Proventos bilionários

Via (VIIA3) investe na Já Vendeu, startup que cresceu 700% em 2021

Via (VIIA3) investe na Já Vendeu, startup que cresceu 700% em 2021
Via (VIIA3) - Foto: Reprodução Facebook

A Via (VIIA3) fez um investimento na Já Vendeu, startup de economia circular que faturou R$ 1,1 milhão no 1T22 – mais do que o total do ano anterior – e cresceu cerca de 700% no acumulado de 2021.

O investimento da Via segue uma tendência do último biênio em que varejistas têm potencializado o seu braço de M&As, a exemplo das compras mais agressivas da concorrente Magalu (MGLU3), como a compra da KaBum.

Segundo o estudo Inside Retailtech Report, realizado pelo Distrito, as startups de varejo receberam mais de US$ 2,5 bilhões em investimentos no ano de 2021 – 263% de alta em relação ao ano de 2020.

Já Vendeu nasceu na pandemia, em 2020, na cidade de São Carlos, interior de São Paulo. A companhia operacionaliza a venda de mercadorias usadas, buscando na casa dos clientes. Depois, fotografa, precifica, vende, entrega ao comprador e paga ao vendedor.

A empresa inaugurou, em 2021, seu primeiro centro de distribuição na cidade de São Paulo. Em 2021, a Já Vendeu recebeu um aporte de R$ 2,5 milhões de investidores.

O investimento marca uma imersão maior dos gestores de grandes empresas em startups e companhias digitais.

Para João Luiz Evangelista Barbosa, Strategic Planning and Open Innovation na Cia. Hering, “essa imersão dos gestores com startups e com esse ambiente facilita conversas internas de POCs, MVPs, sprints de testes, conceitos que antes eram desconhecidos para muitos internamente. Outro impacto positivo é a interação com startups que apresentam potencial de alavancar e acelerar os objetivos da companhia com produtos e processos que não estavam no plano estratégico prévio ao programa”.

Via fez aporte em programa de aceleração de startups

O investimento foi feito na Retail Scale, programa de aceleração para startups do varejo criado pela Darwin Startups e Distrito em parceria com Cia Hering (ex-HGTX3) e Via.

Além da Já Vendeu, o Retail Scale selecionou outros quatro negócios para serem acelerados: Idid Tecnologia, solução de pagamentos para e-commerce; Yapoli, solução para distribuição de ativos digitais; Hubii, marketplace-enabler; Manfing, desenvolvedora de Inteligência Artificial para o varejo; e Me Veste Brasil, focada em moda circular.

No programa, as empresas receberam R$ 1,5 milhão em investimentos. O processo começou em maio de 2021, com mais de 200 inscritas, e passou por quatro etapas de seleção.

“Acreditamos que este programa enriquece o processo da Via. Além dos resultados perseguidos pelos cinco projetos de viabilidade testados com as startups escolhidas, existe a possibilidade de êxito delas como investimentos de perfil venture. A aplicação dos aprendizados vai muito além da aceleração, é transformacional”, diz Helisson Lemos, Chief Innovation Officer e Marketplace na Via.

Lucas Navarro, CEO da Já Vendeu, afirma que essa é uma oportunidade única. “Estamos dando mais um passo na evolução da Já Vendeu. O programa oferece inúmeras possibilidades. Será um grande impulsionador para o crescimento das empresas participantes”, explica.

Cotação de VIIA3

Com pessimismo generalizado para o varejo, as ações VIIA3 caem 27% no ano. Contudo, nos últimos trinta dias, a alta é de 13,92% nas ações da Via.

No pregão desta terça (12), quando o mercado toma conhecimento do investimento na startup, os papéis da Via caem 0,57% no intradia, cotados a R$ 3,51.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO