Weg (WEGE3) anuncia dividendos complementares e propõe aumento de capital

A Weg (WEGE3) anunciou, nesta terça-feira (20), o pagamento de dividendos complementares no valor total de R$ 1.249.939.825,23, o que corresponde a R$ 0,297942793 por ação.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/06/Lead-Magnet-1420x240-3.png

Receberão os dividendos da Weg os investidores posicionados no papel WEGE3 no dia 23 de fevereiro. As ações da Weg passam a ser negociadas ex-dividendos a partir de 26 de fevereiro.

O pagamento do dividendo complementar anunciado nesta terça, bem como dos JCP da Weg declarados em setembro e dezembro de 2023, ocorrerá no dia 13 de março de 2024.

Proposta de aumento de capital

A Weg anunciou também que aprovou a proposta de aumento do capital social da companhia, de R$ 1.249.939.825,23 correspondente a R$ 0,297942793 por ação.

Segundo fato relevante divulgado na noite desta terça-feira, a companhia informa que o aumento do capital social da Weg se derá “através da incorporação de parte do saldo da conta de Reserva de Lucros / Retenção de Lucros para Investimentos no valor de R$ 1.000.000.000,00, sem aumento do número de ações”.

A proposta será votada na próxima assembleia geral da companhia, a ser realizada no próximo dia 23 de abril.

Weg (WEGE3): apesar de expansão mais lenta, lucratividade deve ser sólida no 4T23, diz BTG

Previsto para ser divulgado nesta quarta-feira (21), antes da abertura do mercado, o resultado do quarto trimestre da Weg (WEGE3) deve apresentar resultados mistos, refletindo uma expansão mais lenta da receita do que nos trimestres anteriores, mas ainda com lucratividade sólida, segundo o BTG Pactual (BPAC11).

Em relatório, os analistas Lucas Marquiori, Fernanda Recchia e Marcelo Arazi acreditam que a demanda por equipamentos com eficiência energética e produtos de ciclo longo permanece resiliente no Brasil e no exterior, ajudando a Weg a sustentar o crescimento anual da receita.

“Regiões como a USMCA (bloco econômico formado por Estados Unidos, México e Canadá) continuam a gerar fortes entradas de pedidos, especialmente no segmento de transformadores, enquanto as entregas de energia renovável no Brasil desaceleraram”, pontuam.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Em bases consolidadas, o BTG Pactual estima que o lucro líquido da Weg chegue a R$ 1,3 bilhão no quarto trimestre, aumento de 14% frente ao 4T22 e de 4% frente ao 3T23.

Já a receita líquida da Weg deve ficar em R$ 8,5 bilhões no quarto trimestre, aumento de 6% na base anual e de 4% na base trimestral, segundo projeções do banco.

A casa espera, também, que o Ebitda da Weg chegue a R$ 1,7 bilhão no período, aumento de 15% no ano e de 3% no trimestre, gerando uma margem ainda sólida de 21% (+170 pontos-base ano a ano).

“Continuamos compradores e esperamos que o mercado acompanhe as atualizações na integração Regal, o que ajudará a diminuir o risco da expansão da receita em 2024. Além do ritmo de crescimento da receita, vemos investidores monitorando as tendências na normalização da margem operacional“, completam.

No fim de setembro do ano passado, a Weg comunicou que suas controladas indiretas no exterior celebraram com a americana Regal Rexnord contrato para aquisição dos negócios de motores elétricos industriais e geradores no valor de US$ 400 milhões.

A aquisição será realizada pela Weg Eletric Corp e pela Weg Holding B.V, sociedades detidas pela Weg Equipamentos Elétricos S.A, controlada direta da companhia.

“A Weg avalia que possui algumas alavancas de valor (maior utilização de fábrica, fornecimento mais competitivo) e continua explorando fusões e aquisições, principalmente em negócios que aceleram estratégias corporativas, como a Motion Drive“, acrescentam.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Guilherme Serrano Silva

Compartilhe sua opinião