Via (VIIA3): BB Investimentos recomenda compra e atualiza preço-alvo para 2022; veja número

Via (VIIA3): BB Investimentos recomenda compra e atualiza preço-alvo para 2022; veja número
Varejista atingiu 100 mil vendedores no seu marketplace e fica entre as maiores altas do Ibovespa - Foto: Via (VIIA3), divulgação

O BB Investimentos reviu sua recomendação para as ações da Via (VIIA3). Em novo relatório, divulgado nesta segunda-feira (20), o banco de investimentos afirma que incorporou os resultados do 1º semestre da varejista e as premissas de crescimento para o segundo.


O BB Investimentos afirma que fatores desfavorecem a performance da Via. De um lado o relatório verifica a inflação que pressiona o poder de compra dos consumidores e, por outro, destaca a diversificação de fontes de receita e a expansão dos serviços e categorias de produtos aos consumidores.

“Entendemos que o preço corrente do papel está muito aquém do preço justo. Há iniciativas e resultados que a companhia vem entregando que devem pavimentar seu crescimento mesmo em um cenário mais desafiador”, diz em relatório.

O novo preço-alvo para a Via, no final de 2022, pelo BBI, é de R$ 20, com recomendação de compra. O valor equivale a uma relação EV/GMV, para 2022, de 0,69x (ante 0,37x considerando o preço corrente). Além disso, o potencial de valorização do papel chega a 136,4%.

Fonte: BB Investimentos – relatório Via (20.09.2021)

Tese de investimentos

A tese de investimento da Via, pelo BB Investimentos, baseia-se em quatro pontos que o banco descreve da seguinte forma:

  • ampla rede de lojas e centros de distribuição combinados com uma nova estrutura digital, criando a logística omnicanal;
  • desenvolvimento das sinergias existentes entre o varejo e sua fábrica de móveis Bartira, contribuindo para incremento de margens;
  • investimentos em novos produtos e serviços além do varejo; e
  • robusta base de clientes de serviços financeiros, mediante a realização de vendas a prazo no crediário.

O banco de investimentos destaca a ambição da Via em se tornar uma plataforma de relacionamento e consumo para o brasileiro. Ao final do segundo trimestre de 2021, a companhia reportou um crescimento de 18% na comparação anual de sua base ativa de clientes e, já no 1T21, o crescimento de 36% no mesmo período de 2020 da participação de clientes entre 18-24 anos. Ao final de junho de 2021, a Via já somava 7,8 milhões de clientes ativos.

Outro ponto de ressalva foram as novas funcionalidades para os clientes e os sellers no marketplace, visando a fidelização e as novas fontes de receita.  “Nesse sentido, destacamos que, em julho, o banQi recebeu licença do Banco Central para atuar como sociedade de crédito direto. Além do crediário atualmente já oferecido aos clientes, a companhia poderá também realizar operações de empréstimos e financiamentos aos clientes e parceiros do marketplace”, diz relatório.

Riscos de investir na Via

Em relação aos riscos, o BB Investimentos pondera os seguintes pontos:

  • impacto de investimentos em aquisição de cliente e no desenvolvimento da omnicanalidade acima do esperado;
  • incapacidade de atrair e reter os melhores sellers (vendedores) na sua plataforma de marketplace;
  • incapacidade de escalar e rentabilizar a solução financeira oferecida aos seus clientes (BanQi); e
  • incremento das provisões com devedores duvidosos acima do esperado.

As ações VIIA3 acumulam queda de 47,6% desde o início do ano. Para o banco de investimentos, trata-se de um reflexo da preocupação dos investidores com a capacidade da varejista de ganhar participação de mercado em um
segmento bastante acirrado.

“As vendas em 2020 foram impulsionadas pelas necessidades vivenciadas em decorrência do Covid-19, mas não devem se repetir neste ano. [Além disso, há] as incertezas relacionadas a um cenário macroeconômico cada vez mais
desafiador em 2022.”

Última cotação

Às 15h15 desta segunda-feira (20), a cotação da Via no Ibovespa caía 6,86%, com as ações VIIA3 sendo negociadas a R$ 7,88.

O Ibovespa caía 3,32%, a 107.738 pontos, no mesmo horário, em um dia de forte aversão ao risco no cenário internacional, piorando a queda da Via na bolsa de valores.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!