Rumo (RAIL3): Conselho aprova aumento de capital

A Rumo (RAIL3) informou, na manhã desta sexta-feira (2), que seu Conselho de Administração aprovou um aumento do capital social da empresa, dentro do limite de capital autorizado. A informação foi revelada por meio de um comunicado ao mercado.

Foi aprovada a emissão de 890.019 novas ações ordinárias, no montante total de R$ 8.900,19. Dessa forma, o capital social da Rumo passará de R$ 16.054.897.107,32, divididos em 1.853.268.772 ações ordinárias, para R$ 16.054.906.007,51, dividido em 1.854.158.791 papéis.

As novas ações não terão valor nominal, sendo que o preço de emissão é de R$ 0,01 por papel. O percentual de diluição potencial resultante da emissão é de 0,05%.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O aumento de capital e a emissão de ações ocorre no âmbito do Plano de Ações, alterado pelo Conselho da Companhia em julho deste ano, visando a entrega dos papéis aos elegíveis do programa. Por meio desta alteração, o Plano de Ações passou a prever tanto a outorga sob a forma de Ações Restritas (modalidade de um direito ao recebimento futuro de ações de emissão da companhia), como também sob a modalidade de opções de compra de ações de emissão da empresa.

Além disso, a Rumo salientou que não será concedido o direito de preferência na subscrição das novas ações aos demais acionistas da companhia no contexto do aumento de capital.

Rumo levanta R$ 6,4 bilhões com follow-on

Em meados de agosto, a Rumo realizou uma oferta subsequente de ações (follow-on) para a distribuição de 294.252.874 de ações ordinárias, sob o preço por ação de R$21,75. Assim, a companhia captou cerca de R$ 6,4 bilhões.

“Os recursos líquidos provenientes da oferta poderão ser utilizados para: (i) pré-pagar outorgas devidas em virtude dos contratos de concessão da companhia e, adicionalmente, (ii) executar diversos projetos estratégicos que foram impulsionados pela recente renovação antecipada da concessão da Rumo Malha Paulista S.A”, informou a companhia.

De acordo com a Rumo, a operação está em linha com a estratégia de negócios a longo prazo da empresa, que visa trazer capacidade financeira para executar diversos projetos estratégicos que foram impulsionados pela recente renovação antecipada da concessão da Malha Paulista.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno