas de valores europeias por isso vale a pena conhece-la.

    O que á a Bolsa da Espanha?

    A Bolsa da Espanha é conhecida popularmente como a Bolsa de Madrid, uma gigante do mercado financeiro europeu. É justamente na bolsa de valores de Madrid que são negociadas as ações das principais companhias espanholas.

    A Bolsa de Valores espanhola foi fundada em 1831 na cidade de Madrid. Desde lá, perpetua-se entre as principais bolsas de valores do velho continente.

    No entanto, foi apenas em 1993, dadas as condições tecnológicas do mundo, que a bolsa migrou para operações 100% digitais, tanto na renda fixa quanto na renda variável.

    Apesar da inovação, a sede da Bolsa de Valores de Madrid continua sendo uma construção do século XIX, conhecida como “Palácio de la Bolsa de Madrid”.

    Além de Madrid, Barcelona e Valência são cidades que também sediam​​ outras bolsas de valores, mas de menos relevância nacional e, principalmente, internacional.

    Quais são as principais ações negociadas na Bolsa de Madrid?

    A Bolsa de Madrid, principal bolsa da Espanha, é composta por grandes empresas localizadas na Espanha. É interessante observar que são listadas grandes empresas de diferentes setores econômicos.

    Entre as principais ações da Bolsa de Madrid, estão:

    • Santander;
    • Mapfre;
    • BBVA;
    • Amadeus;
    • Telefonica.

    IBEX 35: o principal índice da Bolsa da Espanha

    O IBEX35 é o principal índice do mercado acionário espanhol, utilizado muitas vezes para analisar a desempenho geral da bolsa da Espanha.

    Criado em 1992, o índice é composto pelas 35 principais companhias listadas em bolsas espanholas. Assim, são enquadradas como principais aquelas que apresentam maior valor de mercado e maior liquidez.

    As 35 ações que compõem o IBEX35 são negociadas nas bolsas de Madrid, Valência, Bilbao e Barcelona, ainda que a bolsa de Madrid possa ser considerada a principal e mais representativa do mercado acionário espanhol.

    Como investir na bolsa de valores da Espanha?

    Existem diferentes formas de investir na bolsa da Espanha, como:

    • Abrir conta em uma corretora ou instituição financeira espanhola;
    • Utilizar conta de corretora ou instituição financeira estrangeira que tenha permissão para intermediar negociações na bolsa da Espanha, como algumas opções em Portugal;
    • Adquirir ETFs ou Fundos compostos majoritariamente por companhias, ou títulos do mercado espanhol.

    Para investidores brasileiros que desejam investir na bolsa espanhola, o caminho seria a abertura de conta em uma corretora estrangeira.

    Apesar do maior esforço, por ter que ter conta em outra corretora, a diversificação estrangeira e cambial pode ser muito interessante como estratégia de pulverização dos riscos.

    Com a ampliação do mercado de ETFs nacional, é possível que surjam mais ETFs europeus no mercado nacional ou, até mesmo, algum ETF direcionado especificamente para o mercado acionário espanhol.

    Esse artigo te ajudou a entender como funciona a Bolsa da Espanha? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *