Vale (VALE3), Taesa (TAEE11) e Gerdau (GGBR4) movimentam o mercado nesta sexta-feira; veja mais destaques

Os rumores de que a Vale (VALE3) pode adiar a escolha de seu novo presidente é um dos destaques desta sexta-feira (02). 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro a Taesa (TAEE11), após obter do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) a licença de instalação para trechos do projeto Pitiguari.

Gerdau (GGBR4) também está no radar dos investidores hoje, depois de concluir concluiu a venda da participação societária de 50% na joint-venture Gerdau Metaldom Corp.

Veja os destaques do mercado financeiro hoje: 

Vale

Após desgaste público provocado pela tentativa do presidente Lula emplacar o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega na presidência da Vale (VALE3), representantes dos acionistas da mineradora avaliam adiar a decisão sobre sucessão na empresa para ganhar tempo, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

Está marcada para esta sexta (02) uma reunião extraordinária do conselho de administração para avaliar e decidir se o atual presidente da Vale, Eduardo Bartolomeu, ficará ou não no cargo.

Segundo dois conselheiros ouvidos pelo Estadão, no entanto, a expectativa é de que não haja uma decisão final, o que pode estender o debate sobre a sucessão na empresa até maio, quando se encerra o mandato de Bartolomeu.

Taesa 

A Taesa (TAEE11) obteve do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) a licença de instalação para os trechos da linha de transmissão Abdon Batista – Videira e Abdon Batista – Barra Grande, pertencentes ao projeto Pitiguari.

Além da linha de transmissão do projeto Pitiguari, o documento autoriza obras para interligação das subestações Barra Grande, Abdon Batista e Videira.

De acordo com a companhia, a licença do projeto Pitiguari é importante porque permite o início das obras no empreendimento da Taesa.

Gerdau 

A Gerdau (GGBR4) informou que concluiu a venda, para o Grupo INICIA, da participação societária de 50,00% na joint-venture Gerdau Metaldom Corp e subsidiárias. 

Em relação à venda da participação societária de 49,85% da joint-venture da Diaco, e também subsidiárias, a companhia reiterou sua estimativa de que o fechamento da transação deverá ocorrer durante o primeiro semestre deste ano.

Energisa

A Energisa (ENGI11) comunicou que o prazo para solicitar conversão de ações para formação de units irá do dia 5 de fevereiro, próxima segunda-feira, até o dia 8 de fevereiro, na quinta-feira.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Yduqs

A Yduqs (YDUQ3) informou que a Fidelity adquiriu o total de 15.620.503 ações ordinárias da empresa, representando aproximadamente 5,05% do total de ações ordinárias de emissão da companhia.

Unifique 

A Unifique (FIQE3) aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto total de R$ 20 milhões, equivalente R$ 0,056649269 por ação, já desconsiderando as ações em tesouraria, com base na aplicação da Taxa de Juros de Longo Prazo – TJLP pro rata dia, calculada sobre o patrimônio líquido da Companhia. 

O pagamento do JCP será efetuado em uma única parcela a ser paga em 16 de fevereiro de 2024.

Totvs 

A Totvs (TOTS3) informou que, por meio da controlada Dimensa, adquiriu a Quiver, focada em tecnologia e soluções para corretoras de seguros, por R$ 115 milhões. 

Com esta aquisição da Totvs, a companhia ressalta que a Dimensa poderá ampliar a oferta de produtos e serviços para seus clientes. 

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Vale (VALE3), que deve estar no foco dos investidores hoje.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião