Vibra Energia (BRDT3) anuncia parceria com ZEG Biogás para fomentar o mercado de biometano

Vibra Energia (BRDT3) anuncia parceria com ZEG Biogás para fomentar o mercado de biometano
Vibra Energia. Foto: BR Distribuidora Divulgação

A Vibra Energia (BRDT3), ex-BR Distribuidora, e a ZEG Biogás assinaram um acordo de cooperação para ofertar aos fornecedores de etanol da Vibra uma solução integrada de produção de biometano.

“O objetivo é fomentar o crescimento deste mercado no país, levando aos produtores soluções tecnológicas para a fabricação de biometano a partir de subprodutos do processo industrial que origina o etanol”, diz o comunicado da Vibra Energia.

As projeções da Vibra e da ZEG Biogás apontam para uma produção anual de 10 bilhões m³ de biometano no Brasil. Isso equivale a um terço da demanda atual por gás natural no País, sendo aproximadamente 30% dele oriundo da vinhaça cana-de-açúcar.

Para as mais de 300 usinas de etanol pertencentes aos 60 grupos industriais fornecedores de etanol da Vibra, essa é a oportunidade de viabilizar uma solução ambientalmente adequada para a vinhaça e efluentes de seus processos produtivos com a cana-de-açúcar.

“A parceria com a ZEG foi certeira. Eles possuem uma tecnologia própria que conta com a melhor solução em biodigestor para vinhaça do mundo, além de ser altamente eficiente em custos”, afirma Marcelo Bragança, Diretor Executivo da Vibra Energia.

A partir do acordo, as duas empresas traçarão planos de trabalho detalhados junto a cada fornecedor de etanol que se interesse pela solução do biometano. O suporte passa pelas seguintes operações:

  • definições de capacidade de produção,
  • identificação de potencial de consumo interno e na região,
  • criação de projetos de engenharia para implantação, e
  • elaboração de estudo de viabilidade econômico-financeira do projeto.

A Vibra e a ZEG Biogás também ajudarão a definir o modelo de negócios que será utilizado para explorar a oportunidade.

Última cotação da Vibra Energia

Às 16h40 as ações da Vibra Energia caíam na bolsa de valores, com desvalorização de 0,22%. Com isso, a cotação da Vibra estava em R$ 26,87.

Nos últimos 12 meses, a Vibra Energia, ex-BR Distribuidora acumula uma valorização de 31,94% das suas ações no Ibovespa.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!