AGENDA

XP vê upside de 51,6% para Hidrovias do Brasil (HBSA3); ação é top pick

XP vê upside de 51,6% para Hidrovias do Brasil (HBSA3); ação é top pick
Hidrovia. Foto: Pixabay

A XP Investimentos iniciou a cobertura de Hidrovias do Brasil (HBSA3), com recomendação de Compra e preço-alvo de R$ 9,20 por ação, um upside de 51,6% ante o fechamento do papel na segunda-feira (28).

Em relatório assinado pelos analistas Pedro Bruno, Lucas Laghi, Gabriela Ferrante e Marcella Ungaretti, a casa posicionou a Hidrovias do Brasil como top pick entre os nomes cobertos de Infraestrutura no País.

A tese de investimento está ancorada em três pilares:

  • posicionamento premium para se beneficiar do potencial do Centro-Oeste do Brasil para produção/exportação de grãos;
  • crescimento com riscos reduzidos devido a um perfil de receita voltados a contratos de longo prazo;
  • valuation atraente na Infraestrutura listada no Brasil.

Segundo os analistas da XP, a Hidrovias do Brasil oferece o maior potencial de valorização da cobertura — implicando em alta margem de segurança — e se coloca como a “maneira mais barata de se expor às perspectivas de crescimento de grãos do Centro-Oeste do Brasil”.

O preço-alvo está baseado no método de fluxo de caixa descontado. A XP utilizou uma abordagem de avaliação de fluxo de caixa livre para empresa. A premissas incluem: taxa de crescimento de longo prazo de 3%; taxa livre de risco de 7,0%; razão dívida/(patrimônio líquido acrescido da dívida) de 37%; e beta de 1,1, implicando assim em 10,1%, 13,1% e 7,0% de custo médio ponderado de capital (WACC) nominal, próprio e da dívida, respectivamente.

No que tange ao ESG (boas práticas ambientais, sociais e de governança), a Hidrovias do Brasil está no início da jornada, entenderam as especialistas da corretora. “Apreciamos os esforços iniciais”, avaliaram, “esperamos ver mais avanços adiante”.

Última cotação de Hidrovias do Brasil

Por volta das 16h10, a ação ordinária da Hidrovias do Brasil (HBSA3) operava em alta de 3,62%, a R$ 6,29. Paralelamente, o Ibovespa, índice de referência da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), registrava queda de 0,38%, para 126.947,39 pontos.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!