Proventos

SUNO30 encerra o dia em alta de 0,24%, aos R$ 104,73

SUNO30 encerra o dia em alta de 0,24%, aos R$ 104,73
O SUNO30 reflete o desempenho dos fundos imobiliários modernos, sendo composto por 30 fundos.

O SUNO30, índice de Fundos Imobiliários (FIIs) da Suno Research, encerrou nesta quarta-feira (03) em alta de 0,24%, aos R$ 104,73.

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

No acumulado de um mês, o SUNO30 já tem uma alta de 4,52%, ao passo que nos últimos 90 dias, a alta é de  3,26%.

Os fundos que fazem parte do índice de FIIs da Suno Research são multiativos que apresentam rendimentos recorrentes, que buscam realmente o crescimento, e que contem com uma base de cotistas crescente.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Vale destacar que a participação dos ativos no índice é distribuída igualmente, e as reavaliações acontecem a cada trimestre.

Maiores altas e baixas do SUNO30

Confira as maiores altas e baixas do dia no SUNO30:

Maiores Altas do dia no SUNO30:

  • RECR11: +1,42% / R$ 111,06
  • IRDM11: + 1,15% / R$ 141,56
  • MXRF11: +1,04% / R$ 10,64
  • XPLG11: +0,87% / R$ 122,23
  • HGBS11: + 0,73% / R$ 217,24

Maiores Baixas do dia no SUNO30:

  • VISC11: – 1,42% / R$ 115,08
  • GTWR11:  – 0,87% / R$ 107,40
  • KNRI11: – 0,79% / R$ 158,52
  • XPML11: – 0,69% / R$ 112,22
  • JSRE11: – 0,40% / R$ 98,25

KISU11 encerra em alta

Além disso, o Kilima Fundo de Investimento em Cotas de Fundos Imobiliários SUNO 30 (KISU11), encerrou o dia em alta de 0,45% aos R$ 108,49.

O KISU11 é um Fundo de Fundos da Kilima Asset que replica o índice SUNO 30, por licenciamento.

O KISU11 realizou sua primeira oferta de distribuição pública no dia 14 de outubro de 2020, e captou R$ 76,3 milhões em 763,2 mil cotas. O fundo tem como objetivo a aquisição de cotas de outros FIIs que estejam admitidas à negociação na B3. O ativo investe em cotas dos fundos imobiliários indicados pelo índice da SUNO Research.

Principais notícias do dia em Fundos Imobiliários

O HSML11, ou HSI Malls, fundo imobiliário (FII) focado na operação de shopping centers, informou na última terça-feira que o Via Verde Shopping, em Rio Branco, foi fechado temporariamente em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O comunicado, divulgado por meio do Santander Caceis Brasil, administrador do HSML11, informa que o fechamento do shopping ocorreu em determinação das autoridades após a capital do Acre regredir à fase vermelha. Com isso, até o dia 22 de fevereiro apenas as atividades essenciais poderão funcionar.

Os investidores do fundo imobiliário seguem atentos aos desdobramentos da decisão governamental, uma vez que o ativo acriano corresponde a 21% da Área Bruta Locável (ABL) do fundo, podendo trazer impactos no curto prazo.

Além disso, a BRL Trust, administradora do FII Guardian Logística (GALG11) informou aos cotistas e ao mercado em geral que o fundo concluiu o pagamento da aquisição da totalidade do imóvel logístico de Vitória de Santo Antão.

“Assim o FII GGUARDIAN LOGÍSTICA conclui com sucesso a aquisição do ativo alvo com o uso dos recursos captados em sua 2ª emissão de cotas”.

Atualmente, no imóvel funciona o centro de distribuição da BRF que atende a região metropolitana de Recife. Além disso, a expectativa de dividendos para os próximos meses é de R$ 0,84 por cota, ou um Yield anualizado de 9%, segundo o comunicado ao mercado.

Sobre o SUNO30

O SUNO30 nasceu com o objetivo de entregar um índice eficiente e descomplicado para os investidores do mercado de Fundos Imobiliários. O índice da Suno propõe uma representação mais clara da relação risco e retorno do mercado.

O SUNO30 reflete o desempenho dos fundos imobiliários modernos, sendo composto por 30 fundos.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO