Selic e dólar estáveis, IPCA e PIB em alta: veja as projeções do Boletim Focus desta semana

A mediana do relatório Focus para a taxa Selic no fim de 2024 continuou em 10,5% pela terceira semana consecutiva. Um mês atrás, era de 10,25%. Considerando apenas as 41 respostas dos últimos cinco dias úteis, a estimativa intermediária também se manteve em 10,5%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/1420x240-Banner-Home.png

Na decisão mais recente, de junho, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve a Selic em 10,5%, por unanimidade, e comunicou a “interrupção” do ciclo de cortes.

A mediana do Focus para a Selic no fim de 2025 permaneceu em 9,5% pela terceira semana consecutiva, de 9,25% um mês atrás. Considerando as 40 estimativas atualizadas nos últimos cinco dias úteis, a estimativa intermediária também é de 9,5%.

A estimativa intermediária para a taxa de juros no fim de 2026 permaneceu em 9% pela oitava semana seguida. A projeção para a Selic no fim de 2025 continuou em 9%, estável há sete semanas.

Dólar também fica estável

A mediana do relatório Focus para a cotação do dólar no fim de 2024 continuou em R$ 5,20, o mesmo nível de uma semana atrás. Um mês antes, a estimativa era de R$ 5,05. A estimativa intermediária para a moeda americana no fim de 2025 subiu de R$ 5,19 para R$ 5,20, contra R$ 5,09 quatro semanas antes.

Considerando apenas as 36 projeções atualizadas nos últimos cinco dias úteis, a estimativa intermediária para o dólar no fim deste ano passou de R$ 5,20 para R$ 5,27. A projeção para o fim de 2025 também avançou, de R$ 5,15 para R$ 5,19, com base em 35 atualizações no período.

O dólar chegou a cruzar o limiar de R$ 5,70 na cotação intradiária na última terça-feira, 2, em meio a declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que renovaram o ceticismo do mercado quanto à possibilidade de cumprimento das metas do novo arcabouço fiscal.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Investindo-no-exterior.png

Previsão para o IPCA sobe

Já a estimativa do boletim Focus para o IPCA de 2024 avançou de 4% para 4,02%, mais de 1 ponto porcentual acima do centro da meta, de 3%. Um mês atrás, era de 3,90%. A mediana para 2025, horizonte relevante da política monetária, subiu de 3,87% para 3,88%, contra 3,78% um mês antes.

Considerando as 48 estimativas atualizadas nos últimos cinco dias úteis, a mediana para o IPCA de 2024 passou de 4,02% para 4,04%. A estimativa intermediária para a inflação de 2025 avançou de 3,87% para 3,90%, tomando como base as 47 projeções atualizadas no período.

A partir do ano que vem, a meta de inflação passa a ser contínua, apurada com base no IPCA acumulado em 12 meses. Se ele ficar acima do teto ou abaixo do piso por seis meses consecutivos, vai se considerar que o alvo foi perdido.

Expectativa para o PIB também é elevada

A expectativa do Focus para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 2024 subiu de 2,09% para 2,10%. Um mês atrás, era de 2,09%. Considerando apenas as 28 estimativas atualizadas nos últimos cinco dias úteis, a estimativa intermediária passou de 2,10% para 2,16%.

A estimativa intermediária para o PIB de 2025 caiu de 1,98% para 1,97%, a segunda oscilação negativa seguida. Levando em conta apenas as 26 projeções atualizadas nos últimos cinco dias úteis, passou de 1,94% para 2%.

A mediana do Focus para o crescimento da economia em 2026 continuou em 2% pela 48ª semana seguida. Para 2027, a projeção também se manteve em 2%, pela 50ª leitura consecutiva.

O Ministério da Fazenda espera crescimento de 2,5% para o PIB brasileiro em 2024. O Banco Central aumentou a sua estimativa, de 1,9% para 2,3%, no último Relatório Trimestral de Inflação (RTI).

Com Estadão Conteúdo

O Boletim Focus é elaborado semanalmente pelo Banco Central. Para a composição do boletim, são utilizadas as projeções dos especialistas das 100 principais instituições ligadas ao mercado financeiro do Brasil para juros, IPCA, câmbio, taxa Selic e outros indicadores.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Guilherme Serrano

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno