Vulcabras (VULC3) vai pagar R$ 98 milhões em dividendos; veja o valor por ação

A Vulcabras (VULC3) anunciou que seu conselho de administração aprovou o pagamento de dividendos de R$ 98 milhões, equivalente a R$ 0,40 por ação, referente ao exercício social de 2022.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

O pagamento dos dividendos intermediários da Vulcabras terá como beneficiários os acionistas que estiverem inscritos nos registros da companhia em 13 de outubro de 2023, e serão pagos em 24 de novembro de 2023.

As ações VULC3 passarão a ser negociadas ex-dividendos a partir de 16 de outubro de 2023, inclusive.

Segundo o comunicado ao mercado publicado no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a aprovação, nesta data, refere-se a um pagamento de dividendos intermediários de forma extraordinária, uma vez que não está inserido na prática adotada ao longo de 2023 no que diz respeito a valores pagos e aos momentos de aprovação.

Cotação VULC3

Gráfico gerado em: 09/10/2023
6 Meses

“De fato, a Companhia pretende continuar a realizar trimestralmente o pagamento de dividendos a seus acionistas, mantendo recorrência e constância adotada ao longo de 2023, porém reservando-se ao direito de fazê-lo mais de uma vez por trimestre”, finaliza.

No dia 6 de junho, a Vulcabrás pagou rendimentos de R$ 0,15 por ação aos seus acionistas.

Dividendos de ações, assim como rendimentos de Fundos Imobiliários são isentos de Imposto de Renda para pessoas físicas, mas devem estar na declaração anual de Imposto de Renda. Já os Juros Sobre Capital Próprio têm 15% de imposto.

Vale destacar que esta matéria de agenda de dividendos não é uma recomendação de compra ou venda de ativos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Vulcabras: XP recomenda compra de VULC3

A recomendação da XP atualmente é de compra para as ações da Vulcabras, com preço-alvo de R$ 19.

A tese é baseada nos seguintes pontos:

  • Espaço para que a penetração de calçados esportivos cresça
  • Bom posicionamento da empresa para capturar a tendência, dado portfólio de marcas forte com diferentes posicionamentos de preço e propostas de valor
  • Seu P&D e “time-to-market” menores são diferenciais vs. a competição
  • Possíveis novos acordos de licenciamento
  • Valuation atrativo, negociando a 5,4x P/L para 2023

“O crescimento da receita líquida continuou forte (+53% A/A) enquanto a margem EBITDA expandiu 5,5p.p. A/A por causa da expansão de margem bruta (+1,2p.p.) combinada com alavancagem operacional. Finalmente, o lucro líquido foi de R$ 54 mi, uma vez que os melhores resultados operacionais compensaram a maior despesa financeira no período”, disse a XP sobre os últimos resultados da companhia.

“Apesar do cenário desfavorável de alta de custos de matéria prima, fretes internacionais e taxas de absenteísmo por conta da onda da Ômicron, a Vulcabras apresentou uma forte expansão de margem EBITDA (+5,5p.p. A/A e +1,1p.p. vs. 1T19) explicada pela alavancagem operacional e um forte controle de custos, principalmente em despesas fixas”, completou.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Allan Ravagnani

Compartilhe sua opinião